Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Pergunte ao Raul – 2019

ATENÇÃO LEITORES

Informe na sua pergunta a sua região(Cidade e Estado). Pois estes dados são fundamentais para a elaboração precisa de sua resposta.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.

143 Comments

  1. Bom dia! Senhor Raul, eu gostaria de saber sobre a diferença da cor do caule da Pereskia aculeata? Pq tem tom escuro e claro? E tem como saber a cor da flor, antes de florir, ( pálida: toda amarelinha ou com o miolinho laranja) muito obrigada!

    • Bom dia Simoni,

      Realmente são muito parecidas, entretanto não saberia diferencia-las quando não estão com flor.

      Abraços

  2. Bom dia Raul!
    Gostaria de “montar um bosque” com arvores nativas no fundo da minha casa. Dar um toque mais natural.
    Nao e uma area muito grande mas de acordo com o pessoal aqui da cidade suficiente para esta idea. Sou de Araraquara. Em funcao das restricoes do local (vizinhos, altura, folhagem, etc) quais seriam as especies de arvores que voce recomendaria? Tambem gosto muito do Eucalipto e li que existem especies para paisagismo, limitando a altura depois de adulto. Muito obrigado e forte abraco.

    • Bom dia Roberto,

      Para o clima de Araraquara, que é tropical de altitude com invernos secos, recomendo:

      Lafoensia glyptocarpa – mirindiba-rosa;
      Vochysia tucanorum – pau-de-tucano;
      Pterocarpus violaceus – aldrago (FOTO);
      Holocalyx balansae – alecrim-de-campinas;
      Cordia glabrata – louro-branco;
      Machaerium aculeatum – jacarandá-bico-de-pato;
      Senna macranthera – manduirana;
      Vitex polygama – tarumã.

      Abraços

  3. Olá Raul!

    Sou Marlova, tive o prazer de estar com você em Igarassu, no Seminário da Atmosphera, Lembras de mim? Você me estimulou a aliar meus conhecimentos como socióloga ao paisagismo…
    Pode ser que não lembres, pois conheces muitas pessoas…
    Estou estudando a Moringa oleífera, buscando estimular seu uso no paisagismo.
    Você teria alguma indicação de material que pudesse me auxiliar no trabalho?
    Fico grata
    Grande abraço!
    Marlova Dornelles

    • Claro que lembro de você, Marlova!

      Há um livro, do Dr. Howard W. Fisher, que se chama Moringa Oleifera: mágica, mito ou milagre, da editora Futurama. Acho que pode te ser útil.

      Abraços

  4. Bom dia, tenho um pe jamim plantado em jarro até dois meses atrás ela deu flores.
    Depois disso as folhas estão caindo e o tronco é como estivesse cascudo. O que fazer. Obg
    Moro em Olinda Pernambuco

    • Boa tarde Carlos,

      Esse sintoma pode indicar alguma doença fúngica. Infelizmente não consigo diagnosticar qual, apenas com essa descrição.

      Mas você pode pulverizar o jasmim três vezes, semanalmente, com Cupro Dimy, ele é muito eficaz na maioria das doenças fúngicas.

      Abraços

  5. Boa noite Raul! Minha trepadeira amor agarradinho está muito minguada, com folhas pequenas e que morrem (secam) muito rápido. Usei ontem adubo NPK 10/10/10 mas não estou convencida de que seria está a solução. Aguardo!

    • Boa tarde Roseli,

      Talvez esse sintoma seja porque ela deu uma florada superabundante nos últimos meses do verão.

      Acho interessante, além do NPK 10-10-10 que você usou, aplicar no solo onde ela cresce, 6 kg de cinzas de lenha livres de sal e/ou gordura e, em seguida, afofar levemente e regar.

      Abraços

  6. Boa noite, gostaria de saber como posso combater a ferrugem do Jasmim Manga.

    • Boa tarde Maristela,

      Essa ferrugem de coloração alaranjada é ocasionada pelo fungo Coleosporium plumeriae. A umidade alta estimula sua propagação.

