Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Pergunte ao Raul – 2022

ATENÇÃO LEITORES

Informe na sua pergunta a sua região(Cidade e Estado). Pois estes dados são fundamentais para a elaboração precisa de sua resposta.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5.239 Comments

  1. Boa noite, Raul.

    Uma dúvida a respeito do álcool isopropílico. Ele também combate as cochonilhas de carapaça?

    Combate também, trips e ácaros?

    Muito obrigada. Tenha uma boa semana.

    • Bom dia Catalina,

      Sim, ele é eficiente também para essas pragas.

      Abraços

    • Oi Raul,

      só mais um detalhe, por favor: se eu misturar álcool isopropílico 100% com 30% por cento de água natural, esse álcool ficaria 70%? Ou teria que ser algum tipo de água específica?

      Mais uma vez obrigada, Raul. Um enorme abraço

      • Oi Catalina,

        Sim, essa mistura é ideal, também pode ser diluir 350 ml de álcool para 150ml de água, o que resulta em algo similar.

        Abraços

  2. Olá Raul, boa tarde!
    Gostaria de maiores informações de sua vinda a Brasília no próximo dia 30 e como fazer a reserva?
    Solicito também a informação se pode me sujeite um curso de paisagismo pela internet ou por livros.

  3. Oi Raul….. tudo bem com vc?
    Vou finalmente te conhecer em seu curso em Rio Claro! rsrsrs
    Raul, quais plantas você poderia indicar para valorizar a fachada de um restaurante? Sei que existem inúmeras! Mas imagine um local sem muito espaço mas que precise de plantas com um pouco de altura, modernas…… gosto muito da sua opinião!
    muito obrigada e um abraço enorme!

    • Oi Juliana,

      Ah, que bom, sim nos vemos em Rio Claro!

      Eu precisaria ver o espaço, mas em principio recomendo:

      Licuala grandis – licuala;
      Phyllostachys pubescens – bambú-mossô;
      Polyscias guilfoylei – arália-cortina;
      Caryota mitis – palmeira-cariota.

      Abraços

  4. Caro Raul, boa noite! Plantei bambu multiplex há uns dois meses e tenho percebido muitos brotos nascendo ao lado do que já foi plantado. No entanto, não tenho notado crescimento dos que foram plantados primeiramente. Alguns brotos, inclusive, já atingem altura próxima dos bambus que foram plantados primeiro. Como devo proceder neste caso? A terra já foi adubada. Li que a poda ajuda o bambu a crescer. Neste caso, ela deve ser feita apenas nos galhos laterais ou no topo também? Abraço e obrigada por compartilhar seu conhecimento :)

    • Bom dia Milena,

      Para estimular o crescimento dos bambus faça uma poda cortando os ramos laterais e também o topo deles.

      Enquanto a adubação é importante que seja rica em nitrogênio, tente usar torta de mamona e borra de café, isto irá incentivar o desenvolvimento deles.

      Abraços

  5. Fiz uma pesquisa e acho que é uma dracena arbórea suas folhas estão pequenas e a ponta está para o lado não para cima como deve ser

  6. Não têm como mandar foto?

  7. Boa tarde sr Raul, minha planta ficou assim quando coloquei num lugar com mais claridade, e qual o nome e espécie dessa planta, sou de São Paulo SP

  8. Bom dia seu Raul. Mini crisântemos resistem a geadas? Sou do Paraná.

    • Bom dia Ivolaine,

      Os mini crisântemos não toleram bem as geadas, mas pode protege-los cobrindo-os com gravetos secos, antes de que elas ocorram.

      Abraços

  9. Sou de São Paulo capital
    Prezado ficaria muito grato se indicasse onde conseguir ,mudas ou sementes de turnera ulmifolia em sáo paulo
    muito agradecido

    • Olá Sergio,

      No mercado de flores do CEAGESP, nas 2ª e 5ª feiras a partir das 22:30 da noite, você pode encontra-las facilmente.

