Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Washingtonia robusta

washingtônia, palmeira-de-leque-do-méxico, palmeira-de-saia, palma-mexicana

Homenageando George Washington (1732-1799), primeiro presidente dos Estados Unidos, esta palmeira é muito parecida – especialmente quando jovem – com a W. filifera. A diferencia está na maior altura, no crescimento mais rápido e no tronco mais fino que a filifera; além disso é um pouco menos resistente ao frio, mesmo assim suporta até -5º. Aguenta bem a seca, os ventos fortes e os solos pobres e/ou salitrosos, fornecendo suas folhas para tecelagem e cobertura de telhados nas comunidades carentes, onde ela cresce espontaneamente.

 

Outro aspecto interessante nesta palmeira, que pode viver mais de 200 anos, é que tolera muito bem os transplantes, sendo que plantadas já com 3,00 metros de tronco não precisam de tantos cuidados como aqueles dispensados na fase inicial. Isto é, para os paisagistas, uma boa vantagem quando se procura um efeito cenográfico imediato.

A washingtônia se tornou famosa depois dos Jogos Olímpicos de Los Ángeles, em 1932, quando foram plantadas formando impecáveis alamedas, fato que pode servir de inspiração nos projetos onde se pretende um grande impacto visual.

  • Sinônimos estrangeiros: mexican fan palm, mexican washingtonia, skyduster palm (em inglês); palmera-de-abanico-mexicana (em espanhol)
  • Família: Arecaceae.
  • Características: palmeira de grande valor ornamental.
  • Porte: 15 a 30 m de altura, 3 a 4 m de diâmetro de copa e tronco fino medindo aproximadamente 30 a 45cm de diâmetro.
  • Fenologia: primavera e frutos no outono.
  • Cor da flor: branca.
  • Cor da folhagem: verde-brilhante.
  • Origem: Sul da Califórnia, Arizona, Noroeste do México
  • Clima: tropical/subtropical/ temperado (resistente tanto ao frio como ao calor)
  • Luminosidade: pleno sol.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.

100 Comments

  1. Olá Raul, eu me mudei para a Espanha e tenho algumas robustas no meu jardim, mas estou suspeitando que algumas delas estão com fungos. O que faço?

    • Olá Amanda,

      As doenças fúngicas que atacam essa palmeira são a Phytophthora e o fungo rosa. Os dois podem causar podridão do caule.

      Faça três pulverizações, semanais, com calda viçosa; acho que em espanhol é caldo bordelés y sulfato tribásico de cobre.

      Abraços

  2. Bom dia Raul! Tudo bem?
    Tenho algumas palmeiras dessa Washingtonia Robusta em casa. Caem muitas sementes delas, e brotam no meu gramado. Quero começar a transplantar essas mudinhas para sacos de muda, para poder levar para nossa fazenda quando elas estiverem maiores.
    Que tipo de substrato é o ideal para eu colocar nesses sacos antes de transplantá-las? Preciso adubar o substrato do saco ou não? Sou de Cuiabá-MT.
    Abraço!
    Paulo

    • Bom dia Paulo,

      Use o Forth Condicionador Solos, adicionando 20% de areia média lavada. Não precisa adubar com mais nada.

      Abraços

  3. Bom dia, Raul!
    Gostaria de plantar 3 Whashingtonias no meu jardim, entre a garagem e a rampa de entrada. Esse espaço é suficiente?
    Obrigada

    • Bom dia Yeda,

      Você pode plantá-las com um espaço de 3 metros entre elas. Talvez em línea fiquem mais interessantes.

      Abraços

  4. Tive que cortar uma em meu jardim, quero saber seboso comer o palmito dela

    • Cida,

      Ouvi dizer que os frutos são comestíveis (nunca os provei), mas por serem pequenos e duros é melhor cozinha-los.

      Abraços

  5. Boa noite Raul. Gostaria de saber como deixar o tronco da Washingtonia mais grosso quando ela é nova, de modo que ele fique mais robusto e mais bonito, conforme foto em anexo.

  6. Prof Raul
    Estou com problemas com uma palmeira deste tipo que deve ter agora uns dez anos e está a ficar enorme com uma base do caule muito larga temendo que me danifique o pavimento ou mesmo as fundações da moradia. Gostaria de removê-la oferecendo-a à câmara mas penso ser muito difícil pelo que me resta cortá-la o que é uma pena.
    Para além disso está a largar umas sementes pretas que me sujam a casa toda.
    Envio fotos para que me possa dar a sua valiosa opinião.
    Cumprimentos
    João Oliveira
    P.S. – Como posso mandar mais fotos?

    • Bom dia João,

      A palmeira-de-leque-do-méxico não oferece riscos com suas raízes, elas não irão afetar a calçada ou sua residência. Já as sementes são a forma que a palmeira tem de perpetuar a espécie.

      Não vejo outro motivo que justifique a retirada, mas se for obrigado a fazer isto, ela pode ser transplantada desde que respeitado o tamanho do torrão de terra onde as raízes crescem, algo assim como 1 m³.