      Faça assim;

      – Evite molhar a folhagem;
      – Retire as folhas afetadas;
      – Pulverize a planta 3 vezes, a cada 30 dias, com 10 ml de Forth Cobre por litro de água;
      – Polvilhe sob a copa do jasmim-manga o equivalente a 20 litros de cinzas de lenha livres de sal e/ou gordura. Em seguida afofe o solo e regue levemente para que penetrem melhor.

      Abraços

  7. Olá! Adoraria receber uma reposta referente a minha planta. Plantamos uma glicinia já com 1 metro. Estamos em Monte Verde, MG. O local é pleno sol. A terra é tratada. Nos primeiros 4 meses, ela ficou majestosa. Verdinha, linda! Mas agora, depois de 5 meses, ele perdeu muitas folhas, secou muitos galhos e amarelou. A água é frequente aqui. Não sei o que pode ser. Talvez muito sol……
    Vc poderia me ajudar?

    • Olá Juliana,

      A glicina perde folhas agora em abril, especialmente em Monte Verde onde as temperaturas são baixas. Essa espécie é de pleno sol, portanto este não é um fator influente para ocasionar esses sintomas.

      Você diz que a terra é tratada, mas com que? Será que não exagerou com a dosagem de fertilizantes?

      Abraços

  8. Moro em Belo Horizonte

  9. Faltou a foto, que agora segue.

  10. Prezado! Tenho na frente da minha casa três palmeiras imperiais. Elas contam cerca de vinte anos de idade e medem mais ou menos 17 metros de altura. Parecem bem, exceto por alguma lesão visível na parte inferior, talvez porque plantadas num passeio formado de gramado e pedras. Você acha que são geralmente seguras essas palmeiras imperiais? Obrigado

    • Olá Eugenia,

      Sim, elas, pelo que você ilustra, estão firmes e fortes. Essa lesão pode ser minimizada untando a ferida com parafina, pasta selante Biofert Fix ou Calpik.

      Abraços

  11. Bom dia Raul. To com uma duvida um tanto inusitada e queria saber se vc tem algum link ou experiemcia p passar. Como vc sabe sou apaixonada por felinos e “alguem” num grupo fechado muito sem nocao disse que o gato come o cogumelo da m. da vaca . fica drogado e ta tudo bem.Que morando no sitio e assim ..E achando graça. Mais outra lesada apoiou. O fato e: voce tem alguma material tecnico imformando que isso pode ser muito perigoso aos animais TB?

    Nao estou tendo gde sorte com o google hoje.

    • Boa tarde Jupira,

      O cogumelo que surge nas fezes das vacas é o Psilocybe cubensis. Ele é alucinógeno e também tóxico, com efeitos neurotóxicos, alucinógenos e gastrintestinais.

      Abraços

  12. Raul, bom dia.
    Moro em são Sebastião, SP.
    Mais uma vez preciso da sua ajuda.
    Esta grama da foto, a japonesa, está alta e em algumas partes baixa.
    Quando roçamos acontece isto, como está na foto, fica aparecendo a parte seca.
    Como devo proceder e quando e como adubar.
    Grata.
    Cris

    • Boa tarde Cristina,

      Você deve aparar essa grama com mais frequência, para evitar a formação desses tufos.

      Sugiro também uma cobertura de 2 centímetros com areia lavada média, a mesma usada na construção. Isto dará uniformidade e verdor a seu gramado.

      Abraços

  13. Olá,
    Minha Iris da praia parece estar morrendo, as folhas estão secando, a pouco tempo até deu uma última flor, ela chegou aqui linda grande e com umas 3 flores aí coloquei em minha varanda que pega sol a manhã inteira até 13:00 mais ou menos, ai percebi que ela começou a amarelar, ai coloquei ela em baixo de um abacateiro só que a semana foi de muita chuva então acho que piorou, ai a coloquei em baixo da minha garagem e a molho de 3 ou 4 dias e só piora não sei mais o que faço, a aparência dela está cada vez pior, preciso saber o que eu faço, como cuidar como regar de quanto em quanto dia se ela fica no sol ou sombra por já fiz de tudo! Por favor me ajude, por que as pessoas falam meio solicitar água periódica… Pra min é muito vago já que já tentei de tudo!!!!

