Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Syagrus coronata

Atraente e singular espécie nativa do Nordeste brasileiro o Licuri vem se tornando cada vez mais conhecido dos paisagistas no país, seus principais atributos ornamentais são a copa de folhas prateadas, alguns até o confunde com a Tamareira, e seu caule arquitetônico formado por “gomos” que cobrem o tronco por muito tempo e se dispõe as vezes em forma de espiral, aspecto muito raro e curioso em palmeiras, as vezes em linha reta.

O Licuri é uma das palmeiras mais versáteis podendo ser cultivado a pleno sol ou meia sombra, se adaptando a uma grande diversidade de solos, altamente adaptado à secas e ao espaço onde é empregado, seus frutos depois de despolpados apresentem a amêndoa que assadas ou cozidas são deliciosas.

Linda palmeira para ser usada isoladamente como objeto central e mais fascinante ainda se usada em grupos de diferentes alturas, pelo padrão quase único dos gomos em espiral e da forma das cicatrizes no tronco o Licuri torna-se um prazeroso objeto de contemplação com seu caule visto de perto. Dado espaço e luminosidade cresce muito bem em vasos em ambientes internos.

  • Nome Científico: Syagrus coronata
  • Exigências climáticas: Tropical ao Subtropical ameno
  • Porte: altura – 6 a 10 metros copa – 3 a 4 metros
  • Nome popular: Licuri
  • Exigências de luz: Moderada, Alta
  • Crescimento: Lento
  • Origem: do Norte de Minas ao sul de Pernambuco e Piauí
  • Exigências nutricionais: Moderada
  • Tolerância à seca: Alta
  • Usos: Vasos e Paisagismo, isoladamente, em grupos ou fileiras a pleno sol ou meia sombra
  • Exigências quanto ao solo: Amplamente adaptável
  • Tolerância ao sal: Moderada, Alta

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.