Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Um paisagismo produtivo e sustentável

Por que economizar água?
Por que economizar luz?
O que é Conforto ambiental?
O que é Bio Construção?
O que é Jardim sustentável?

Pois é… acredito que pelo menos um dos itens acima voce já ouviu falar. Mas qual é a real necessidade de adotarmos essas práticas?

Claro que, principalmente, depois da crise hídrica que assolou São Paulo em 2015, todos nós tomamos consciência que é fundamental economizarmos água.

Em função do elevado valor da conta de luz, começamos a tomar também medidas para diminuir o consumo.

Mas, usando a bio construção, existem várias medidas que devemos seguir para viver em uma casa saudável e sustentável. Nosso escritório realiza desde 1997 projetos baseados nessas técnicas. A principal delas é a Geobiologia, um braço da Radiestesia, que usa diversos aparelhos para medir a energia ambiental, as alterações que constatamos são diversas tais como:

  • Cruzamentos de rios poluídos;
  • Uso de materiais radioativos e poluentes;
  • Formas agressivas de objetos na casa;
  • Poluição externa ao imóvel;
  • Configurações geopatogênicas agressivas à nossa saúde, e por ai vai.

O Geobiólogo tem a função de levantar radiestesicamente os locais nocivos e evitar a longa permanência nestes.

As correções quando o imóvel já está construído são diversas. Dentre elas, diminuir o uso de aparelhos eletroeletrônicos nos dormitórios, retirar quando possível a cama do local contaminado, usar na decoração materiais de fibra natural, e fazer acupuntura no solo.

Quando o imóvel está sendo construído, trabalhamos em parceria com o arquiteto ou engenheiro na fase do anteprojeto para que soluções possam ser feitas.

Parâmetros como: acústica, iluminação, escolha de materiais de construção saudáveis, salubridade de campos eletromagnéticos e hidráulicos e formas arquitetônicas também são objeto de análise neste trabalho.

Um paisagismo produtivo envolve o estudo da interpretação e manejo da paisagem natural, identificação de vegetação nativa do local, integração da vegetação com ambiente construído, técnicas de permacultura e escolha de plantas para aumentar o nível biótico do jardim e, consequentemente, da residência, fazem também parte do nosso projeto.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.