Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Flor do deserto

A Rosa do Deserto torna-se muito atrativa pela beleza das flores e a forma do caule

Flor do Deserto

A Rosa do Deserto (Adenium obesum), também chamada de Flor do Deserto, é uma planta perene e suculenta que produz deslumbrantes e grandes flores vermelhas e cor-de-rosa. Originária do Sul da África e da Península Arábica, torna-se cada dia mais procurada para ser cultivada no Brasil, onde tem atraído olhares e conquistado admiradores nas principais feiras de paisagismo e jardinagem do país.

Este arbusto suculento, com troncos muito grossos, apresenta folhas verdes brilhantes e ramos cinza lisos. Pode chegar a crescer até 3-4 metros de altura. As flores, que crescem em aglomerados, apresentam pétalas tubulares na base e extremidades alargadas. Reproduz-se melhor através de enxertos, uma que vez que a polinização não é muito eficaz. Ela cresce bem tanto em jardins exteriores, quanto em vasos para ambientes internos, quando se deve tomar toda a precaução com a drenagem.

A Rosa do Deserto torna-se muito atrativa pela beleza das flores, mas também pela forma pouco comum do caule muito desenvolvido na base, para que possa suportar fortes ventos e acumular água. Habituadas ao clima do deserto, também se adaptam e se desenvolvem bem em países tropicais. Ela necessita de plena luz solar e é tolerante ao calor. O solo deve ter drenagem rápida, uma vez que o apodrecimento da raiz e do tronco são doenças comuns.

Flor do Deserto

É recomendado fertilizar as plantas a cada duas semanas durante a primavera, especialmente quando as mesmas são jovens. Durante a primavera deve-se regar regularmente, mas durante o inverno o solo deve permanecer seco.

Normalmente esta planta irá florescer muito pouco tempo depois que é plantada, o que vai se repetir duas vezes ao ano, sendo a primeira na primavera e a segunda no final do verão ou começo do outono. De vida longa, a Flor do Deserto tem beleza realmente marcante, com apaixonados e colecionadores por todo o mundo.

Formada em Engenharia agronômica, pela Escola de Agricultura Luiz de Queiroz – ESALQ-USP e em Direito, pela Instituição Toledo de Ensino.
Tem pós graduação em Gestão Ambiental, pela ESALQ-USP e em Técnicas de Treinamento em Engenharia Agrícola, pela Sociedade Agrícola Alemã.
Desenvolve projetos de paisagismo, tendo experiência como proprietária da empresa Estado de Sítio Paisagismo, como professora universitária da disciplina e na direção de Horto Florestal , além de atividades de extensão na área ambiental e como colunista do tema.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.

289 Comments

  1. Boa tarde Raul, segue mais um sintoma em mais uma RDs estou enviando o verso da folha, em seguida envio a parte frontal.

    Abraços.
    Muito obrigado.

  2. Bom dia, mais machas nas RDS.

    Muito obrigado.
    Djalma

  3. Bom dia , gostaria que me ajudassem com estas dúvidas nas minhas RDs.

    Abraços, muito obrigado.

  4. Bom dia, por favor, gostaria que me ajudassem a resolver algumas doenças que estão atacando as minhas RDs , é uma coleção de quase 200 , e em algumas plantas se encontram estes sintomas. Um abraço e agradeço antecipadamente as orientações.

    Grato,
    Djalma Santos Souza

    • Bom dia Djalma,

      As imagens mostram ataque de antracnose.

      Recomenda-se poda e destruição das folhas doentes.
      Pulverizações com Fulland, um fertilizante mineral composto
      por fósforo, enxofre e cobre, alternando com o fertilizante Forth Solúveis Produtivo. A fórmula garante uma fonte alta de Potássio, necessário para criar defesas contra esse fungo, além de fornecer Nitrogênio e micronutrientes.

