Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Flor do deserto

A Rosa do Deserto torna-se muito atrativa pela beleza das flores e a forma do caule

Flor do Deserto

A Rosa do Deserto (Adenium obesum), também chamada de Flor do Deserto, é uma planta perene e suculenta que produz deslumbrantes e grandes flores vermelhas e cor-de-rosa. Originária do Sul da África e da Península Arábica, torna-se cada dia mais procurada para ser cultivada no Brasil, onde tem atraído olhares e conquistado admiradores nas principais feiras de paisagismo e jardinagem do país.

Este arbusto suculento, com troncos muito grossos, apresenta folhas verdes brilhantes e ramos cinza lisos. Pode chegar a crescer até 3-4 metros de altura. As flores, que crescem em aglomerados, apresentam pétalas tubulares na base e extremidades alargadas. Reproduz-se melhor através de enxertos, uma que vez que a polinização não é muito eficaz. Ela cresce bem tanto em jardins exteriores, quanto em vasos para ambientes internos, quando se deve tomar toda a precaução com a drenagem.

A Rosa do Deserto torna-se muito atrativa pela beleza das flores, mas também pela forma pouco comum do caule muito desenvolvido na base, para que possa suportar fortes ventos e acumular água. Habituadas ao clima do deserto, também se adaptam e se desenvolvem bem em países tropicais. Ela necessita de plena luz solar e é tolerante ao calor. O solo deve ter drenagem rápida, uma vez que o apodrecimento da raiz e do tronco são doenças comuns.

Flor do Deserto

É recomendado fertilizar as plantas a cada duas semanas durante a primavera, especialmente quando as mesmas são jovens. Durante a primavera deve-se regar regularmente, mas durante o inverno o solo deve permanecer seco.

Normalmente esta planta irá florescer muito pouco tempo depois que é plantada, o que vai se repetir duas vezes ao ano, sendo a primeira na primavera e a segunda no final do verão ou começo do outono. De vida longa, a Flor do Deserto tem beleza realmente marcante, com apaixonados e colecionadores por todo o mundo.

Responder Mirvania da Silva matos Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.

515 Comments

  1. Olá
    Minha rosa está brotando folhinhas novas porém elas estão um pouco deformadas .
    O que seria ?

    • Olá Valeria,

      Sua rosa-do-deserto foi atacada por ácaros. Faça trê pulverizações, semanais, com enxofre. Também por causa da reflexão da luz, uma camada fina de casca de arroz, inibe os ácaros.

      Abraços

  2. Outra foto

    • Foto

  3. Boa tarde, Raul. Moro em Natal-RN e tenho uma flor do deserto com manchas avermelhadas nos limites das folhas e um ataque provavelmente de cochonilha no caule. O que está acontecendo? O que posso fazer?

    Ps: nessa época do ano chove bastante mas ainda temos alguns dias de Sol.

    Agradecido

    • Boa tarde Renato,

      Esse sintoma indica uma deficiência de fósforo. Aplique 10 g de superfosfato simples associado com 1/2 kg de esterco bovino e 50 g de farinha de ossos.

      Isto ira resolver o avermelhado das folhas e para as cochonilhas polvilhe na terra carvão vegetal bem picadinho,
      junto com pitadas de cinzas de lenha livres de sal e/ou gordura e pulverize a planta com óleo de neem.

      Abraços

  4. Terceira tentativa de enviar a foto, diminuí a resolução pra ver se é por causa do tamanho do arquivo. Rs…

  5. Obrigada.

  6. Senhor Raul, que ser humano lindo é o senhor. Vendo aqui seu cuidado em responder a todos. Também estou com algumas Rosas com folhas nascendo deformadas e posteriormente ficando amareladas até cair. Pelo que notei aqui, deve ser ácaro. Vou seguir suas recomendações e aplicar enxofre. Muito obrigada por compartilhar tanto conhecimento.

    • Oi Juliana,

      Muito obrigado pelos elogios…fazem bem!

      Para combater esses ácaros uma colher de sopa de farinha de trigo em 1 litro de água, para pulverizar as folhas, é também eficaz. Pode fazer essas pulverizações três vezes, com intervalos de uma semana.

      Abraços

  7. Por favor poderia me orientar. Minhas folhas estão deste jeito das fotos.ja tirei todas da que estavam assim.
    O que eu faço agora?

    • Outra foto

      • Ola. Suas fotos estão muito pesadas. Tive o mesmo problema e tive a ideia de deixar o arquivo com menos de 1 MB. Deu certo.

    • olá Carlos,

      Infelizmente as fotos não chegaram até nós. Tente novamente, por favor.

      Abraços

  8. Ola bom dia, tempos atrás relatei um problema em minha rosa, e você me indicou enxofre, qual seria esse enxofre para que eu possa comprar, obrigado.

    • Bom dia Gilson,

      Você pode comprar o Enxofre Dimy, ele é vendido em casas de produtos agrícolas e até em supermercados grandes.

      Abraços

      • Qual seria a aplicação correta.

        • Gilson,

          Use o Enxofre Dimy para pulverizar e siga as instruções da embalagem.

          Abraços

          • Por quanto tempo devo aplicar o enxofre , exisre epoca certa para podar, ou pode ser em qulquer epoca, dizem que a lua influencia, isso é verdade ou é mais um mito.

            • Gilson,

              Deve aplica-lo a cada 30 dias. A melhor época para podas é durante a lua minguante.

              Abraços

  9. A minha rosa do deserto está com as folhagens queimada .O que pode ser?

    • Andressa,

      Pode ser uma doença fúngica conhecida como Fusarium, Esse fungo causa murchidão entrando através da
      raiz.
      – Corte as folhas afetadas;
      – Diminua drasticamente as regas;
      – Adicione ao solo 100 g de calcário dolomítico misturado
      com 10 g de sulfato de potássio, revolvendo até uma profundidade de 5 cm;
      – Regue com extrato de casca barbatimão a 5%;
      – Pulverize a planta com Ecotrich, um fungicida formulado a base do fungo Trichoderma.

      Abraços

  10. como tratar o ferrugem nas flores dessa planta por favor

    • Maria Aparecida,

      O excesso de nitrogênio e a umidade alta, especialmente na primavera e nas regiões baixas, favorece esta doença, que surge com manchas amarelo-alaranjadas ou marrom-avermelhadas na face inferior das folhas.
      Segue-se o aparecimento de pústulas, geralmente, de cor alaranjada.

      – Evite de molhar as folhas;
      – Dissolva 50 g de cloreto de potássio em 5 litros de água e regue a rosa do deserto. Repita isto mais duas vezes a cada 10 dias.
      – Pulverize três vezes, semanalmente, com sulfato de cobre e/ou enxofre.

      Abraços

  11. Bom dia!
    Minha rosa do deserto está com uma folhagem bem bonita só que as pontas das folhas começam a ficar escuras e parece meio mole, fica ama tela e cai.
    Já é a segunda vez. A primeira tirei todas as folhas, brotaram lindas, mas está acontecendo novamente
    O que pode ser?
    Pode me ajudar?

    • Boa tarde Marina,

      Ela está sendo atacada por algum fungo. Proceda da seguinte maneira:

      – Corte as folhas, deixando apenas a sadias;
      – Diminua drasticamente as regas;
      – Adicione ao solo 300 g de calcário dolomítico misturado
      com 30 g de sulfato de potássio, revolvendo até uma
      profundidade de 5 cm;
      – Regue com extrato de casca barbatimão a 5%
      – Pulverize o vaso com Ecotrich, um fungicida formulado a base do fungo Trichoderma.

      Abraços