Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Plantas que florescem em áreas sombreadas

Paisagistas e jardineiros amadores enfrentam dificuldades quando precisam escolher arbustos ou mesmo forrações para espaços sombreados. Sob as copas de árvores, junto aos muros orientados para a fase sul ou até nos conglomerados urbanos onde os edifícios altos projetam uma sombra permanente, interrompida por poucos instantes de luz solar aos meio-dias e mesmo assim com pouca intensidade luminosa, observamos filodendros, dracenas, samambaias e alguma palmeira-ráfia no meio de marantas, jibóias ou lambaris que atapetam o solo.

Anthurium andraeanum

Já cansei de ver azaleias e ixoras doentes, alamandas tristonhas e até iucas e agaves prostrados e com uma aparência lastimosa por falta de sol. Entretanto são muitas as espécies que preferem a meia sombra ou a sombra, florescendo com vivacidade e robustez.

Observe que sombra não é um sinônimo de sombrio e quando nos referimos aos espaços umbrosos não estamos falando de locais lúgubres e sim de áreas que, protegidas do sol direto, oferecem a oportunidade de projetar um recanto agradável para ler ou tirar uma boa soneca depois do almoço no meio de flores coloridas.

A seguir uma lista das espécies floríferas para áreas de meia sombra / sombra. Algumas podem florescer com menor intensidade nessa situação:

ARBUSTOS

NOME BOTÂNICO

NOME POPULAR

Megaskepasma erythrochlamys justicia-vermelha
Pachystachys coccinea camarão-vermelho
Eranthemum pulchellum camarão-azul
Ruellia chartacea ruélia-vermelha
Begonia aconitifolia begônia-metálica
Begonia coccinea begônia-asa-de-anjo
Clerodendrum paniculatum flor-de-pagode
Justicia aurea jacobínia-amarela
Alpinia purpurata alpinia-vermelha
Heliconia acuminata helicônia
Heliconia augusta helicônia-vermelha
Heliconia metallica helicônia-de-folha-rubra
Heliconia latispatha helicônia
Heliconia vellosiana helicônia
Heliconia chartacea helicônia-pendente
Heliconia rostrata helicônia-pendente
Tapeinochilus ananassae gengibre-abacaxi
Zingiber spectabile gengibre-magnífico

 

Clivia miniata

Zantedeschia aethiopica

 

HERBÁCEAS PARA FORRAÇÃO

NOME BOTÂNICO NOME POPULAR
Clivia miniata clívia
Eucharis grandiflora lírio-do-amazonas
Anthurium andraeanum antúrio
Spathiphyllum wallisi lírio-da-paz
Gloxinia sylvatica semânia
Neomarica candida íris-da-praia
Glechoma hederacea bálsamo-do-campo
Viola odorata violeta-de-cheiro
Impatiens walleriana maria-sem-vergonha
Primula obconica prímula
Primula malacoides primulinha
Asystasia gangetica asistásia
Barleria repens barléria-vermelha
Scutellaria costaricana escutelária
Ajuga reptans ajuga
Cyclamen persicum ciclame
Saintpaulia ionantha violeta-africana
Zantedeschia aethiopica copo-de-leite
Impatiens New Guinea alegria-do-lar
Spathoglotis plicata orquídea-violeta
Oxalis regnellii triangularis “Purple” trevo-roxo

Ajuga reptans

 

TREPADEIRAS

NOME BOTÂNICO NOME POPULAR
Hoya carnosa flor-de-cera
Fuchsia hybrida brinco-de-princesa
Thunbergia mysorensis sapatinho-de-judia
Camtosema grandiflorum cuitelo
Vanilla planifolia baunilha
Stephanotis floribunda jasmim-de-madagascar

 

Vanilla planifolia

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 Comments

  1. Raul, por favor, existe alguma planta que possa sobreviver num hall de prédio que não tem janelas, não recebe nada de luz solar, somente luz artificial?
    Obrigada!!

    • Aline,

      São poucas as que suportariam essa situação. Recomendo a Aspidistra elatior como a melhor alternativa. Segue a foto dela.

      Abraços

      • Muuuito obrigada!

        • Você merece, Aline!

Secured By miniOrange