      Abraços

  5. Boa tarde Sr. Raul, estão aparecendo algumas manchas nas folhas de minhas rosas, começam pequenas e vão aumentando de tamanho ate que mate a folha, começou aparecer em uma ou outra folha, mas vejo que esta aumentando bastante nos últimos dias. O Sr. sabe me dizer do se trata, e qual a melhor alternativa de controle, obrigado.

    • outra foto

    • Boa tarde Levy,

      Sua muda está sendo atacada pela mancha-franjada.

      Elimine as folhas afetadas e queime-as, em seguida pulverize 3 vezes, semanalmente, com Cupro Dimy.

      Abraços

  6. Minha Rosa do deserto está secando as pontas das folhas. O que pode ser?

    • Bom dia, Sou Aldrey, um amante das adenius tamem, se Sra. fizer uma busca aqui no site, tem informações sobre esse problema na sua adenius.

    • Maria Cristina,

      Essas pontas das folhas “queimadas” podem indicar uma doença causada por um fungo, Antracnose. Para tratar, corte as folhas atacadas e faça a seguir pulverizações com o fertilizante Forth Solúveis Produtivo. A fórmula garante uma fonte alta de Potássio, necessário para criar defesas contra esse fungo, além de fornecer Nitrogênio e micronutrientes. Alternadamente pulverize com Forth Cobre que supre as necessidades de cálcio, cobre e enxofre.

      Abraços

    • Pode ser Antracnose, um fungo que se alimenta da seiva de sua muda até mata-lha.

      Corte as folhas afetadas e pulverize 3 vezes, semanalmente, com Cuprozeb (oxicloreto de cobre).

      Abraços

  7. Ela Está com umas bolinhas ou manchas claras nas folhas.

  8. Boa Noite Sr. Raul, tudo bom, graças a a Deus temos o sr. para nos ajudar a cuidar de nossas adenius, Deus continue te abençoando… O que pode esta acontecendo com essa minha adenius..

    • Boa tarde Aldrey,

      Seu adenium foi contaminado por um fungo. Para combate-lo use urina de vaca. Após a coleta, coloca-se a urina em garrafas PET, onde fica fechada durante 4 dias em local sombreado, para que fermente.
      As plantas podem ser pulverizadas trimestralmente usando 5
      ml da urina em 1 litro de água.

      É um tratamento natural que previne também outras doenças.

      Abraços

      • Boa Tarde Sr. Raul, moro na Cidade do Natal, capital no RN, não vejo uma vaca a muitos anos, não teria uma alternativa diferente ou mais acessível para mim. Obrigado.

        • Olá Aldrey,

          Tem sim.

          Use 200 g de alho macerado durante 24 h. em 4 colheres de sopa de óleo
          mineral, adiciona-se a 20 g de sabão de coco em 1 litros de água.
          Diluir em 3 litros de água.
          O excesso de nitrogênio pode ser o motivador para o aparecimento
          dessa doença.
          As partes atacadas devem ser eliminadas. É aconselhável não molhar a folhagem e fazer uma adubação potássica, dissolvendo 10 g de cloreto de potássio em 1 litro de água e
          regar a muda. Repetir isto mais duas vezes a cada 10 dias.

          Abraços

          • Muito Obrigado Sr.Raul pelos seus conhecimentos.

            • Você merece!

  9. Bom dia, o que pode ser isso na folhas. Aqui onde moro esta chovendo bastante, elas ficam no beiral da casa e do nada sai sol forte…

    • Faltou a foto ….

      • Bom dia Debira,

        Sua rosa-do-deserto foi atacada por uma doença fúngica.
        Proceda da seguinte maneira:

        – Corte as folhas afetadas com um estilete deixando a parte sadia;
        – Exponha a planta ao sol;
        – Pulverize-a 3 vezes com Cupro Dimy, semanalmente;
        – Adicione ao solo do vaso o equivalente a um copo de cinzas de lenha livres de sal e/ou gordura e afofe para uma melhor penetração.
        – Ao regar não molhe as folhas;
        – Ela tolera as chuvas desde que o solo seja bem drenado. Agregue ao solo um punhado de carvão bem picadinho misturado com uma parte igual de areia.

