Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Devaneios de carnaval

Decidi escrever algo pouco sério…

Afinal, no meio deste carnaval não há espaço para discursos filosóficos, teorias sobre a estética ou dicas de jardinagem. Querendo ou não somos levados por uma corrente de euforia contagiante. Impossível ficar de fora de algo tão representativo, tão brasileiro, tomando conta das ruas e da gente.

Lembro de carnavais passados, longe desta festa toda. Viajava ao Chile para “internar-me” no Vale do Maipo e aprender mais um pouco sobre os carmenères e os sauvignons blancs, ou a Mendoza onde também fazia os percursos etílicos degustando malbecs fantásticos. Em uma ocasião passei a semana de folia, sem folias, em Bento Gonçalves, hospedado na Casa Valduga. Fiquei amigo de Dom Luigi e da Dona Maria, os patriarcas da vinícola mais respeitada fora do país. Com eles viajei pelo Vale dos Vinhedos conhecendo vários produtores: Marson, Miolo, Dom Cândido, Pizzato, Don Laurindo. Conheci e bebi claro! Saudades de Don Luigi que nos deixou há algum tempo porque foi convocado para degustações celestiais.

Eh! Sempre gostei de vinhos. Mas neste ano decidi internar-me junto com uma turma que busca, como eu, um modo de vida mais natural e menos carregado de tecnologias. Na Fazenda Pereiras aprenderemos como cultivar nossos próprios alimentos sem defensivos nem hormônios industrializados. Juntos veremos o sol nascer e estaremos com ele até adormecer, deitado no final da floresta. Em seguida, e depois do último copo de vinho, dormiremos o sonho dos justos e das enxadas que mereceram descanso.

A todos vocês, desejo um carnaval com muito tempo para sonhar!

Oh! Jardineira por que estás tão triste
Mas o que foi que te aconteceu?
Foi a Camélia que caiu do galho
Deu dois suspiros e depois morreu…”

Grande Orlando Silva…

Raul Cânovas nasceu em 1945. Argentino, paisagista, escritor, professor e palestrante. Com 50 anos de experiência no mercado de paisagismo, Cânovas é um profissional experiente e competente na arte de impactar, tocar, cativar e despertar sentimentos nos mais diversos públicos.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.