Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Pergunte ao Raul – 2019

ATENÇÃO LEITORES

Informe na sua pergunta a sua região(Cidade e Estado). Pois estes dados são fundamentais para a elaboração precisa de sua resposta.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.

535 Comments

  1. Olá Raul , tudo bom?

    Posso cortar as raizes aéreas da especia Pandanus?ela fica com o aspectos feio com elas.

    Essa época do ano é melhor jogar uréia ou um 20-10-10 no gramado?

    • Olá Marcello,

      Não deve cortar essas raízes, mas apenas as folhas secas.

      Para o gramado prefira o fertilizante Maxgreen SR2 e siga as indicações do fabricante.

      Abraços

  2. Olá Raul,
    Obrigada pela atenção.
    Tenho uma área grande de quintal e gosto muito de flores. Gostaria de sugestão de alguma que seja perene e que aceite muito sol.
    Novamente obrigada e parabéns pelo trabalho, muito informativo e bom de ver

    • Olá Eliana,

      Seguem algumas com essas características:

      Catharanthus roseus – vinca-de-madagascar;
      Evolvulus glomeratus – azulzinha;
      Neomarica candida – íris-da-praia;
      Bulbine frutescens – bulbine;
      Pentas lanceolata – estrela-do-egito;
      Turnera ulmifolia – flor-do-guarujá (FOTO);
      Portulaca grandiflora – onze-horas.

      Abraços

  3. Hugo Pereira Barretto Junior
    SR Raul,muito prazer em conhece-lo. Sou morador do rio de janeiro e me apaixonei pelo jacaranda de minas.Estou encomendando a uma loja local ,as maiores mudas q conseguir obter.Moro na região oceânica de Niteroi ao lado do lagoa de Piratinga,
    do outro lado da lagoa fica a praia.Vou plantar 4 mudas na calçada.Por favor o que devo fazer para garantir q elas sobrevivam e fiquem bonitas?Não me diga para plantar outra arvore,foi amor a primeira vista!!!Agradeço qualquer informação q o senhor puder dar obrigado.Meu endereço e av raul de oliveira rodrigues n 1691 piratininga niteroi tel 021 2619 2245 ou 2619 1593

    • Hugo,

      Sua pergunta já foi respondida em outra seção.

      Abraços

  4. Raul Cânovas, pode me indicar uma árvore para ser plantada no estacionamento de um colégio? Vou precisar de umas 20 mudas para um espaço relativamente pequeno. E que não sejam muito difíceis de serem encontradas em um bom tamanho. O estacionamento da escola precisa de sombra urgente! E não consigo decidir a melhor espécie. Inclusive já li seu texto sobre as melhores árvores para estacionamento, mas não consigo escolher… É pedir muito que me ajude?😅

    • Oi Carolina,

      Imagina…não é pedir muito!

      Seguem algumas:

      – Ocotea odorifera – canela-sassafrás;
      – Holocalyx balansae – alecrim-de-campinas;
      – Senna spectabilis – canafístula (FOTO);
      – Machaerium aculeatum – jacarandá-bico-de-pato.

      Abraços

      • Muito obrigada Raul!!! 💚🌵🍀🌱🍃

        • Você merece Carolina!

        • Oi Carolina, você merece!

  5. Olá, qual o tempo para uma planta de adaptar após o plantio?

    • Se* adaptar

    • olá Luise,

      Isto depende da espécie. uma planta sazonal se adapta imediatamente, já uma árvore clímax demora um pouco em se adaptar.

      Abraços

  6. A Ruellia brittoniana ela produz nectar ou polen?

    • Sim Isadora,

      O néctar atrai borboletas.

      Abraços

  7. Bom dia, sou do Estado de Mato Grosso e gostaria de tirar uma dúvida. As folhas das minhas Rosas do deserto estão nascendo grudadas e outras com o tom das folhas avermelhadas. O que poderia ser? E o que usar?

