Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Washingtonia robusta

washingtônia, palmeira-de-leque-do-méxico, palmeira-de-saia, palma-mexicana

Homenageando George Washington (1732-1799), primeiro presidente dos Estados Unidos, esta palmeira é muito parecida – especialmente quando jovem – com a W. filifera. A diferencia está na maior altura, no crescimento mais rápido e no tronco mais fino que a filifera; além disso é um pouco menos resistente ao frio, mesmo assim suporta até -5º. Aguenta bem a seca, os ventos fortes e os solos pobres e/ou salitrosos, fornecendo suas folhas para tecelagem e cobertura de telhados nas comunidades carentes, onde ela cresce espontaneamente.

 

Outro aspecto interessante nesta palmeira, que pode viver mais de 200 anos, é que tolera muito bem os transplantes, sendo que plantadas já com 3,00 metros de tronco não precisam de tantos cuidados como aqueles dispensados na fase inicial. Isto é, para os paisagistas, uma boa vantagem quando se procura um efeito cenográfico imediato.

A washingtônia se tornou famosa depois dos Jogos Olímpicos de Los Ángeles, em 1932, quando foram plantadas formando impecáveis alamedas, fato que pode servir de inspiração nos projetos onde se pretende um grande impacto visual.

  • Sinônimos estrangeiros: mexican fan palm, mexican washingtonia, skyduster palm (em inglês); palmera-de-abanico-mexicana (em espanhol)
  • Família: Arecaceae.
  • Características: palmeira de grande valor ornamental.
  • Porte: 15 a 30 m de altura, 3 a 4 m de diâmetro de copa e tronco fino medindo aproximadamente 30 a 45cm de diâmetro.
  • Fenologia: primavera e frutos no outono.
  • Cor da flor: branca.
  • Cor da folhagem: verde-brilhante.
  • Origem: Sul da Califórnia, Arizona, Noroeste do México
  • Clima: tropical/subtropical/ temperado (resistente tanto ao frio como ao calor)
  • Luminosidade: pleno sol.

Raul Cânovas nasceu em 1945. Argentino, paisagista, escritor, professor e palestrante. Com 50 anos de experiência no mercado de paisagismo, Cânovas é um profissional experiente e competente na arte de impactar, tocar, cativar e despertar sentimentos nos mais diversos públicos.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.

39 Comments

  1. Sr. Raul otimo dia , transplantamos uma Washingtonia em um estacionamento com bloquetes , esta planta foi retirada em um dia e transplantada no outro ,após o transplante o proprietario do estacionamento fechou os bloques e deixou uma area de terra de 50cm para rega desta palmeira , ela tem 4,5 de tronco
    A minha pergunta é o seguinte esta area é muito pequena para rega , e devo colocar algum tipo de produto para ela soltar raiz ?
    Antecipadamente agradeço a atenção e apreciamos de mais o seu serviço
    abraço

    • Bom dia Fabio,

      Acho um pouco pequena essa área de 50 x 50 centímetros para uma Washingtonia com 4,50 metros de altura. Deveria ter 1 x 1 metros.

      Aplique 80 g de superfosfato simples e 500 gramas de farinha de ossos, associados com 5 kg de esterco bovino, isto estimulará o desenvolvimento radicular.

      Abraços

      • agradeço a atenção segue as duas fotos do plantio e depois fechado

        • segue

        • Oi Fabio,

          Realmente ela merece um canteiro maior.

          Abraços

  2. Boa noite
    Gostaria de plantar essa palmeira na fachada de minha casa nova , mas estou com medo que ela cresça muito , estava pensando em plantar no jardim terá em média 4,00×5,00 mts , você acha que esse espaço seria ideal para receber ela ?

    • Bom dia Marcelo,

      A Washingtonia vai ocupar um espaço aéreo, por tanto não será desproporcionada no seu jardim. Ela irá crescer mais ou menos 15 a 20 metros, isto é a altura de um prédio de 6 andares. Vai ficar linda.

      Abraços

  3. Boa Tarde Raul!

    O viveiro da minha cidade produz mudas de whashingtonia que já estão com altura de 3 a 4 metros. Deixei curar por 40 dias antes de fazer o transplante porém após plantadas para o novo local elas sentem muito e diminuíram de tamanho como se estivessem secado. O mesmo nunca aconteceu com outras espécies que já realizei transplante. Sabe o porque?

    • Boa tarde André,

      Acho que isto se deve a o sistema radicular ter sido afetado quando arrancadas. Mas também a deficiência de magnésio ocasiona isto. O calcário dolomítico, o sulfato de magnésio, as sais de Epsom (2 colheres de sopa dissolvidas em 1 litro de água) em regas ou pulverização, a farinha de ossos, as cinzas de lenha, o húmus de minhocas e as cascas trituradas de ovos, fornecem magnésio.

      Tente esses complementos.

      Abraços

  4. Bom dia Raul, tenho 6000 pés de whaschingtonias robusta com aproximadamente 5 anos; gostaria de saber com quantos anos ela começa a dar frutos?

    • Bom dia Olga,

      Isto é bastante variável e depende da região. Elas vivem entre 150 e 250 anos e começam a dar frutos mais ou menos com 15 a 20 anos.