      Abraços

  10. Sou de São Paulo capital
    Prezado ficaria muito grato se indicasse onde conseguir ,mudas ou sementes
    muito agradecido

  11. Olá, boa tarde! Aqui estou eu com mais uma dúvida.

    Raul, há quem diga que cactos e suculentas não precisam ser adubados mas desconfio que essa não é sua opinião. Será?

    Se tiver que adubá-los, como seria melhor? Os adubos que uso já há um bom tempo nas minhas “milhões” de plantas são: Bokashi, farinha de ossos, húmus dos meus minhocários, Forth Flores ou Forth Jardim e torta de algodão de vez em quando dependendo da planta, mas não todos esses adubos juntos, obviamente.

    Entre esses, qual ou quais seriam indicados para cactos e suculentas e com que frequência? Ou deveria usar algum outro adubo neste caso?

    Sempre muito grata. Um carinhoso abraço

    • Bom dia Catalina,

      O Forth Cactos (NPK 03-08-08) pode ser aplicado a partir de
      outubro, ele é específico para eles e para as suculentas.

      Esse fertilizante pode ser complementado com uma adubação orgânica, composta por cascas de ovo secas e moídas, cinzas de lenha livres de sal e/ou gordura, bokashi e esterco bovino. Deve ser aplicado em pequenas quantidades na primavera.

      Abraços

  12. Boa tarde, senhor Raul

    Espero que possa me ajudar numa questão. Gostaria de saber quais pragas e doenças nas plantas podem ser combatidas com álcool isopropílico, por favor.

    Confio inteiramente em sua opinião pois me foi muito bem recomendado, mais de uma vez.

    Grande abraço

    • Boa tarde Juan,

      O álcool isopropílico é indicado para controlar fungos em geral e também cochonilhas.

      Abraços

  13. Raul, boa tarde.
    Meu nome é Rafael sou de Salvador-BA. Estou tendo muita dificuldade de encontrar Tarlmounia elliptica, também conhecida por Curtain creeper, Vernonia creeper e Parda bel. Gostaria muito de plantá-la em uma vardineira suspensa em minha casa para fazer uma delicada cortina verde na fachada. Você sabe se ela tem outro nome aqui no Brasil ou se temos alguma espécie similar ?

    • Boa tarde Rafael,

      Acho muito difícil achar quem cultive a trepadeira-de-cortina aqui no Brasil.

      Em lugar dessa Tarlmounia elliptica sugiro:

      Gibasis schiedeana – véu-de-noiva;
      Pilea nummulariifolia – dinheiro-em-penca;
      Soleirolia soleirolii – barba-de-moisés;
      Plectranthus coleoides “Variegata”- plectranto.

      Elas são pendentes e com folhagem delicada.

      Abraços

  14. Olá, Raul!
    Tudo bem?
    Sou do bairro de Campo Grande do Rio de Janeiro – RJ.
    Na semana passada eu ganhei uma orquídea Phalaenopsis, mas observei que algumas folhas estavam quebradas e uma estava até mesmo cortada e percebi que próximo do corte havia uma mancha arredondada escura. Logo uma das folhas começou a ficar úmida e mole. Arranquei essas folhas, pois imaginei que pudesse ser um fungo, e assisti alguns vídeos no youtube de pessoas que tiveram esse mesmo problema. Seguindo as instruções que pesquisei, retirei a planta do vaso que veio e observei que ela estava plantada apenas em esfagno e algumas raízes estavam amareladas. Também cortei a folha que apresentava a mancha escura, esquentei a tesoura de poda no fogo e cauterizei a parte da folha que foi cortada. Também arranquei as outras folhas que estavam moles e úmidas. Lavei a orquídea e em seguida afundei as raízes e as folhas em uma solução de água + leite de magnésia. Em seguida fiz o replante da planta em um vaso de barro que possui furo nas laterais e utilizei o substrato premium para orquideas da Calterra, que vem casca de pinus, carvão vegetal e fibra de coco. Porém, quando abri o saco observei que o substrato tinha um pouco de cheiro de mofo. Olhei bem, mas não encontrei nenhum mofo, então decidi por usar ele mesmo.
    Entretanto, a planta não melhorou. Na verdade, está piorando! As flores estão caindo e a planta está um pouco tombada. Observei que as raízes começaram a secar e hoje quando fui regar a planta vi que saiu do substrato um inseto parecido com um formigão, mas não tenho certeza se era formiga, e vi também uma pequena larva. As folhas dela começaram a amarelar e percebi que duas continuaram moles e úmidas. Retirei estas folhas, mas pelo visto ainda não consegui solucionar o problema do fungo. Será que ainda consigo salvar esta orquídea? O que posso fazer?
    obrigada desde já!
    Um abraço,
    Fernanda.

