Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Mal de Parkinson leva paisagista a trabalhar como “estátua viva”

A jardineira e paisagista Nicky Pywell, de 35 anos, foi obrigada a abandonar a carreira. Aos 29 anos, ela foi diagnosticada com o mal de Parkinson. Com a evolução de sua doença, resolveu enfrentar o obstáculo e transformá-lo em arte e tornar uma “estátua viva” da Marilyn Monroe.

“Eu me transformo em estátua viva por cerca de duas horas e meia. Fico dura, todos os meus músculos ficam rígidos. Se eu não tomar a medicação algum tempo antes, fico incapaz de me mover”, afirma Nicky ao SWNS.

Moradora de Coalville, em Leicester, no Reino Unido, hoje, em apenas duas horas, ela consegue faturar R$ 1.343 como artista de rua. De acordo com ela, o dinheiro arrecadado é doado a instituições de caridade, como a Parkinson’s UK, que cuida de pacientes com a doença.

Com informações do R7 e O Globo

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Secured By miniOrange