        Abraços

  10. Minhas rosas apareceram essas manchas circulares brancas. Oq pode ser?!

    • Thalmir,

      Ela foi atacada por um fungo e para combate-lo faça 3 pulverizações, semanais, com Forth Cobre.

      As folhas danificadas podem ser cortadas.

      Abraços

  11. Minha rosa do deserto está apresentando a ponta das folha preta, o que pode ser?

    • Oi Vera.

      Pode ser um funfo. Faça assim:

      – Cortar os ramos da rosa do deserto;
      – Diminuir drasticamente as regas;
      – Adicionar ao solo 300 g de calcário dolomítico misturado
      com 30 g de sulfato de potássio, revolvendo até uma profundidade de 10 cm;
      – Regar com extrato de casca barbatimão a 5%
      – Pulverizar todo o canteiro com Ecotrich, um fungicida formulado a base do fungo Trichoderma.

      Abraços

  12. Passei agua com sabão com um pouco de óleo bem.
    Minha rosa do deserto amarelo toda.
    Oque faço, pois estou com medo da planta morer.

    • Dolimar,

      O óleo deve ter formado uma película que impede a planta respirar. Passe uma esponja umedecida em água, na frente e no verso das folhas.

      Abraços

  13. Olá minha planta está com esse aspecto da foto, como se tivesse secando partes das folhas ficando muchas.o que posso fazer?

    • Luma,

      Pulverize-a 3 vezes, semanalmente, com Cupro Dimy.

      Ela vai melhorar!

      Abraços

  14. Minhas rosas começaram a ficar com folhas avermelhadas .
    Segue o fotos .

    Se puder me ajudar

    • Wilson,

      Pode ser uma deficiência de fosforo. Quando 50 g de superfos-fato simples for associado com 4 ou 5 kg de esterco bovino
      por metro quadrado, a solubilidade de fósforo disponível às
      raízes aumenta consideravelmente.

      Abraços

  15. Olá, essa rosa está com essas manchas e deformações foliar, o que poder ser? Já troquei o substrato e adubei, não resolveu… Agradeço!

    • São ácaros-vermelhos, Kezio. Em 1 litro de água misture um copo de leite azedo e pulverize.

      Faça isto 3 vezes, semanalmente, tomando o cuidado de molhar as folhas por baixo e por cima.

      Abraços

  16. Bom dia Sr.Raul, sou um grande admirador dos seus trabalhos. Vê se você pode me ajudar com minha adenius.

  17. Muito bom ver seus comentários seu Raul Canôvas. Aprende-se bastante. Parabéns pelo ótimo trabalho e compartilhamento de seu conhecimento! Abraço

    • Oh, Manoel,

      Seu comentário nos deixa muito felizes!

      Abraços

  18. segue mais uma foto…

  19. Boa noite Sr. Raul, sou um grande admirador dos seus trabalhos, estou precisando de uma ajuda aqui com essa minha adenius, fiz uma poda dos galhos, adubei com a farrinha de osso e calcário dolomita, as folhas novas estão começando a nascer com essa coloração avermelhada e um deformada. Oque pode ser? Obrigado!!

    • Obrigado por acompanhar meus trabalhos, Aldrey,

      Não vejo problemas com seu Adenium, ele brota bem, equilibrado e uniforme.

      Apenas cuide-o!

      Abraços

      • OBRIGADO SR.RAUL!!

        • Você merece, Aldrey.

  20. Olá Sr. Raul, bom dia. Gostaria do seu auxílio…tenho duas rodas do deserto. Uma está bonita, com a folhagem verde e cheia de vida. A outra de uns dois meses pra cá começou a ficar sem vida, com as folhas opacas, verde desbotado e se direcionaram pra cima. Cuido das duas da mesma forma. Não entendo o que está acontecendo. Pode me ajudar?