    • Olá Fernanda,

      Tudo o que você fez até agora está certo, eu sugiro usar o extrato pirolenhoso, ele funciona como um controlador de pragas e doenças, sendo um notável adubo para as orquídeas, favorecendo
      o aumento de brotos e o número de flores. O Natupirol e o Mokussu são as marcas mais conhecidas.

      Use ele quinzenalmente, dosando 5 ml por litro de água, banhando as folhas e raízes, mas evitando molhar botões florais e flores.

      Abraços

  15. RAUL QUANTOS QUILOS DE UREIA GRANULADA MIDTURO EM 1000 LITROS DE AGUA, PARA CULTURA DE GRAMA ESMERALDA.

    • Antônio,

      Adicione 10 kg de ureia para mistura-la em 1.000 litros de água.

      Abraços

  16. RAUL BOA NOITE TD BEM, QUANTOS KILOS DE UREIA GRANULADA MISTURO EM 1000 LITROS DE AGUA PARA PULVERIZAR GRAMA ESMERADA.

  17. Li no seu Facebook que o amendoim forrageira é resistente a pragas,,mas o da mina casa na praia teve fungos 2 vezes. O que devo fazer, é uma área mais de sombra.

    • Sol,

      Faça três pulverizações, semanais, com Forth Cobre. Isto irá eliminar os fungos.

      Abraços

  18. Olá Raul!
    Minha Palmeira foi devorada pelos gafanhotos. Posso afirmar que foram eles porque tinham quatro degustando dela, eu flagrei!😀
    Não sei como se deu essa invasão de gafanhotos visto a planta está em vaso na varanda (pequena) de casa. Só ficou a carcaça, o wue fazer para recuperá-la?

    Obrigada!

    Nadja Suely

    Salvador-Ba

    • Oi Nadja,

      Para afastar esses gafanhotos use óleo e detergente.

      Junte uma colher de chá de óleo de cozinha e uma de detergente em um litro de água. Em seguida adicione em um borrifador e agite antes de pulverizar as folhas. Esta atomização deve ser repetida a cada 3 dias, até que os gafanhotos sumam totalmente.

      Para revigorar a palmeira faça uma adubação usando 1 kg de esterco curtido de boi e 200 gramas de torta de algodão.

      Abraços

  19. Olá Raul!
    Minha planta jibóia estava com ótimo desenvolvimento e bem verdinha. Apareceram manchas marron nas folhas e com isso percebi que tbm afetou o crescimento.
    Tbm tenho um cacto (estilo amendoim) que está com umas manchas e com isso não consegue se manter de pé. Ele tem umas ramificações verdinhas, mas ele em si nao se sustenta, esta um pouco murcho. O que devo fazer? É a mesma praga para as duas?

    Nadja Suely

    Salvador-Ba

    • Olá Nadja,

      Essas manchas na jiboia podem ser provocadas por fungos, para combater a doença pulverize três vezes, semanalmente, com Forth Cobre.

      Já o cacto deve receber mais sol e ter o solo enxuto, agregue areia e carvão picadinho ao solo, também pulverize com Forth Cobre, da mesma forma que a jiboia.

      Abraços

  20. Oi seu Raul. Tô fazendo uma muda de limão por alporquia. Mas tô em dúvida quanto a fase da lua que posso tirar essa muda do pé e transplanta lá. Sou do Paraná. Prudentópolis

    • Oi Ivolaine,

      A fase ideal para fazer isto é durante a lua em quarto-crescente.