    • Olá Silvânia,

      A Íris-da-praia (Neomarica candida) cresce a pleno sol e é muito rústica, florescendo em profusão na primavera e no verão. Deve evitar enterrar demais os rizomas, já que desse modo tendem a adoecer e produzir menos flores. Mantenha o solo levemente úmido.

      Depois de florescer, as hastes pendem e podem alcançar o solo, enraizando e formando novas mudas. Isto lhe valeu o nome de Íris-caminhante, também.

      Abraços

  14. Olá!! Boa noite! Sou de Bragança Paulista/SP e plantei Ravenalas entre o muro da minha casa e a piscina, um espaço meio estreito.. Elas estão lindas! Mas muitas pessoas vieram ne dizer q a raiz da Ravenala pode acabar invadindo minha piscina! Será que devo tirar as ravenalas do meu jardim?
    Segue foto

    • Não Luiza, essa espécie não possui raízes extensas nem muito menos agressivas.

      Estão lindas e podem crescer onde estão.

      Abraços

  15. Moro no Rio de Janeiro.
    Tenho uma arvoreta no meu quintal.
    Mas não sei cuidar, nem fazer podas harmoniosas.
    Gostaria de sugestões.
    Obrigada

    • Carla,

      Essa Cassia não precisa de podas e dispensa cuidados por se tratar de uma espécie nativa. Apenas corte os ramos mal formados, encavalados ou doentes.

      Abraços

  16. Boa noite Raul, comprei 12 cicas com cerca de uns 50c de altura cada, já enraizadas no vaso. Precisei cortar as folhas para o transporte. Chegando em casa e vi que a maioria delas está com o miolo (gema apical) onde surgem as folhas bem fechado. Estou com medo de que elas já tenham soltado as folhas anuais, se isso ocorreu vou perder as plantas? Tem alguma coisa que eu possa fazer para estimular essa brotação, ou não tem mais solução?
    Mandei uma foto com a gema mais aberta, de e as outras que estão mais fechadas.

    • Boa tarde Guilherme,

      Você pode fazer uma adubação rica em nitrogênio, o esterco de gado bem curtido é uma fertilização bem assimilada pelas Cycas. Também 2 colheres de sopa de farina de sangue para 4 litros de água serviriam para regar cada uma dessas mudas.

      Isto irá estimular a brotação delas.

      Abraços

  17. Boa noite! Meu nome é Martha Negrucci e sou de Araras- SP. Antes de mais nada, agradeço por todas as consultas anteriores, as quais suas respostas foram de grande ajuda.. Mais uma vez preciso de seus conhecimentos para combater uns insetos que já acabaram com uma linda dipladênia e está acabando com mais tres delas. Já pulverizei com óleo de neen, óleo vegetal Dimy e inseticida Dimy. Nenhum deles surte efeito ao combater estes insetos. Tenho feito pulverizações há 3 semanas, alternando estes produtos. São muitos insetos de vários tamanhos. O que é e o que fazer para combate- los?

    • Boa tarde Martha,

      Inúmeras são as espécies de besouros que atacam as plantas ornamentais, destacando-se as coleóbrocas e as vaquinhas. Com hábitos noturnos, perfuram folhas e furam frutos.
      Não se deve deixar galhos caídos que foram serrados por esses
      insetos, já que podem conter ovos do besouro. É prudente queimá-los.

      As pulverizações com extrato pirolenhoso e o uso da armadilha adesiva X-315, da 3M dão bons resultados para o combate dessa praga.

