Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Flor do deserto

A Rosa do Deserto torna-se muito atrativa pela beleza das flores e a forma do caule

Flor do Deserto

A Rosa do Deserto (Adenium obesum), também chamada de Flor do Deserto, é uma planta perene e suculenta que produz deslumbrantes e grandes flores vermelhas e cor-de-rosa. Originária do Sul da África e da Península Arábica, torna-se cada dia mais procurada para ser cultivada no Brasil, onde tem atraído olhares e conquistado admiradores nas principais feiras de paisagismo e jardinagem do país.

Este arbusto suculento, com troncos muito grossos, apresenta folhas verdes brilhantes e ramos cinza lisos. Pode chegar a crescer até 3-4 metros de altura. As flores, que crescem em aglomerados, apresentam pétalas tubulares na base e extremidades alargadas. Reproduz-se melhor através de enxertos, uma que vez que a polinização não é muito eficaz. Ela cresce bem tanto em jardins exteriores, quanto em vasos para ambientes internos, quando se deve tomar toda a precaução com a drenagem.

A Rosa do Deserto torna-se muito atrativa pela beleza das flores, mas também pela forma pouco comum do caule muito desenvolvido na base, para que possa suportar fortes ventos e acumular água. Habituadas ao clima do deserto, também se adaptam e se desenvolvem bem em países tropicais. Ela necessita de plena luz solar e é tolerante ao calor. O solo deve ter drenagem rápida, uma vez que o apodrecimento da raiz e do tronco são doenças comuns.

Flor do Deserto

É recomendado fertilizar as plantas a cada duas semanas durante a primavera, especialmente quando as mesmas são jovens. Durante a primavera deve-se regar regularmente, mas durante o inverno o solo deve permanecer seco.

Normalmente esta planta irá florescer muito pouco tempo depois que é plantada, o que vai se repetir duas vezes ao ano, sendo a primeira na primavera e a segunda no final do verão ou começo do outono. De vida longa, a Flor do Deserto tem beleza realmente marcante, com apaixonados e colecionadores por todo o mundo.

Formada em Engenharia agronômica, pela Escola de Agricultura Luiz de Queiroz – ESALQ-USP e em Direito, pela Instituição Toledo de Ensino.
Tem pós graduação em Gestão Ambiental, pela ESALQ-USP e em Técnicas de Treinamento em Engenharia Agrícola, pela Sociedade Agrícola Alemã.
Desenvolve projetos de paisagismo, tendo experiência como proprietária da empresa Estado de Sítio Paisagismo, como professora universitária da disciplina e na direção de Horto Florestal , além de atividades de extensão na área ambiental e como colunista do tema.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.

245 Comments

  1. Me oriente por favor, minhas rosas do deserto estão deste jeito, as folhas enrolando e manchando ao nascer assim como as flores que murcham antes de abrir totalmente, pega sol a manhã toda,tem alguma praga na ponta do caule e começo das folhas, passei mistura de azeite e cravo que resolveu da 1.a vez porém agora não adiantou, o que faço?

    • Jurema,

      Acho que se trata de um fungo, borrife a folhagem com um fungicida de contato geral como Captan a 3 g por litro de água regularmente e aplique no solo o fertilizante Forth Equilíbrio, junto com farinha de ossos, cinzas de lenha e cascas trituradas de ovos, isto fornecerá nitrogênio, potássio e cálcio necessários para suas rosas do deserto.

      Abraços

  2. Essa está com essas manchas nas folhas e já quer produzir flores. O qie eu faço?

  3. Boa tarde. Queria saber o q será isso nas flores da rosa do deserto e como cuidar

  4. Boa tarde seu Raul. Gostaria q me ajudasse com essa rosa do deserto. As flores já nascem assim

    • Boa tarde Patrícia,

      Sua planta foi contaminada por um tipo de ferrugem.

      Faça o seguinte:

      – Corte as folhas afetadas com um estilete deixando a muda totalmente desnuda;
      – Exponha a planta ao sol;
      – Pulverize-a 3 vezes com Cupro Dimy, semanalmente;
      – Adicione ao solo do vaso o equivalente a um copo de cinzas de lenha livres de sal e/ou gordura e afofe para uma melhor penetração.
      – Suspenda as regas até surgir novas brotações. Nunca molhe as folhas.

      Abraços

  5. Boa Noite! Minha rosa do deserto esta ficando com as folhas queimadas! Ja pulverizei com Cupro dimy 2 x nesta semana e nao tive sucesso! Alguma outra dica ou sugestao? Muito obrigado!