    • Bom dia Francielle,

      Isto pode indicar a presença de cochonilhas, conhecidas como pulgão branco ou pulgão verde, atacam hastes e folhas sugando
      a seiva. Causam atrofiamento e podem transmitir viroses. Polvilhe no solo carvão vegetal bem picadinho, junto com pitadas de cinzas de lenha livres de sal e/ou gordura e pulverize três vezes, semanalmente, com o inseticida Forth Mata Cochonilha.

      Abraços

  8. Oi Raul, desde que more ou tenha escritório no Rio de Janeiro, gostaria de encontrá-lo e iiria a seu encontro e conversaríamos sobre questões botânicas, jardins e afins (sou leigo). Pagaria por cada encontro o tempo (60 min) que despendesse comigo (se puder é claro) acho que não dá para chamar isso de consultoria…
    Meus dados estão no site onde comprei livros seu.
    Marcio Pessoa

    • Oi Marcio,

      Eu moro em São Paulo e estive no Rio no final da última semana…pena que não tivemos a oportunidade de encontrarmos.

      Na minha próxima ida ao Rio marcamos um encontro!

      Abraços

  9. Olá Raul! Gostaria de uma ajuda, se possível. Moro em Belo Horizonte, num apto no sexto andar, que tem uma varanda longa ( 5, 30m) porém estreita (1,15m), voltada para o poente. Ou seja, pega o sol da tarde em cheio. Até meu vaso de rosa de pedra murchou. Gostaria de dispor 4 vasos ao longo do comprimento com a finalidade de criar sombra e refrescar o ambiente. Mas para isso as plantas teriam que ser mais altas, porém sem muito volume, de preferência que não precisassem de muita água, resistentes a ventos e que não perdessem muitas folhas sempre, por causa das varandas dos vizinhos abaixo. Havia pensado em cactos, mas a pouca profundidade os torna perigosos, por causa dos espinhos. Vc poderia me sugerir uma ou mais espécies? Agradeço muito sua atenção.

    • Olá Karla,

      Para essa situação recomendo:

      – Nerium oleander – espirradeira;
      – Clusia fluminensis – clúsia;
      – Pleomele reflexa – pleomele;
      – Hibiscus syriacus – hibisco-da-siria;
      – Punica granatum – romã;
      – Ixora coccinea – ixora;
      – Clerodendron ugandense – clerodendro-africano (FOTO);
      – Lea coccinea – léia.

      Abraços

      • Muito obrigada, Raul. Abraços.

        • Você merece Karla!

          Abraços

  10. Olá Raul, como vai?
    Admiro muito seu trabalho!
    Vc pode me ajudar com uma dúvida?
    Quero fazer uma cobertura em um gramado que está com pequenos espaços entre as placas de grama e também um pouco desnivelado.
    Sei que deve ser uma mistura de areia + matéria orgânica. Mas quanto por metro quadrado? Preciso desse informação pra ser mais pontual na compra dos insumos…
    O gramado tem 800 m²…
    Abraço e obrigado!

    • Olá Dhian,

      Essa cobertura pode ter de 1 a 2 centímetros de espessura e deve ser feita usando 80% de areia média e 20% de Forth Condicionador Gramados.

      Por tanto as quantidades para 800 m² variam entre 6 e 12 m³ para a areia e 2 a 4 m³ para o Forth Condicionador Gramados.

      Esta cobertura pode ser repetida depois de 30 dias, usando a mesma fórmula e espessura.

      Abraços

  11. Boa tarde, Raul.
    Sou Denise, de Niterói, já venho participando de seu blog há um tempo e todas as minhas dúvidas têm sido respondidas por você, muito obrigada. Tenho uma gardênia (jasmim do cabo) plantada no jardim. Há uns meses, ela vem apresentando folhas bem amareladas, surgiram pulgões e cochonilhas que venho tentando combater com calda de sabão e de fumo. O que está me intrigando são as folhas amarelas. Será que são fungos?