    • A imagem anterior é da rosa saudável. Segue agora a da rosa que parece não estar bem. Desde já agradeço!

      • Olá Carol,

        Sua muda foi atacada, provavelmente, pelo Fusarium. Esse fungo causa murchidão entrando através da raiz.Deve fazer o seguinte:

        – Diminuir drasticamente as regas;
        – Adicionar ao solo 100 g de calcário dolomítico misturado com 10 g de sulfato de potássio, revolvendo até uma profundidade de 10 cm;
        – Regar com extrato de casca barbatimão a 5%
        – Pulverizar o solo do vaso com Ecotrich, um fungicida formulado a base do fungo Trichoderma.

        Ela irá melhorar!

        Abraços

        • Muito obrigada! 🙏🏻🙏🏻🙏🏻

          • Você merece!

  21. Boa tarde! Minha flor do deserto está com as pontas queimadas. Eu estava molhando as folhas de vezcem quando. Li que não deve ser feito. Seria só isso? Muito obrigada.

    • Bom Dia Luciene,

      Sua rosa-do-deserto foi atacada por uma doença fúngica.
      Proceda da seguinte maneira:

      – Corte as folhas afetadas com um estilete deixando a parte sadia;
      – Exponha a planta ao sol;
      – Pulverize-a 3 vezes com Cupro Dimy, semanalmente;
      – Adicione ao solo do vaso o equivalente a um copo de cinzas de lenha livres de sal e/ou gordura e afofe para uma melhor penetração.
      – Ao regar não molhe as folhas;
      – Ela tolera as chuvas desde que o solo seja bem drenado. Agregue ao solo um punhado de carvão bem picadinho misturado com uma parte igual de areia.

      Abraços

  22. Ganhei uma rosa do deserto tem uma semana. Coloco no sol toda manhã umas 3h de sol e molho 3vezes na semana as folhas estão ficando amarelas e murchando nas pontas. O q faço?

    • Priscila,

      Sua rosa-do-deserto foi atacada por uma doença fúngica.
      Proceda da seguinte maneira:

      – Corte as folhas afetadas com um estilete deixando a parte sadia;
      – Exponha a planta ao sol;
      – Pulverize-a 3 vezes com Cupro Dimy, semanalmente;
      – Adicione ao solo do vaso o equivalente a um copo de cinzas de lenha livres de sal e/ou gordura e afofe para uma melhor penetração.
      – Ao regar não molhe as folhas;
      – Ela tolera as chuvas desde que o solo seja bem drenado. Agregue ao solo um punhado de carvão bem picadinho misturado com uma parte igual de areia.

      Abraços

  23. Essa era ela antes.

  24. Olá! Boa tarde! RAUL, tenho uma rosa do deserto e no início da primavera ela estava linda, com muitos botões e folhas verdinhas. A floração dela caiu, brotaram novos botões que estão abrindo porém as folhas estão com aspecto de queimada. As flores abrem, mas ficam sempre “cabisbaixas” meio caidinhas, é normal isso de estarem caidinhas? As folhas já sei que não estão normais, mas não sei o que têm, pensei em exccesso de água pois ela tomou chuva por uns dias. Ela não tolera bem a chuva? Agradeço a atenção! Foto em anexo.

    • Olá Érica,

      Sua rosa-do-deserto foi atacada por uma doença fúngica.
      Proceda da seguinte maneira:

      – Corte as folhas afetadas com um estilete deixando a parte sadia;
      – Exponha a planta ao sol;
      – Pulverize-a 3 vezes com Cupro Dimy, semanalmente;
      – Adicione ao solo do vaso o equivalente a um copo de cinzas de lenha livres de sal e/ou gordura e afofe para uma melhor penetração.
      – Ao regar não molhe as folhas;
      – Ela tolera as chuvas desde que o solo seja bem drenado. Agregue ao solo um punhado de carvão bem picadinho misturado com uma parte igual de areia.

