Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

O jardim de Outono

Depois dos meses com temperaturas altas entramos no outono austral, onde o clima é mais ameno, obrigando-nos a realizar tarefas específicas.

Seguem dez recomendações que deixarão seu jardim mais bonito, vigoroso e saudável:

1.      ADUBAÇÃO: Nos próximos meses não devem ser usados adubos nitrogenados (o N do NPK: estercos, tortas de mamona ou de algodão, salitre do chile, uréia ou sulfato de amônia). Em contrapartida é recomendado o potássio (o K do NPK) por dar maior resistência ao frio e a estiagem, podendo ser aplicado na forma de cinzas de lenha, cascas de ovo secas e trituradas, casca de café,  fosfito de potássio e sulfato de potássio. Também o fósforo (o P do NPK) é indicado quando há necessidade de estimular as raízes das plantas, especialmente quando transplantadas. As baixas temperaturas não são sentidas nas camadas inferiores do solo fazendo com que os fosfatos, termofosfatos e superfosfatos promovam novas raízes mesmo no outono e no inverno. Uma cobertura morta, feita nos canteiros e na projeção das copas das árvores, mantém a umidade do solo controlando a temperatura. Pode ser feita com vermiculita, fibra de coco, substratos e serragem de madeiras.

2.      PODAS: São recomendadas. Eliminando ramos mortos ou doentes, para corrigir desacertos de crescimento e para uma maior entrada de ar promovendo flores e frutos. São contraindicadas nas plantas que florescem ou frutificam nesta estação. Esta tarefa deve ser realizada, preferentemente, durante a lua minguante, até o próximo dia 27 de março ou entre 19 e 26 de abril ou entre 18 e 25 de maio próximo.

3.      REGAS: Devem ser diminuídas na medida em que as temperaturas caem.

4.      PRAGAS: Ácaros surgem nesta época e pulverizações com enxofre são indicadas para combatê-los.

5.      DOENÇAS FÚNGICAS: Folhas caídas no chão, temperaturas mais brandas, solos mal drenados, entre outros fatores, atraem fungos. Pulverizações com sulfato de cobre e/ou enxofre são os métodos mais usuais para controlá-los.

6.      GRAMADOS: Devem ser cortados mais altos, entre 3 e 4 centímetros, para não expor o solo evitando a desidratação e a friagem. Deve-se passar um rastelo de 15 em 15 dias retirando folhas e raízes mortas. Uma adubação potássica é importante nestes meses de março e abril.

7.      PLANTAS DE INTERIOR: Precisam ser protegidas dos ventos frios, levando-as a um local bem iluminado e abrigado.

8.      DIVISÃO DE TOUCEIRAS: Hemerocallis, ajugas, agapantos, clorofitos, gazanias e outras forrações perenes podem ser desmembradas, multiplicando a quantidade de mudas.

9.      TRANSPLANTES: Árvores e arbustos (especialmente os caducifólios) suportam melhor os transplantes graças às temperaturas amenas.

10.  PLANTIO DE FLORES DE ESTAÇÃO: podem ser plantadas as espécies que seguem:

  • Alcea rosea (malva-rosa): vermelhas, rosas, brancas e amarelas;
  • Delphinium elatium (esporinha): azuis, rosas, brancas, roxas;
  • Portulaca grandiflora (onze-horas): brancas, roxas, rosas e vermelhas;
  • Primula obconica (prímula): roxas, brancas, rosas e vermelhas;
  • Primula malacoides (primulinha): roxas, brancas, rosas, vermelhas;
  • Primula x polyantha (prímula-acaule): roxas, brancas, vermelhas, amarelas, laranjas;
  • Viola x wittrockiana (amor-perfeito): várias cores e combinações.
Raul Cânovas nasceu em 1945. Argentino, paisagista, escritor, professor e palestrante. Com 50 anos de experiência no mercado de paisagismo, Cânovas é um profissional experiente e competente na arte de impactar, tocar, cativar e despertar sentimentos nos mais diversos públicos.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.

10 Comments

  1. Raul! Bom dia! Esta cobertura morta no solo, a casca de pinus industrializada, faz este papel?

  2. Maravilhoso! Dicas para emoldurar e seguir ano a ano!

  3. Informações maravilhosas. Super obrigada.

    • Sou eu quem agradece por acompanhar meus textos, Margarete!

  4. Boa noite Professor Raul. Ótima dicas!! Obrigado! Abraço!

  5. Raul, boa tarde!!! Excelente matéria.
    Como adubação geral de arbustos e forrações, para este período seria melhor indicado o 4-14-8, correto? Pode ser aplicado no gramado? Grato.

    • Não Douglas,

      O ideal é uma adubação pontual, observando a necessidade de cada espécie. Minhas dicas são dadas em termos do uso do potássio (inclusive no gramado) e do fósforo quando se procura incentivar o crescimento de árvores e arbustos, não da grama.

      O 4-14-8 só recomendaria para florações e frutificações de outono e inverno.

      Abraços