Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Tabebuia pentaphylla

ipê-rosa

Também classificada cientificamente como Tabebuia rosea, ( tacyba bebuya significa em Tupí madeira-formiga) é uma árvore exótica muito aclimatada no Brasil. Confundida com outros ipês – especialmente com a Tabebuia impetiginosa – cujas floradas apresentam tonalidades similares, diferencia-se pela copa densa, formada por folhas compostas digitadas, de pecíolos longos, opostas, com cinco folíolos verde-escuros, coriáceos e rígidos, sendo o central maior, de ápice alongado, de 18 a 25 centímetros de comprimento e porque floresce, geralmente, com a árvore vestida de folhas. Prefere clima quente, livre de geadas, suportando longas estiagem, nas regiões serranas, que favorecem florações mais intensas; entretanto aceita áreas com encharcamentos estacionais. sendo sua madeira excepcionalmente durável em contato com a água salgada.

É a árvore nacional de El Salvador, por Decreto Legislativo de junho de 1939.

O crescimento da T. pentaphylla (“penta” significa “cinco” e “phylla” folha em latim) é rápido podendo atingir 3,5 metros em apenas 2 anos. A espécie deve ser aproveitada no paisagismo urbano, por sua beleza e potencial de sombreamento.

  • Sinônimos estrangeiros: apamate, amapa, mayflower, pink poui, pink tabebuia, pink tecoma, pink trumpet, pink poui, savanna oak, rosy trumpet tree (em inglês); maquilishuat, matilisguate, palo de rosa (em El Salvador); roble rosado (na República Dominicana); roble de sabana (em Costa Rica e Nicarágua); macuelizo (em Honduras); flormorado, guayacán, ocobo, roble morado, roble rosado, rosa morada (em Colômbia); apamate, guayacán rosado, lapacho rosado, orumo (em Venezuela); amapa rosa, makulis morado, makulis rosa (em México).
  • Família: Bignoniaceae
  • Características: árvore semicaducifólia (derruba parte de suas folhas no inverno) de grande porte.
  • Porte: 12 a 20 m. Excepcionalmente pode alcançar mais de 35 metros.
  • Fenologia: inicio da primavera.
  • Cor da flor: rosa – claro.
  • Cor da folhagem: verde escuro.
  • Origem: México, Centro América, algumas lhas do Caribe, como Santo Domingo e em America do Sul tropical.
  • Clima: Tropical/subtropical.
  • Luminosidade: sol pleno.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.

4 Comments

  1. Essa tabebuia é medicinal???

    • Oi Francisco,

      O ipê-roxo é aproveitado nos tratamentos de câncer de pulmão, próstata e cólon e, segundo algumas fontes, aumenta a produção de células vermelhas no sangue. Pesquisas realizadas pelo Instituto Nacional do Câncer, nos Estados Unidos demonstraram que Tabebuia impetiginosa possui propriedades de cura para esses males. Entretanto podem ocasionar efeitos colaterais. Esse ipê contem uma essência, o lapachol, um pigmento inibidor do crescimento de células tumorais. Aconselho falar com um médico naturopata antes de uma auto-medicação.

      Abraços

  2. Sou paisagista e gostaria de saber como eliminar “ferrugem” da Cycas revoluta. Já usei alguns defensivos mas não obtive resultado. Me indicaram o Folicur, mas não encontro no mercado, poderia me fornecer outro produto para o combate da mesma?
    Grato.
    Devanir.

    • Olá Devanir,

      Você tem certeza de que a Cycas revoluta foi atacada por ferrugem? Será que não é excesso de regas? Saiba que as folhas não devem ser molhadas com água tratada, por causa do cloro e que esses exageros atraem cochonilhas, deixando as folhas com pintas amarelas. Também o Nitrogênio em demasia manifesta esse sintoma.

      Manchas amarelas podem mostrar também falta de potássio (o K do NPK). Cinzas de lenha, livres de sal e/ou gordura ou cloreto de potássio suprem a deficiência. O solo muito compacto que impede uma boa drenagem é motivo para que a Cycas tenha também esse sintoma. É aconselhável adicionar areia para tornar a terra mais porosa.

      Claro que – como você pensa – pode ser que a planta foi atacada por fungos, alternaria por exemplo, nesse caso o Mancozeb resolveria ou outro fungo que infesta essa espécie é a cercospora, para ela o Score (um fungicida sistêmico) é indicado.

      Desculpe Devanir se não consegui ser mais objetivo, mas sem ver de perto os sinais dessa muda não consigo lhe fornecer algo mais preciso.

      Abraços