Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

A beleza dos troncos

Muito do que produzimos, nos inspiramos na natureza. É incrível quando deixamos de perceber pequenos detalhes surpreendentes que ela nos oferece.

Sentir-se bem, em contato com o meio natural, é resultado de uma energia positiva, de um mundo integrado, onde tudo se encaixa naturalmente. É a cadeia da vida.

A árvore é o símbolo maior dessa natureza. Plantar, cuidar, proteger e defender árvores, significa valorizar funções importantes para o meio ambiente, além da própria sobrevivência da humanidade.

Sua beleza é fruto do conjunto e de sua harmonia. Seus troncos, por exemplo, apresentam várias percepções, ora pela textura diferente, ora pelas cores sintonizadas ou, até mesmo, quanto ao formato e ao tamanho.

Passar cal no tronco das árvores é um costume disseminado há bastante tempo, o que deixa as árvores com uma “saia” branca. Não se sabe como foi criado este hábito. Talvez com o intuito de transmitir uma aparência de higiene, sofisticação e evitar possíveis pragas. O fato é que este procedimento é completamente inútil, pode fazer mal à árvore e impede a visualização de sua beleza natural.

Algumas espécies não respiram somente pelas folhas e possuem nos troncos estruturas chamadas de “lenticelas”, as quais servem para trocas gasosas, que auxiliam no funcionamento da planta. Quando o tronco é pintado, essas importantes estruturas são fechadas, o que vem a prejudicar a árvore. Portanto, para ajudar a manter uma árvore saudável, não se deve caiar os troncos, o que, além de tudo, é muito feio, é uma agressão estética.

Mostramos, nas fotos desta matéria, detalhes maravilhosos que não devemos deixar passar despercebidos. Muitas vezes, a beleza está tão próxima de nós, que só precisamos do olhar atento para perceber que a sofisticação é pura simplicidade.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.