      Abraços

  21. Olá Mestre Raul,

    Preciso indicação de uma trepadeira para conduzir na parede em uma area sombreada externa.
    Alguma de crescimento mais rapido, não necessariamente com flores.
    Pensei em Heras ou jiboias, mas sei que você tem mais opções. Rsrrsrr
    Será plantada em um canteirinho, no chão, rente à parede. E queremos conduzir em linhas retas. Ela não pode se esparramar muito.

    Obrigada Francine

    • Curitiba pr

    • Olá Francine,
      Seguem algumas opções:

      Hedera helix “Goldheart” – hera-coração-de-ouro;
      Asparagus setaceus – melindre;
      Cissus rhombifolia – cipó-uva;
      Epipremnum pinnatum – jibóia;
      Fatshedera lizei – arália-trepadeira;
      Philodendron erubescens – filodendro-roxo.

      Aproveite para comprar meu livro https://loja.jardimcor.com/…/planta-certa-para-o-lugar…/ apenas R$159,90. Nele encontrará muitas situações com as plantas indicadas!

      Abraços

      • Muito obrigada!!! Seu livro já esta comigo, comprado!!! Adorei.

        • Oi Francine,

          Você merece, desfrute do livro!

          Abraços

  22. Boa tarde, Sr Raul! Sou Adriana de Brasília. Minha cerca viva está com mosca branca. O que posso fazer?

    • Boa tarde Adriana,

      Para combater a mosca branca que infestou sua cerca, faça três pulverizações, semanais, com 50 ml de creolina diluída em 100 litros de água.

      Também, para reforçar o controle desse inseto, use a armadilha adesiva X-315, da 3M.

      Abraços

  23. Bom dia Raul. Desejo lhe pedir uma orientação de possível. Estou trabalhando num projeto muito interessante para uma escola, que decidiu criar numa área de suas instalações, um pequeno pedaço da Mata Atlântica. Achei bastante desafiadora a idéia. As árvores plantadas vão demorar para para formarem copa suficiente para este propósito e o cliente tem consciência disso. Mas independente dos empecilhos, pensei porque não tentarmos incluir Xaxins (Dicksonia sellowiana) nesse espaço. Principalmente porque trata-se de uma espécie tão ameaçada. Um local feito esse (uma escola) não poderia ser mais propício para uma espécie em extinção. Minha pergunta é: Onde consigo informações sobre como cuidar de mudas a partir dos brotos da base dos xaxins, ou mesmo tentar mudas a partir dos esporos (a família dos proprietários possuem xaxins numa outra propriedade deles) e pensei nessa possibilidade.
    Pode me ajudar?

    • Bom dia Valeria,

      Acho muito válida a ideia de usar Dicksonia sellowiana em uma escola. Para lograr uma boa germinação dos esporos, isto pode ser realizado em cima de esfagno, em bandejas dentro de sacos plásticos transparentes fechados, em um local com sombreamento.

      Para saber mais clique em este link, no mesmo Jardim Cor:
      http://www.jardimcor.com/catalogo-de-especies/dicksonia-sellowiana/

      Abraços

      • Muito obrigada pelo retorno Raul. Vou fazer exatamente como descreve. Com fá e cuidado dará em sucesso!! Obrigada mais uma vez

        • #quis dizer: com fé.

        • Você merece, Valeria!

          Abraços

  24. Boa Noite Querido Raul,

    Existe alguma restrição no uso da Palmeira Areca Dypsis lutescens
    próximo de piscinas?
    Ou quais palmeiras de baixo porte podemos usar ao lado das piscinas aqui na região de Curitiba-PR.

    Agradeço desde já,
    Francine.

    • Boa tarde querida Francine,

      A Dypsis lutescens possui raízes bastante expansivas, prefira:

      Phoenix roebelenii – tamareira-de-jardim;
      Trachycarpus fortunei – palmeira-moinho-de-vento-da-china;
      Washingtonia filifera – washingtônia-de-saia.

      Abraços

  25. Tá amarelando todas as folhas de um galho inclusive os frutos estão doentes e amarelados tbm

    • Sou de Porto Alegre RS

  26. Boa tarde seu Raul tenho um pé de tangerina já adulto

    • Tem um galho que tá amarelando as folhas e frutos que devo fazer

Secured By miniOrange