Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Verbena hybrida

verbena, camaradinha, jurujuba

É uma forração obtida por hibridação entre as várias deste gênero, que agrupa duzentos e cinquenta espécies diferentes. Ótima para dar um ar bucólico ao jardim, sendo aproveitada ainda como planta levemente pendente em jardineiras e vasos. Muito rústica, deve-se ter cuidado com áreas com alta poluição atmosférica e pouco sol, já que nessas condições é atacada por fungos. O ideal é cultivá-la em solos muito bem drenados, bastante arenosos ou pedregosos, tomando o cuidado para nunca abusar com as regas, para não estimular doenças ou podridão radicular. Um modo de prolongar por bastante tempo seu aspecto e floração é tomar o cuidado de cortar as flores murchas, junto com ¼ das hastes.

Combiná-la com outras forrações floríferas pode resultar em algo interessante, desde que se tome cuidado com as cores e os tamanhos das espécies associadas.

  • Sinônimos estrangeiros: Hybrid verbena (em inglês); verbena negra, verbena del campo, wirwina, yapo, biribina, yerba de los hechizos. (em espanhol); herba dos ensalmos (em galego) pianta verbena (em italiano).
  • Família: verbenaceae.
  • Características: herbácea prostrada, bianual.
  • Porte: 20 a 30 cm de altura.
  • Fenologia: ano todo.
  • Cor da flor: vermelha, branca, salmão, rósea, roxa, lilás ou listrada.
  • Cor da folhagem: verde fosco.
  • Origem: América do Sul.
  • Clima: temperado, subtropical.
  • Luminosidade: sol pleno.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.