Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Tradescantia zebrina

Lambari, trapoeraba-roxa, trapoeraba-zebra, judeu-errante

Sua silhueta compacta, com pequeno porte, propicia uma opção quando precisamos de uma forração para sombra, onde dificilmente os gramados prosperam, especialmente sob a copa das árvores e outros locais com pouca luz solar. Seu plantio em cestas suspensas, assim como em jardineiras e vasos, onde se procura um efeito pendente, também é indicado. Não tolera frio e muito menos geadas, mas em climas mais quentes e úmidos cresce rapidamente e é muito alastradiça, podendo-se tornar desfavorável para outras espécies nos sub-bosques de vegetação nativa. Embora seja pouco provável o ataque de pragas a podridão da raiz e a podridão do caule podem ocorrer em solos encharcados.

No sudeste do México, nos estados de Tabasco e Chiapas, onde é conhecida pelo nome comum de matalí, uma bebida refrescante é preparada pelo cozimento de suas folhas, a infusão resultante é coada, tirando as folhas e a isto é adicionado suco de limão e açúcar, bebe-se gelada e lhe é atribuída propriedades anti-inflamatórias, diuréticas e desintoxicantes do rim, além de ser usado como cura contra a disenteria.

O nome genérico foi dado por Carlos Linneo, em homenagem a John Tradescant Jr. (1608-1662), naturalista e viajante, que introduziu no Reino Unido inúmeras espécies de plantas americanas coletadas nas três expedições que ele fez aos Estados Unidos.

  • Sinônimos estrangeiros: Wandering jew, inch plant, (em inglês); zebrina pendula, pamplinas, panameña, (em espanhol); matalí, (no México); misère, (em francês);
  • Família: Commelinaceae;
  • Características: Herbácea perene de folhagem ornamental;
  • Porte: 15 a 30 cm de altura;
  • Fenologia: Primavera e verão;
  • Cor da flor: Rósea;
  • Cor da folhagem: Verde-arroxeada, com duas listras de cor prata na face de cima e roxas por baixo;
  • Origem: México e América Central;
  • Clima: Tropical / subtropical;
  • Luminosidade: Meia sombra;

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.

2 Comments

  1. Adorei! Eu amo essa planta vou tentar fazer a bebida.

    • Que bom que gostou, Ana. Prepare a bebida e depois nos conta se gostou!

      Abraços