      Abraços

    • Boa tarde Olga! Gostaria do seu contato para comprar washingtonias. Você poderia me enviar por favor? Meu email é lutavs@gmail.com

  5. Tenho uma em um vaso, quais cuidados devo ter ao transplantar no solo?

    • Douglas,

      É só tira-la do vaso de modo a manter o torrão de terra inteiro e passa-lo para um berço maior enriquecido por 50% de um bom substrato e 50% da terra de superfície do local onde será transplantada. Isto pode ser enriquecido com 300 gramas de calcário dolomítico e 500 gramas de farinha de ossos.

      Abraços

  6. Raul boa tarde
    O tronco da Washingtonia deve ser limpo, ou seja, devo retirar os caules espinhosos?
    Grata

    • Bom dia Marta,

      Não, observe nas fotos que eles ficam aderidos aos troncos naturalmente.

      Abraços

  7. Olá Raul, comprei minha palmeira washingtonia com aproximadamente 1 metro de altura. Quanto tempo leva para chegar ao tamanho adulto em média?
    Abraços

    • Olá Ana Maria,

      Isto depende da umidade subterrânea que sua muda irá encontrar. Mas pode calcular por volta de 1 metro anualmente de desenvolvimento.

      Abraços

  8. Pode ser plantada em vaso?

    • Pode sim, mas considere que é uma palmeira que alcança uma boa altura quando adulta.

      Abraços

  9. Boa tarde. Percebo que o amigo é expert em Washingtonia. Tenho duas delas ornamentando a frente da minha casa e as folhas estão quebradiças, seria alguma praga? Como posso tratá-las?

    Att

    • Boa tarde Murilo,

      Sinceramente com essa descrição não posso lhe dar nenhum conselho.
      Elas estão secando? As mais velhas ou as mais novas?

      Aguardamos seu retorno.

  10. Como podemos diferenciar esta palmeira da palmeira azul?

  11. Boa noite! Tenho duas palmeiras no quintal da minha casa, já estavam lá quando comprei… Ela já estão com mais de 10 metros. Gostaria de saber se tem como impedir que cresçam mais? Também gostaria de saber existe algo para combater as lagartas? Grata!

    • Boa tarde Valquíria,

      Não há como impedir o crescimento de uma palmeira com esse porte.

      Pássaros como o papa-lagarta-acanelado (Coccyzus
      melacoryphus) e vespas são predadores naturais das lagartas.
      Pulverizações com Dimypel ou Agree, inseticidas biológicos a base de Bacillus thuringiensis, as combatem com eficiência.

      Abraços

  12. Bom dia!

    Como e o formato das raízes da s Washingtonias Robustas?
    Tenho cinco em volta da piscina e estou preocupado coom a pressão nas paredes da piscina.

    Grato.

    • Boa noite Fernando,

      As raízes dessa palmeira são finas e fibrosas, formando uma rede limitada, não ocupando muito espaço. Não vejo motivo para se preocupar.

      Abraços.

  13. Infelizmente tenho que cortar uma palmeira washingtonia pode-se comer o palmito ou não!
    o palmito é comestível!

    • Cristiano,

      Ouvi dizer que os frutos são comestíveis (nunca os provei), mas por serem pequenos e duros é melhor cozinha-los.
      Sobre o palmito não tenho essa informação.

      Abraços

  14. Tenho 03 palmeiras washingtonia na frente da minha casa que estão com aproximadamente 10 metros, estou preocupada , será que pode cair com ventos, se cair em cima da casa faz um estrago. Pensei em corta las .

    • Não faça isso, Leida,

      Elas suportam ventos fortes (algo que menciono no texto acima). Apenas tempestades violentas com ventanias de mais de 100 km por hora, podem derruba-las. Esse tipo de fenômeno acontece em mar aberto e em algumas regiões da América do Norte, Central, Japão, deserto do Saara, sul da Oceania e ilhas como Fiji, Nova Guiné e etc.

      No Brasil venta com mais intensidade no Ceará, seguido por Rio Grande do Norte, Bahia e Santana do Livramento (RS). Mesmo assim dificilmente as médias superam as brisas fortes de mais de 30 km por hora.

      Abraços

  15. gostaria de saber se a washingtonia possui espinhos

    • Sim, elas possuem espinhos na base das folhas.

      Abraços

  16. boa tarde tenho uma palmeira tipo Washingtonia Robusta ja ta com 10mt de altura , pergunta se eu corta ela no meio ela vai brota ou more ,porque ela esta crescendo e pode pega na fiação o que vcs mi conselha a fazer?

    • Morre Marionila,

      Palmeiras não aceitam esse tipo de poda. Aconselho um transplante.

      Abraços

  17. Raul, como podemos identificar as diferenças entre robusta e filifera?
    Muito obrigado

    • Olá Nícolas,

      Acho que a matéria acima fala sobre essas diferenças.

      A filifera tem o tronco mais grosso, suporta mais o frio e prefere condições mais secas, já a robusta é de crescimento mais rápido e se dá bem em terrenos mais úmidos a pesar de também suportar a estiagem.
      As duas tem filamentos esbranquiçados nas folhas, mas a robusta os perde na fase adulta; também se diferenciam quando novas, se as pontas pendem para baixo é a robusta e se estão eretos é a filifera.
      A coroa folhar das plantas adultas é mais densa e compacta na robusta.

      Abraços

      • Com essas diferenças nas folhas sera mais identificar as espécies.
        Muito obrigado.