Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Warszewiczia coccinea

rabo-de-arara, curaci-caá

Esta árvore, cuja flor é o símbolo nacional de Trinidad e Tobago porque coincide com o dia 31 de agosto, data em que o país se tornou independente da Grã Bretanha, é vista em várzeas úmidas à beira de rios. Mas também em matas a mais de 300 metros acima do nível do mar, emergindo com uma copa irregular em cima de um tronco tortuoso com casca fina e quase lisa. As flores, que atraem borboletas, lembram vagamente, pelas brácteas vermelhas, a Mussaenda erythrophylla, um arbusto da mesma família que alcança 3 metros de altura.

Alguns povos indígenas sul-americanos usam suas raízes, externamente, para infecções fúngicas da pele e dores nas costas, mas também, como um perfume com cheiro de anis potencialmente afrodisíaco. Seu nome, complicado de pronunciar e de lembrar, foi dado em homenagem a Joseph Von Warszevicz, um ativista polonês que, mais tarde, tornou-se colecionador de orquídeas no século XIX e foi inspetor do Jardim Botânico de Cracóvia.

Vi pela primeira vez esta árvore no Instituto Agronômico de Campinas, no Interior do Estado de São Paulo e posteriormente descobri que um pé florescia, logo na entrada à direita, no Sitio de Burle Marx, no Rio. Nas duas oportunidades fiquei extasiado com a beleza de sua florada e me pergunto até hoje porque não é mais usada pelos paisagistas.

  • Sinônimos estrangeiros: Wild poinsettia, pride of Trinidad and Tobago (em inglês); pastora da montaña, chaconia, zorrillo bandera, lechera (em espanhol).
  • Família: Rubiaceae.
  • Características: Árvore ornamental de tronco liso.
  • Porte: 4 metros quando cultivada, chegando aos 12 metros nas matas tropicais onde cresce espontaneamente.
  • Fenologia: Com maior intensidade no inverno.
  • Cor da flor: Vermelha, em cachos com até 70 cm.
  • Cor da folhagem: Verde brilhante.
  • Origem: Região Amazônica, predominantemente nos Estados de Amazonas e Mato Grosso e também em América Central, Peru e Bolívia.
  • Clima: Tropical/ subtropical.
  • Luminosidade: Sol pleno ou levemente sombreada por outras árvores.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.

3 Comments

  1. Warszewiczia coccinea, GOSTARIA DE SABER ONDE COMPRAR MUDAS DA ESPECIE. Os endeços abaixo não tem mudas.

  2. Raul, onde encontrar para compras aqui em Sp? Obrigada

Secured By miniOrange