    • Já adubei recentemente com esterco bovino e farinha de ossos. Ela está cheia de botões, um deles abriu hoje, é uma flor linda. Enfim. Estou tentando enviar a foto.

      • Olá Denise,

        As folhas amarelas podem indicar uma deficiência de nitrogênio e/ou de cobre, mas o esterco fornece estes elementos a longo prazo. com o tempo sua gardênia irá melhorar.

        A calda de são é o tratamento adequado para pulgões.

        Abraços

  12. Eu não sabia que daria tão certo junquilhos, planta arame e margaridas!Aqui em Lapa Paraná.

  13. Olá tudo bom?
    Então, estou com um sério problema com formigas no Jardim, mas não quero usar nada de químico, tem uma sugestão das plantas que espantam essas danadas grata,
    Ana Lúcia, Lapa Paraná.

    • Oi Ana Lúcia,

      Barreiras feitas com carvão, cinzas, cascas de ovos ou farinha de ossos ajudam no controle delas. O Rotenat fog (extrato de timbó), também é eficiente. O alho, a arruda, a artemísia, a hortelã, o poejo, a batata-doce, o gergelim e a catinga-de-mulata (Tanacetum gare), são repelentes naturais, quando plantados nos canteiros.

      Abraços

  14. Amigo Raul
    Poderia me indicar um pulverizador costal 5 litros
    Moro em Indaiatuba SP (PRÓXIMO DE CAMPINAS SP

    Abraços

    • Bom dia José,

      O da Forth (Tecnutri) é talvez o mais completo, mas o Guarany também é bom e tradicional.

      Abraços

  15. Boa tarde, sr. Raul! Sou de Rolandia, norte do Paraná, próximo à Londrina! Gostaria de saber como fazer os ipês amarelos da rua…. a florada foi muito fraca!
    Outra coisa…… como posso tratar essa doença que apareceu nadinha alamanda roxa…….
    Obrigada!

    • Boa tarde Denise,

      O clima em Rolândia é Subtropical Úmido sem estação seca definida e este inverno não teve períodos frios muito marcantes. Talvez por esse motivo a florada dos ipês não foi abundante. Mas tente uma adubação, para cada árvore, com 1 kg de farinha de ossos e seis kg de cinzas de lenha livres de sal e/ou gordura, em seguida revolva superficialmente para que estes elementos penetrem melhor e regue suavemente.

      A foto mostra fumagina, um fungo em forma de uma camada escura e gordurosa, similar à fuligem, causada por fungos que surgem nos excrementos de cochonilhas e pulgões. Lave as folhas com uma calda de sabão de coco e posteriormente pulverize com óleo mineral a 1%.

      Abraços

  16. Boa noite! É verdadeiro, que há plantas purificadoras do ar? se sim, poderia citar algumas? Obrigada desde já.
    De Garopaba SC.

    • Bom dia Maria de Fátima,

      São muitas as que absorvem poluentes, seguem algumas:

      Nerium oleander – espirradeira;
      Codiaeum variegatum – croton;
      Senna alata – maria-preta;
      Calliandra tweedii – esponjinha-vermelha;
      Jasminum mesnyi – jasmim-amarelo;
      Plumbago auriculata – plumbago;
      Mussaenda erythrophylla – mussaenda-vermelha.

      Abraços

  17. Olá Raul, sou Ana de Bertioga, SP. Temos em casa um muro de 8m face sul e gostaria de fazer uma cobertura com plantas. Me encantei com o maracujá poranga. Será que iria bem? Poderia mesclar com outra trepadeira? Muito obrigada.

    • Olá Ana,

      O clima de Bertioga é subtropical úmido, com verões quentes e invernos não muito frios, com a ausência de meses secos, portanto ideal para o maracujá poranga. Mas não aconselho que o misture com outra trepadeira, ele irá preencher esse espaço e não admite outra planta junto.