      Abraços

  18. Olá professor Raul!! Como vai!!!

    Minha Alamanda querida, tão imune a pragas está com percevejos verde, cinza e preto com pintas brancas. Estou catando eles manualmente mas não estou vendo melhora, eles são tão agressivos que os galhos secam rapidamente e caem.
    Desde já agradecida pela ajuda!!
    Abraços!
    Porto Alegre/RS

    • Olá Ingrid,

      Faça três pulverizações, semanais, com Dimy Neem. Isto irá resolver esse ataque.

      Se persistir aplique o Engeo Pleno S, da Syngenta, ele é muito eficaz neste caso.

      Abraços

  19. Olá Raul
    Gostaria de sugestões de árvores pra plantar na calçada,estou construindo e gosto de plantar árvores.
    Talvez alguma que floresça ou deem frutos, bem exótica.

    • Olá Eunice,

      Por favor me informe qual é sua cidade. Só assim poderei responder sua questão.

      Abraços

  20. Bom dia!
    Raul, tenho algumas palmeiras Rabo de Raposa. Que estão soltando folhas atrofiadas, e quebrando o olho. Já tentei tratamento com inseticida, acreditando ser algum tipo de broca, porém não vemos os insetos. Estou preocupado de perder as palmeiras.

    • Boa tarde Junior,

      Recomendo falar com Francisco Zorzenon, ele é diretor técnico do Instituto Biológico de São Paulo e um dos maiores especialistas em doenças e pragas de palmeiras. Segue o link: zorzenon@biologico.sp.gov.br

      Abraços

  21. Arvore de trincoltorcido com pequenas folhas cerca de oito metris de altura
    Tronco. Vorrigindo
    Obrigads seu Raul
    De Joinville SC

    • Olá Brigitte,

      Essa árvore parece ser do gênero Eucalyptus. O gênero inclui mais de 700 espécies, por esse motivo não consigo precisar com exatidão qual é. Quase todas originárias da Austrália, existindo apenas um pequeno número de espécies próprias dos territórios vizinhos da Nova Guiné e Indonésia, e mais uma espécie (a mais setentrional) no sul das Filipinas.

      Abraços

  22. Arvore de trinco torcido com pequenas folhas cerca de oito metris de altura

  23. Gostaria de saber sua opinião sobre o produto Kumulus (Enxofre), se seria correto o uso mensal para plantas ornamentais, frutiferas, gramas esmneralda, são carlos, amendoin e preta.
    Mais uma vez muito obrigado. abraço
    zeluiz

    • Olá Zeluiz,

      Não deve ser usado permanentemente. Para o controle de ácaros, por exemplo, use-o somente quando observada a presença dos mesmos. No caso do oídio ou da podridão-parda, no início do ataque.

      Durante o manuseio e aplicação do Kumulus use macacão com mangas compridas, capa ou avental impermeável, luvas impermeáveis, chapéu impermeável de aba larga, botas, óculos protetores e máscara protetora especial provida de filtros contra vapores orgânicos e não coma, beba ou fume durante o manuseio do produto.

      Abraços

  24. Meu chifre de veado está com ficando com as bordas das folhas escuras ,E as folhas verdes murcha , Oque fazer prá salvar ele Está plantado no vaso de coco,Mi ajude pôr favor , Obrigada!

    • Ivone,

      Seu chifre-de-veado está contaminado por fungos e é difícil saber qual é a doença fúngica que o está atacando.

      Tente misturar 3 partes de água com 1 parte de Leite de Magnésia Philips e pulverize três vezes, semanalmente, com essa solução.

      Abraços

  25. Boa tarde.. Raul… eu gostaria de saber como se pegam as sementes??? 😊 tem várias por aqui.
    Mas não sei como pegar

  26. A minha planta chifre de veado apareceu com uma das folhas queimada no meio O que fazer??

    • Priscilla,

      Deixe o chifre-de-veado secar entre as regas. Uma causa comum é a podridão, que pode surgir com esse sintoma. Os sinais incluem pontos pretos nas folhas e podem se espalhar rapidamente e matar a planta. Este é um fungo chamado de rizoctônia. Pulverize com Trichodermil, da Koppert, seguindo as instruções da embalagem.