    • Boa noite Marcelo,

      O Cupro Dimy não age de modo a devolver o verdor das folhas, mas detêm o avanço da doença fúngica.

      Você pode pulverizar, também, com enxofre, mas faça isto uma vez por semana e no máximo em três oportunidades.

      Abraços

  6. Olá minha Rosa do deserto está com essas manchas.o que posso fazer?

    • Oi Bety,

      Sua pergunta foi respondida em uma outra seção.

      Abraços

  7. oi sr. Raul,
    saberia dizer se essas manchas nas minhas palmeiras é ferrugem, alguma outra praga ou apenas queimadura do sol?

    • Oi Renato,

      É ferrugem causada pelo fungo Puccinia psidii. Evite a adubação nitrogenada e faça três pulverizações, semanais, com calda bordalesa.

      Abraços

  8. 6ª planta: A única Arabicum. Folhas manchadas.

  9. 5ª planta: Planta com aprox. 1 ano e meio, folhas fracas, com muitas manchas e queimadas nas pontas.

  10. 4ª planta: Planta adulta, flores caindo sem ter seu ciclo completo, e brotos queimando antes de florescerem. Também há manchas nas folhas.

  11. 3ª planta: Muda de semente com aprox. 6 meses, folhas meio amareladas e crescimento lento.

  12. 2ª planta: Muda de semente com aprox. 6 meses, folhas meio amareladas e crescimento lento.

  13. 1ª planta: Muda de semente com aprox. 6 meses, folhas meio amareladas e crescimento lento.

  14. Bom dia Raul, estou tendo problemas com minhas RD’s, e pelos seus posts acredito que seja ácaro e/ou mais alguma coisa. Seguem as fotos das minhas rosas para análise:

    • Bom dia Renato,

      Estou com dúvidas sobre o que está atacando seus Adeniuns Obesum. Penso em Rhizoctonia solani ou em Pythium spp. Para controlar esses patógenos pulverize com BioTrich, seguindo as instruções do fabricante.

      Abraços

  15. Oi Sr. Raul
    Adquiri uma rosa do deserto Variegata rosada e ela veio pelo correio. Depois começou a brotar lindamente e de repente as folhas começaram a ficar com aspecto de queimadas e cair.
    Ela fica na varanda numa área Onde não bate sol direto. Me aconselharam a não deixar no sol por ser Variegata. Gostaria de saber o que está errado e como faço pra ela melhorar. Desde já agradeço muito

    • Oi Sr Raul. Plantei algumas sementes e as mudas estão com quase 3 mese. Notei que estão com as folhas com manchas amareladas e tb acho que falta algum nutriente pra desenvolverem melhor. Agradeço se puder me orientar. Muito obrigada

    • Oi Paula,

      Não tem nada de errado, apenas pode ser um ataque de fungos. Faça três pulverizações, semanais, com Forth Cobre.

      Abraços

      • Paula,

        Essas manchas amarelas nas folhas indicam ferrugem. Pulverize as mudas com enxofre.

        Abraços

        • Ok Sr. Raul. Farei isso! Muito obrigada pela ajuda!
          Um grande abraço

      • Obrigada. Só sobre o detalhe de ficar no sol, é verdade que devido as folhas da Variegata terem áreas brancas são sensíveis ao sol e podem queimar?

        • Oi Paula,

          É verdade, quando as folhas nascem variegadas a muda precisa de muitíssima luz solar, porém filtrada, diminuindo sua incidência em 50%. Essas folhas queimadas podem ser cortadas.

          Abraços

          • Ok. Entendi. Muito obrigada.

            • Você merece!

  16. Comprei esta muda de rosa do deserto a uma semana. Ela começou a amarelar as folhas e da umas manchas morrom até cair. O que pode ser? O que devo fazer? Está chovendo muitos estes dias e o sol não tem aparecido muito.
    Ficarei feliz se puder me ajudar, obrigada!

    • Débora,

      Talvez um fungo esteja atacando sua rosa-do-deserto. Pulverize-a três vezes, semanalmente, com calda bordalesa e evite as regas.

      Abraços

  17. Minha rosa do deserto estava cheia de botões aí ao abrir estavam todos como se estivessem queimados das folhas foram amarelando

    • Angelica,

      Sua rosa-do-deserto foi atacada por fungos. Pulverize três vezes, semanalmente, com calda bordalesa.

      Abraços