      Abraços

  25. Boa tarde, minhas plantas estão infestadas com isso! Poderia me ajudar?

    • Bom dia Daniel,

      Suas mudas foram atacadas por ácaros. Faça pulverizações com enxofre, tomando o cuidado de alcançar frente e verso das folhas.
      Por causa da reflexão da luz, uma camada fina de
      casca de arroz, nos vasos e canteiros, inibe os ácaros.

      Abraços

      • Qual a indicação, quantas vezes por semana este procedimento do enxofre?

        • Três vezes, semanalmente.

  26. Olá!! Minha planta rosa do deserto ainda não floresceu – até ai acho que tudo bem. Está viçosa mas com uma certa oleosidade pegajosa nas folhas e alguns pontinhos que parecem pequeninas verrugas (não se mexem ou parecem ser pulgões). É normal? O que seriam estes dois fenômenos e como tratar? Será que podem me ajudar, por favor?

    • Posso ajuda-la sim, Monica,

      Sua rosa do deserto foi atacada por ácaros. Uma colher de sopa de farinha de trigo misturada em 1 litro de água, para pulverizar as folhas, é muito eficaz para combate-los. Repita essa pulverização mais duas vezes, semanalmente.

      Por causa da reflexão da luz, uma camada fina de
      casca de arroz, onde está plantada, também os inibe.

      Abraços

  27. Bom dia uma das minhas rosas do deserto está com as folhas enrugadas esta com um Verde mais claro não aparece insetos nela o que será?

    • A minha também está com nascendo folhas enroladas, já olhei e, aparentemente, não verifiquei nenhum bichinho nelas, o que pode ser isso? Me ajude, por favor🙏

      • Gilveline,

        Siga as mesmas recomendações dadas à Liria.

        Abraços

    • Boa tarde Liria,

      Ela foi atacada por tripes, insetos pequenos e sugadores que causam, além das deformações nas folhas, o desaparecimento da clorofila, formando manchas pálidas.

      Placas atrativas na cor branca ou azul, besuntadas de
      melaço misturado a um inseticida leve resolvem o problema.

      A falsa-mirra (Tetradenia riparia) é ótima para afugentar o tripes.

      Abraços

  28. Bom dia, Sr. Cânovas.
    Estou com problema nos meus cravos: estão aparecendo manchas brancas acinzentadas nas folhas

    • Boa tarde Luana,

      Seus cravos foram atacados pelo Oídio.

      Com temperaturas suaves e umidade alta, esse fungo aparece em
      ambas as faces da folha, revestindo-a com uma poeira cinzenta. Ataca principalmente as brotações que recebem menos sol.
      Pétalas de flores também podem ser atacadas.

      Pulverize semanalmente com uma solução feita com 10% de leite azedo e 90% de água pura. Bastam 3 aplicações para acabar com esse fungo.

      Abraços

  29. Olá, as folhas da minha beldroega ou onze horas estão com essas manchas brancas. O que é? E o que posso fazer para tratar?

    Obrigada.

    • Olá Mariana,

      É uma ferrugem que atacou sua planta.

      O excesso de nitrogênio e a umidade alta, especialmente na primavera e nas regiões baixas, favorece esta doença, que surge com manchas amarelo-alaranjadas ou marrom-avermelhadas nas folhas.

      Segue uma boa receita para solucionar o problema:

      100 gramas de alho macerado durante 24 h. em 2 colheres de sopa de óleo mineral, adiciona-se a 10 g de sabão de coco em 1/2 litro de água. Diluir em 2 litros de água e pulverizar 3 vezes, semanalmente.

      Abraços

  30. MINHA ROSA ESTÁ COM O TRONCO UM POUCO AMARELADO O QUE FAÇO ME AJUDE

    • Andrea,

      Apenas com essa observação não consigo diagnosticar exatamente o que acontece com sua planta mas, em todo caso pode aduba-la com Forth Cote 14-14-14, trimestralmente até o outono.

      Abraços