      Abraços

  27. Boa tarde Raul!
    Obrigada por todas sua ajuda nos últimos tempos!
    Gostaria de uma dica sua como paisagista.
    Consegui junto à Prefeitura da minha cidade um projeto de arborização para algumas ruas próximas a minha residência.
    A cidade é Rio Grande no RS, no bairro Cassino que é balneário.
    Ocorre que a região a ser arborizada é com solo pobre, arenoso, com muito, mas muito vento, maresia, e ruas sem calçamento, apenas com saibro que gera muita poeira e muito quente no verão pois não tem árvores e reflete a luz do sol.
    Então meu pedido de ajuda é o seguinte, no anexo, mando foto do projeto que possui algumas sugestões da Administração de espécies. Algumas para a zona de ruas, canteiro central e calçadas, outras para uma praça à direita, de onde vem o vento forte pois não há mais urbanização por km, só campo.
    Gostaria de outras sugestões de espécies que compusessem um paisagismo mais bonito, harmônico, e verde e que fossem resitentes e de crescimento rápido. A zona é uma zona com construções de bom a alto padrão, mas não arborizada. Já que consegui esse projeto gostaria de que ficasse tudo lindo mesmo.
    Se não for pedir demais. :)

    • Boa Tarde Patrícia,

      A seguir lhe envio uma relação de árvores que desenvolvem bem na sua cidade, especialmente na região costeira.

      – Algodão-do-brejo – Hibiscus tiliaceus;
      – Aroeira-pimenteira – Schinus terebinthifolius;
      – Carobão – Jacaranda macrantha;
      – Dedaleiro – Lafoensia pacari, FOTO;
      – Ipê-amarelo-do-brejo – Tabebuia umbellata;
      – Ipê-roxo – Tabebuia heptaphylla.

      Abraços

      • Muito obrigada!
        ABRAÇO

      • Infelizmente pela característica dessas arvores elas não são aconselhadas para as características da região, tirando a aroeira, que se vê bastante por aqui, as outras são de solos úmidos e ricos.
        Como eu relatei, é para arborização urbana e o jacarandá mesmo é muito grande.
        Além disso o solo é extremamente pobre, arenoso e com salinidade. Além dos ventos serem insuportáveis pois a área é descampada,não existem arvores ainda. Arvores que precisam de muitos cuidados nos primeiros anos não vingariam, como o Dedaleiro.
        Vou seguir pesquisando, se tiver outras espécies que possam se adaptar aos pampas agradeço.
        Abraço

  28. Olá Sr Raul tenho um gramado de grama esmeralda percebi que ele está macio qual seria a recomendação.

    • Olá Valdir,

      Faça um corte deixando um terço das folas e, em seguida, uma cobertura de 1 centímetro de areia.

      Esta cobertura pode ser repetida várias vezes dependendo da região, isto é se não for uma área de clima temperado.

      Abraços

  29. Oi Raul!!! Socorro! Minha lichia apareceu com essa protuberância nas folhas! Me ajuda?

    • Segue a foto.

      • Oi Monica,

        Sua lichia está sendo atacada por ácaros. Recomendo uma poda de eliminação das folhas infestadas. Tire o ramo e queime-o. Depois disso faça três aplicações, semanais, de calda sulfocálcica.

        Essa solução é preparada usando 2 litros de água para 40 ml de calda sulfocálcica, que pode ser comprada pronta em lojas especializadas.

        Abraços

  30. Prof Raul gostaria de participar do evento paisagismo outonal em Faxinal do Céu. Moro em Ponta Grossa – Pr e possivel como ficará alogistica de deslocamento até faxinal e o custo.
    Obrigada Maria Aparecida O Hinsching maoh@uol.com.br fone 42 99988141

    • Boa tarde Maria Aparecida,

      O passeio para Faxinal do Céu foi um evento realizado há bastante tempo e não temos ele programado para os próximos meses.

      Abraços