      Abraços

  7. Oi Prof Raul, boa tarde! eu adoro essa plameira por causa do tronco trançado, porém algumas espécies tem o tronco inteiro trançado de baixo a cima e outras ficam com uma base lisa deixando só um pedaço bem pequeno trançado, saberia dizer porque acontece isso? abraço,

    • Oi Patricia,

      A Washingtoia filifera apresenta o tronco mais trançado do que a Washingtonia robusta, esta última cresce mais do que a primeira. De resto são muito parecidas.

      Abraços

  8. Aqui porto alegre temos belas, primeira no mundo plantada sobre a ponte no ano de 1940, com aproximadamente 25 metros, adorei o blog!! Abraço

    • Olá Francisco,

      Que bom que gostou de nosso trabalho!

      Realmente elas são garbosas!!!

      Abraços

  9. Prof Raul boa tarde, sou de Paulinia interior de SP e comecei durante esse isolamento a fazer meu jardim. Comprei duas Palmeiras whashingtonia, e plantamos misturando terra vegetal, elas estavam com as pontas amareladas agora já estão. COm a folha toda amarela, o sr que me vendeu disse pra regar todos os dias e eu li em vários lugares pra não fazer isso. Estou perdida com medo de perder minhas palmeiras. Aproveitando minha cica revoluta Tb está cheia de pontinhos amarelos o que eu posso fazer parar não perder minhas plantas ?
    Obrigada Raul

    • Boa tarde Tatiane,

      Seguramente suas Washingtonias sentiram o transplante. Espero que se recuperem e para contribuir com a melhora delas deve rega-las diariamente, na parte da manhã, sem encharcar demais o solo, que deve permanecer levemente úmido e molhando também as folhas. Não use nenhum adubo por enquanto.

      Na Cycas os pontos amarelados nas folhas, escamas ceráceas ou cotonosas , teias finas, são causados por cochonilhas, ácaros ou fungos (Alternaria ou Cercospora). Este é um dos problemas mais frequentes, normalmente ocasionado por excesso de regas, combinada com sombra em demasia e drenagem deficiente; nesse casos o combate com óleo de neem, resolve os dois primeiros e os fungos são controlados polvilhando cinzas de lenha livres de sal e/ou gordura.

      Abraços

  10. Boa tarde Raul, tudo bem com você?

    Gostaria de um auxilio..
    Plantei 3 washingtonia no fundo de casa, mas uma delas
    parece que não está desenvolvendo…
    Repare pela foto que as outras duas estão bem maiores.

    Será que ela está doente? Ou porque pega menos sol que as demais?

    https://www.4shared.com/photo/R8ei93aQiq/washitonia3.html
    https://www.4shared.com/photo/Q1j_LLoeiq/washitonia.html
    https://www.4shared.com/photo/UCUmG-Xsea/washitonia1.html
    https://www.4shared.com/photo/hbiyY0u3ea/washitonia2.html

    • Boa tarde Bruno,

      Não vejo motivos para você se preocupar. Talvez o lençol freático passe mais próximo das outras duas ou a que não está desenvolvendo tenha sofrido um pouco com o transplante. Com o passar do tempo irá se recuperar. Entretanto pode ter alguma diferencia com as alturas uma vez adultas.

      Abraços

      • Obrigado, grande abraço!

        • Você merece, Bruno!

          Abraços

  11. Vcs tem ela adulta qual valor em larga wuantidade

    • Luis Orlando,

      Não vendemos plantas. O produtor que comercializa essa palmeira é a Oficina do Paisagista em Boituva-SP, Telefone: (11) 94711-0907.

      Abraços

  12. Podem me enviar orçamento de três arvores Washingtonia com 3,0 mts, 2,0 mts e 1,50 mts de altura.
    Obrigado
    Abraço

  13. Boa noite,
    Tenho 3 palmeiras washingtonia robusta as que têm as folhas em leque.
    Queria saber o que devo fazer? tenho as folhas em leque caídas e outras no meio a querer arrebentar, umas secaram e cortei.
    As palmeiras têm algum tratamento específico?

    • Bom dia Susan,

      Não deve cortar as folhas secas, elas servem de habitat para predadores de lagartas.

      Fora isto não há tratamento para elas, entretanto regas frequentes estimulam o crescimento e uma adubação com o fertilizante Forh Palmeiras no inicio da primavera e do verão podem colaborar com um bom desenvolvimento.

      Abraços

  14. Flatava a foto

  15. Boa tarde,

    Vivo no Porto, norte de Portugal. Na semana passada passei perto de um viveiro que vai fechar e resolvi comprar esta árvore. A maior ultrapassa 5 metros desde a base do tronco até à base da folhagem. Pode ajudar-me a identificar? Parece-lhe uma Washingtonia robusta?

    Muito obrigado,
    Paulo Cerqueira

    • Boa tarde Paulo,

      Não é uma Washingtonia robusta, mas possivelmente uma Roystonea oleracea, (palmeira-imperial).

      Abraços

Secured By miniOrange