Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Synsepalum dulcificum

fruta-do-milagre, fruta-milagrosa

Foto de BrancaLubiana, CC0, via Wikimedia Commons

Um arbusto registrado em 1725 pôr Reynaud des Marchais um cartógrafo que navegou extensivamente pelas costas da África e Ásia a serviço do Rei da França. Marchais percebeu que os nativos africanos usavam as frutas de uma planta e que as mastigavam antes das refeições.

Foto de Photo by David J. Stang, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons

A planta está sempre verde e produz, após a temporada das chuvas, um fruto vermelho, com o tamanho de uma uva e seu sabor é levemente azedo. Além disso, ela produz também flores brancas durante a primavera.

Mesmo que a fruta em si não seja doce, ela contém uma molécula ativa conhecida como Miraculina. Esta molécula engana a percepção do gosto amargo e azedo na língua, fazendo com que o limão ou a cebola, consumidos após a ingestão da fruta tenha um gosto muito doce. O efeito dura entre trinta minutos a duas horas. Mas a fruta não é um adoçante, o seu efeito depende daquilo que você ingere depois.

Foto de MiracleFruitFarm, CC BY-SA 3.0, via Wikimedia Commons

No paisagismo ganha destaque pelos frutos e pode ser cultivada em pequenos espaços. No Brasil, o fruto-do-amor é cultivado principalmente na região Nordeste.

A reprodução por sementes é a maneira mais comum de propagar a fruta do milagre. As sementes podem ser coletadas de frutas maduras e plantadas em um substrato úmido e bem drenado. Elas germinam em cerca de 2-3 semanas. Para aumentar as chances de essa germinação, as sementes podem ser escarificadas, ou seja, raspadas com uma lixa fina para remover a camada externa dura. Também podem ser imersas em água morna por 24 horas antes de serem plantadas.

Sinônimos estrangeiros: miracle fruit, miracle berry, miracle berry plant, miracle fruit tree, sweet berry, (em inglês); fruta milagrosa, baya milagrosa, árbol milagroso, planta milagrosa, (em espanhol); fruit miraculeux, baie miraculeuse, arbre miraculeux, plante miraculeuse, (em francês); frutto miracoloso, bacca miracolosa, albero miracoloso, pianta miracolosa, (em italiano); kanmi no mi, (em japonês); shénqí guǒ, (em chinês); gijeok-ui gwail, (em coreano); wunderfrucht, wunderbeere, wunderbaum, wunderpflanze, (em alemão).

  • Família: Sapotaceae.
  • Características: arbusto perene.
  • Porte: 1 metro de altura.
  • Fenologia: primavera. Frutificação no verão.
  • Cor da flor: branca.
  • Cor do fruto: vermelho.
  • Cor da folhagem: verde escuro.
  • Origem: Nigéria, Gana, Guiné, Costa do Marfim, Camarões, República Democrática do Congo, Senegal, Togo e Serra Leoa.
  • Clima: tropical/subtropical.
  • Luminosidade: sol pleno.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Secured By miniOrange