Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Babosa – Uma planta poderosa

Planta é utilizada na indústria de cosméticos, no preparo de cremes, xampus e outros.

A babosa se desenvolve bem em qualquer tipo de solo, desde que bem drenado

Existem centenas de espécies de babosa, a maioria de origem africana, pertencentes à Família das Liliáceas. As espécies mais conhecidas como medicinais são a Aloe vera, que nasce em forma de tufo e produz flores amarelas e a Aloe arborescens, que nasce em torno de um pequeno tronco e produz flores alaranjadas e vermelhas. Além da diferença na disposição das folhas, a Aloe arborescens apresenta espinhos mais proeminentes nas bordas das folhas.

Ao que tudo indica, é considerada uma planta poderosa há muito tempo. Antigos muçulmanos e judeus acreditavam que a babosa representava
uma proteção para todos os males. Existem registros do uso da babosa no Egito em 1500 a.C., para embalsamar múmias e curar feridas da pele.

Cada dia mais popular por suas virtudes cosméticas e curativas, muitas das quais já comprovadas, esta planta é conhecida na cultura popular como excelente para fortificar, dar brilho e evitar a queda dos cabelos, além de aliviar queimaduras e ajudar na cicatrização.

Tem sido amplamente utilizada na indústria de cosméticos, no preparo de cremes, xampus, loções, sabonetes e máscaras. É também excelente desodorante e removedor de impurezas da pele.

Pode ser utilizada em jardins, isoladas ou em grupos, ou cultivada em vasos, por exemplo. Também fica perfeita na integração com cactos, suculentas e pedras. Desenvolvem-se bem em qualquer tipo de solo, desde que bem drenado. Mas precisa de pleno sol para se desenvolver bem. Quando utilizadas em vasos, o substrato ideal é a mistura de 2 partes de terra vegetal e 1 parte de areia. É interessante usar sempre um vaso grande (com no mínimo 20 cm de diâmetro), pois tanto a Aloe vera quanto a Aloe arborescens emitem brotações laterais que, após atingirem cerca de 15 cm, podem ser aproveitadas como mudas para a formação de outros vasos.

Mostramos nas fotos de hoje o uso desta planta em jardins.

Vale a pena conferir!

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.

2 Comments

  1. Olá, meu nome é Sayara. Gostaria de saber quantas vezes eu devo regar a minha babosa, eu moro em Manaus/Amazonas. As pontas estão meio marrom, o que isso significa? A minha babosa deu 5 brotinhos, devo remover? Se você puder me mandar um manual de cuidados, eu agradeceria muito. É difícil entender os vídeos que fazem… Alguns dizem informações diferentes

    • Olá Sayara,

      Para que sua babosa desenvolva satisfatoriamente, siga estes conselhos:

      – Sol pleno;
      – Não a regue, o clima de sua região é úmido. Talvez apenas em setembro que chove menos;
      – As partes com coloração marrom podem estar estragadas por excesso de água;
      – Retire uma camada de 2 centímetros de terra da superfície do vaso e coloque uma outra da mesma espessura composta por partes iguais de areia e carvão bem picadinho.

      Abraçoa