Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

A força da unha de gato

Basta um suporte adequado e em pouco tempo ela estará formada.

A falsa hera, comumente chamada de unha de gato, pertence à mesma família das figueiras e seu nome científico é Ficus pumila. É originária da China, Japão e Austrália e é muito utilizada no paisagismo como forração e revestimento de paredes e muros. Sua fixação é tão forte que chega a danificar chapiscos e rebocos das paredes. Seu sistema radicular é muito agressivo.

Ela deve ser freqüentemente podada, para amenizar maiores danos e por causa das folhas que se alteram: deixam de ser pequenas e levemente ásperas e se tornam grandes e lisas, quando costumam formar pequenos sicônios (figos) não comestíveis, como podemos observar em uma das fotos.

Para que cresça, basta lhe fornecer um suporte adequado e em pouco tempo estará completamente formada, pois seus ramos são muito aderentes e dispensam totalmente o tutoramento.

Apesar de extremamente rústica, a unha de gato não deve ser utilizada em jardins que objetivam baixa manutenção, devido à necessidade das podas periódicas que já comentamos. Ela amadurece e se torna lenhosa, frutifica e destrói o suporte. Por ser excepcionalmente aderente e bonita é indicada para recobrir muros, paredes, escadas, colunas e moldes de topiaria, preferencialmente estruturas sem acabamento.

Na verdade, o uso desta planta no recobrimento de paredes deve ser analisado com muito critério, pois além da agressividade, costuma reter muita umidade. No mercado, encontramos a unha de gato totalmente verde, mas também a variegada e outra de folhas bem pequenas. Estas últimas não apresentam a mesma rusticidade da variedade comum.

Para que tenham pleno desenvolvimento, devem ser cultivadas a pleno sol ou meia sombra, em solo fértil e enriquecido com matéria orgânica e com regas regulares. O espaçamento ideal entre plantas é de 50 cm. Elas toleram o frio e multiplicam-se por estaquia.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.

72 Comments

  1. Boa tarde me chamo Paulo Victor sou morador do Rio de janeiro fascinado por plantas e a mais ou menos a 4 anos atrás plantei uma era trepadeira(unha de gato) no meu muro só que quero cortar pra reformar a fachada da minha casa como devo proceder?!!

    Na próxima fachada quero replantar mas gostaria de limitar a era unha de gata a uma única parte do muro pois ela cresce muito e rapidamente para casa dos vizinhos… gostaria de saber de uma material para contornar meu muro para que lá não vá para casa do vizinho e eu tenha maior controle sobre ela na manutenção…

    Grato pela atenção e boa tarde!

  2. Boa tarde senhor Raul,tenho um barranco em meu quintal de uns dois metros de altura,não queria fazer muro nele,gostaria de plantar alguma hera que desse flores,o senhor poderia me indicar alguma?

    • Bom dia Jorcelia,

      Seguem algumas:

      Aptenia cordifolia – rosinha-de-sol
      Arachis repens – grama-amendoim
      Polygonum capitatum – tapete-inglês
      Sphagneticola trilobata – vedélia.

      Abraços

  3. OLÁ, GOSTARIA DE SABER SOBRE A RAIZ DA UNHA DE GATO, COMPRAMOS UMA CASA E O MURO JÁ TEM, ELAS ESTÃO MUITO BONITAS, PORÉM O QUE ME PREOCUPA É A RAMIFICAÇÃO DELA. CORRO O RISCO DE ENRAIZAR E CHEGAR ATÉ MINHA CASA E TAMBÉM A RAIZ ACABAR ESTRAGANDO A PISCINA TAMBÉM?
    Grata

    Fernanda

    • Olá Fernanda,

      As raízes aéreas da unha-de-gato são fortes e se prenderão a superfícies de concreto, tijolos, madeira ou pedra, onde se desenvolverão em todas as fendas e rachaduras possíveis. Elas podem até se enterrar na argamassa entre blocos e tijolos, entretanto não acho que possam afetar a piscina.

      Abraços

  4. Gostaria de saber se a unha de gato danifica a casa, meu esposo deixou ela invadir o telhado da nossa casa, pilares e ralos.

    • Lucineide,

      A unha-de-gato (Ficus pumila) é uma espécie alastradiça e invasiva, podendo entupir ralos e danificar edificações. Aconselho que, através de podas, seja contida.

      Abraços