      Abraços

  18. Olá Raul, sou de Brasília/DF e tive a oportunidade de participar de uma palestra no Senado, com sua presença que é de uma energia muito contagiante. Eu me formei no final de 2018 como Arquiteta e Urbanista. Esta não é uma pergunta especifica sobre plantas, mas sobre como posso entrar nesse ramo, tenho interesse em paisagismo e gostaria de saber qual o “Norte” que eu posso tomar para que isso se realize? Qual seria a melhor forma de começar? Cursos, palestras, uma pós Graduação? Obrigada!

    • Olá Thays,

      A melhor maneira de se iniciar é entrando em um escritório de paisagismo, onde poderá conhecer os meandros da profissão. Paralelamente visite produtores de plantas ornamentais, eles acrescentarão conhecimentos práticos que muito lhe ajudarão e, claro, também participe de cursos e palestras sobre o tema.

      Uma pós graduação também pode colaborar com suas pretensões.

      Abraços

  19. Olá.
    Sou de Fortaleza-Ce.
    Estou começa agora com plantas… Não conheço MT coisa.
    Tenho uma aphelandra. Ela estava linda, eu resolvi trocá-la de vaso. Tinha visto em um canal no YouTube que podia cortar o excesso de raiz antes de transplantar.
    Assim eu fiz. E no dia seguinte minha aphelandra estava toda murcha. Mudei ela de lugar, fiz uma rwga de emergência e ela ficou linda de novo. Porém, no outro dia ela murchou de novo. E agora está toda caída no vaso. Como eu salvo minha filha?

    • Boa tarde Dafani,

      A aphelandra deve ser cultivada na meia sombra ou com luz indireta, em um substrato bem drenado, enriquecido com matéria orgânica, também é necessária uma rega todos os dias. Ela não tolera ventos.

      Vamos torcer para que ela recupere!

      Abraços

  20. Boa tarde Raul, estava vendo seu blog, porém fiquei na duvida de qual trepadeira seria a melhor escolha pra minha região (região metropolitana de Curitiba-PR).

    Vou colocar em um pergolado, porém nossa região no inverno temos as geadas.

    Gostaria de saber se tem alguma trepadeira que mesmo no inverno não ficasse sem as folhas, mantendo a sombra.

    Qual seria sua indicação?

    Muito obrigado

    • Boa tarde Carlos,

      Algumas trepadeiras desenvolvem bem em Curitiba, a pesar das geadas. Segue uma relação:

      – Jasminum azoricum – jasmim-dos açores;
      – Jasminum grandiflorum – Jasmim-italiano;
      – Jazminum polyanthum – jasmim-dos-poetas;
      – Campsis grandiflora – trombeta-chinesa (FOTO);
      – Macfadyena unguis-cati – unha-de-gato;
      – Podranea ricasoliana – sete-léguas;
      – Tecomaria capensis – tecomária;
      – Lonicera japonica – madressilva;
      – Senecio mikanioides – hera-alemã;
      – Ipomoea purpurea – campainha.

      Abraços

  21. olá Raul, vc acredita que eu consiga salvar essa palmeira? Eles tentaram mudar ela de lugar , sem desmame, diga-se de passagem, e ela ainda sofreu uma queda.

    • OI RAUL, A FOTO DA PALMEIRA NÃO FOI. QUERO AJUDAR, POR ISSO LHE ESCREVO. ELES TENTARAM MUDAR ELA DE LUGAR SEM DESMAME, E AINDA POR CIMA O CABO DE AÇO QUE A ESTAVA PRENDENDO SE ROMPEU E ELA CAIU. ELES PLANTARAM DE NOVO DE QUALQUER JEITO. VC ACREDITA QUE ELA POSSA SOBREVIVER?

      • Oi Monica,

        Acho difícil que ela sobreviva, em todo caso corte todas as folhas e regue de modo a não encharcar o solo.

        Abraços