Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

A Iluminação de um Jardim

Como transformar uma área diurna em um ambiente encantador à noite

Foto: www.lightingarden.com

Para aproveitar ao máximo seu jardim ou seu terraço, você precisa de uma iluminação que não tenha medo da noite e que lhe proporcione um ambiente funcional, aconchegante e extremamente cativante. Um ambiente externo iluminado permite mudar o visual da paisagem do dia para a noite. Isso acontece porque na cor noturna desaparecem os matizes do dia e surgem os cinzentos, com seus jogos de luzes e de sombras. Desse modo o encanto cromático se torna marcante, levando os tons a serem mais suaves e infinitamente mais tênues.

Foto: www.lightingarden.com

Não importa se trata de um terraço ou de um jardim, de uma sala de jantar externa ou de uma piscina, o fundamental é criar um projeto de iluminação original e único. Mas muito mais do que o aspecto estético, a iluminação deve ser viável e prática. Um paisagismo cheio de encantos pode melhorar a estética visual do espaço, sem cair na armadilha de inventar uma poluição luminosa. Da mesma forma, a atual tecnologia LED possibilita a criação de soluções muito mais eficientes e frias, em termos de temperatura.

Foto: www.lightingarden.com

Quando se trata de projetar a iluminação externa, é importante ter todos os tipos de luz na ponta dos dedos, pois todos ajudarão a moldar seus espaços. Desde as luminárias suspensas, muito práticas para a mesa de jantar, até aos modelos de chão, embutidos e portáteis. Eles podem ser projetores presos ao solo, que fornecem iluminação indireta, de modo que você dificilmente pode ver o elemento de luz, mas a luz romântica que eles emitem. Há também balizas altas ou baixas, de 10 ou 15 centímetros a um metro de altura, que nos sinalizam estradas, passeios ou cantos dos jardins e devem ser colocadas simetricamente e à mesma distância, para que mantenham um ritmo leve. Sem esquecer, os pequenos LEDs embutidos no piso, que marcam degraus, escadas e certos elementos de segurança.

Foto: www.lightingarden.com

Além das luminárias suspensas, existe um outro tipo de iluminação que permite efeitos deslumbrantes, seja em painéis, arandelas de parede ou localizadas na parte inferior de uma jardineira, e é capaz de transformar um jardim romântico durante o dia num absolutamente atual ao pôr-do-sol. Esta iluminação LED, que pode ir dentro de estruturas, como pérgulas ou corredores, traz um ar de contemporaneidade ao espaço. Fora isto pode ser gerenciado por automação residencial, que permite mudar a cor, criando vários cenários.

Há também a possibilidade de fornecer uma solução de iluminação semelhante à encontrada no interior de uma sala, tornando o jardim muito mais convidativo. Podemos lograr este resultado colocando lâmpadas suspensas nas árvores, que geram pequenas áreas de estar ao pé delas, onde podemos colocar mesas e cadeiras, criando um ambiente gostoso e receptivo.

Porém não devemos esquecer das velas, elas são nossas aliadas para criar atmosferas mágicas e românticas.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.

7 Comments

  1. Boa tarde, Sr. Raul. Eu acredito que Dezembro ou janeiro estarei me mudando para a minha casinha (88 metros quadrados) , porém o espaço não construído terá uns 400 metros quadrados. Motivo casa pequena com relação ao terreno não construído, falta de dinheiro. rsrsrs Bem, vamos lá, eu pretendo ter um jardim bonito, aproveitar a Natureza, eu estava lendo o seu texto acima sobre iluminação e gostei muito, eu pensei…porquê não ter um belo jardim a noite também. Então, depois da minha mudança e , aos poucos, bem lento, eu vou tentar plantar as minhas plantas e colocar algumas luzes. Eu comprei o seu curso e o livro, é só estudar até lá e colocar em prática, não é mesmo?! Eu estarei sempre por aqui!! rsrs Paz e Bem!!!! Luciene. Obs.: O meu marido está com ideia de plantar um Ipê no meio do espaço do terrena na parte da frente, a casa está no meio do terreno e vamos fazer uma pequena orta nos fundos. rsrsr

    • * horta. rsrsrs

    • Olá Luciene,

      Espero que sejam felizes na casa nova!

      A árvore que seu marido pretende plantar, deve ser um ipê-amarelo-de-casca-lisa (Tabebuia chrysotricha), ele cresce mais ou menos 8,00 metros e é adequado para sua região.

      Abraços

      • Sr. Raul , eu esqueci de comentar, mas ele ganhou uma semente de Ipê – branco, eu nem sei como fazer a semeadura ( é assim que se diz?) . O que o senhor acha? Muito agradecida pelas felicitações!!! Quem sabe o senhor vem nos visitar? Um grande abraço!

        • Oi Luciene,

          Coloque a semente para germinar, em um substrato (o Forth Condicionador Solos é ideal). A emergência acontece em, aproximadamente, 15 dias, entretanto nem sempre há bons resultados. Seria conveniente ter várias para garantir uma germinação de 40%.

          Abraços

  2. Bom dia !
    Tenho um pequeno jardim no litoral da Bahia ,área beira mar Imbassai. Fica para dentro do condomínio, então não pega o vento do mar direto e é sol pleno ( oeste) .
    Tenho clusias , que estão lindas em todos os vizinhos menos no meu jardim ..foram plantaras em setembro 2018 e desde então .as folhas estão amareladas e elas não crescem bem.
    A implantação foi feita sem preparo adequado do solo, área de aterro com areia .
    Poderia me ajudar ?

    • Boa tarde Maria Clara,

      Para que suas clusias desenvolvam melhor, devem crescer em um solo arenoso e bem drenado. Deve ser rico em matéria orgânica e misturado com uma pequena quantidade de um substrato para orquídeas. Fertilize três vezes por ano na primavera, verão e outono, com 60 gramas de Forth Jardim a cada 45 dias.

      Abraços