Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Pergunte ao Raul – 2020

ATENÇÃO LEITORES

Informe na sua pergunta a sua região(Cidade e Estado). Pois estes dados são fundamentais para a elaboração precisa de sua resposta.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.

896 Comments

  1. Bom dia

    Tenho um pacová lindo, grande e bem verde. Outro dia ele ficou com uma folha amarela e as outras com uma pintinhas amarelas na parte inversa da folha. Pus meu pacová no carro e levei no garden onde comprei. lá ele ficou menos de meia hora no sol, enquanto eu conversava com o jardineiro. Pus de volta dentro do carro, ar condicionado ligado, e fui para casa. No mesmo dia à noite percebe uma mudança em uma das folhas: ela estava com a ponta descida e meio murcha. no outro dia, logo cedo fui dar uma olhada e 1/3 da folha estava murcho e amarronzado. Hoje, seis dias depois, ela está do jeito que aparece nas fotos que acabei de tirar.
    O que pode ter acontecido?
    As outras seguem vistosas e brilhante
    Posso cortar só a parte marrom?
    Posso deixar assim como está?
    Devo extrair a folha toda?
    Ta vendo como estou cheia de perguntas?
    No mais, muito obrigada

    • Boa tarde Sara,

      Aparentemente foi um fungo que afetou essa folha do pacová. O melhor que pode fazer é cortar a folha inteira e estar atenta para algum sintoma parecido na próxima semana.

      Abraços

      • obrigada, Raul
        Uma pena perder a folha, mas não ha jeito. ela não tem marcas nenhuma senão a cor amarronzada. Ficarei de olho nas olhas folhas.
        Abraços

        Sara

        • Você merece, Sara!

          Abraços

  2. Prezado Raul, eu tenho algumas dúvidas: Primeira dúvida – quais são as plantas que florescem flores que são adaptadas ao clima tropical úmido que são resistentes a maresia, a salinidade e aos ventos marítimos. Segunda dúvida – Como eu posso proteger a minha planta natural do ar-condicionado. Terceira dúvida – Plantas de interiores também atraem insetos que nem as plantas externas. Quarta dúvida – Se a resposta da terceira dúvida for sim, então, quais os nomes dos insetos que se sentem atraídos por plantas de interiores. (PS: Não deu pra colocar ponto de interrogação no final das perguntas, porque meu teclado tá sem ponto de interrogação.)

    • Olá Letícia,

      Você fez um longo questionamento. Vou tentar responder de forma sucinta.
      Para áreas litorâneas:

      Aptenia cordifolia – rosinha-de-sol;
      Allamanda blanchetti – alamanda-roxa;
      Allamanda cathartica – alamanda-amarela;
      Carissa macrocarpa – ameixa-de-natal;
      Catharanthus roseus – vinca-de-madagascar;
      Nerium oleander “Carneum Plenum”;
      Tabernaemontana laeta – jasmim-de-leite;
      Cryptostegia grandiflora – criptostégia;
      Saritae magnifica – saritéia;
      Aechmea nudicaulis – bromélia-aequimea;
      Neoregelia cruenta – bromélia-neoregélia;
      Hippeastrum stylosum – açucena;
      Ipomoea asaralifolia – salsa-brava;
      Aechmea aquilega – gravatá;
      Andira legalis – angelim-doce;
      Byrsonima sericea – murici-da-praia;
      Costus spiralis – cana-do-brejo;
      Manilkara triflora – maçaranduba-mirim;
      Cleome hassleriana – mussambê;
      Anacardium occidentale – cajueiro;
      Annona glabra – araticum-do-brejo;
      Eugenia brasiliensis – grumixama;
      Heliconia psittacorum – caetê-tocha-dourada;
      Jacaranda puberula – carobinha;
      Lobularia maritima – alisso;
      Clusia fluminensis – clúsia;
      Clusia fluminensis “Pedra azul” – clúsia-da-pedra-azul;
      Neomarica candida – íris-da-praia;
      Caesalpinia pulcherrima – flamoyãzinho;
      Senna australis – fedegoso-rasteiro;
      Bulbine frutescens – bulbine;
      Mesembryanthemum nodiflorum – folha-de-gelo;
      Clerodendron speciosissimum – clerodendro;
      Zamia furfuracea – zamia;
      Hibiscus rosa-sinensis – hibisco;
      Ixora coccinea – ixora;
      Aphelandra sinclairiana – afelandra-coral;
      Malvaviscus arboreus – malvavisco;
      Mussaenda frondosa – mussaenda-frondosa;
      Clerodendron speciosissimum;
      Turnera ulmifolia;
      Ixora coccinea;
      Tibouchina moricandiana;
      Malvaviscus arboreus;
      Neomarica candida;
      Ipomoea cairica;
      Catharanthus roseus;
      Cryptostegia grandiflora;
      Tabebuia cassinoides – caxeta;
      Inga marginata – ingá-feijão;
      Tabebuia umbellata – ipê-amarelo-do-brejo;
      Clusia criuva – manguerana;
      Erythrina speciosa – mulungu-do-litoral;
      Hibiscus tiliaceus – algodoeiro-da-praia;
      Jacaranda puberula – carobinha.
      Allamanda blanchetti – alamanda-roxa-arbustiva
      Clerodendron speciosissimum – clerodendro
      Hibiscus rosa-sinensis – hibisco
      Mussaenda alicia – mussaenda-rosa-arbustiva
      Quisqualis indica – jasmim-da-india
      Thunbergia erecta – tunbérgia-azul-arbustiva
      Aphelandra sinclairiana – afelandra-coral;
      Breynia nivosa – mil-cores
      Clerodendron quadriloculare – arvore-do-cotonete
      Clusia lanceolata – cebola-da-restinga
      Graptophyllum pictum – gaptofilo
      Tibouchina moricandiana – quaresmeira-arbustiva

      Segunda dúvida: Borrifando água mineral todas as manhãs.
      Terceira dúvida e Quarta dúvida: sim, e podem ser controlados com óleo de neem.

      Abraços

  3. Oi Raul
    Bom dia querido.
    As plantas que vc citou pra acabar com aeds egiptius. Eu quero saber novamente pra eu poder plantar nos jardins que faço. Estou procurando a matéria sobre o assunto é não estou encontrando . Aliás como faço pra rever as matérias passadas suas

  4. Prezado Raul,
    Gostaria de uma orientação sua, hoje observei uma planta “sapatinho de judia”, pensei em plantar em minga casa no litoral norte do Rio Grande do Sul, onde venta muito e tem muita maresia. Por outro comentário seu parece que ela não é resistente ao vento..
    Já plantei uma buganvíle que está desenvolvendo mas lentamente e pouca floração.
    Sou grata!!!

    • Bom dia Miriam,

      Exatamente, ela não tolera ventos fortes, mas desenvolve muito bem quando cultivada próxima do mar. Tente planta-la em um local onde não receba rajadas muito enérgicas.

      Abraços

  5. Bom dia Raul Cânovas, sabe me indicar alguma coisa um produto pra espantar moscas?
    Do lado da minha chácara tem criação de cavalos 🤦‍♀️

    • Bom dia Carla,

      Faça uma cerca composta de alecrim, manjericão, citronela e margaridas, isto pode manter as moscas longe de sua chácara.

      Abraços

  6. Prezado Raul!
    Tenho em um vaso sapatinho de judia a mais de ano, até agora não floresceu. Tens alguma ideia do por que não floresceu ainda? Está num vaso meio grande e bem adubado e apanha sol todo dia.
    Grande abraço…Romeu – Paraí/RS

    • Olá Romeu,

      Embora você faça uma adubação, pode ter uma deficiência nutricional, por exemplo: plantas que crescem em solos com excesso em nitrogênio florescem menos; tente usar 500 gramas de farinha de ossos, misturando-a bem na terra do vaso. Isto irá estimular a florada.

      Abraços

  7. Bom dia Raul
    Sou o Gustavo de Lages , SC.
    Fiz um curso contigo em Florianópolis.
    Estive visitando em Urubici o morro da Igreja , ponto mais frio do Brasil e encontrei uma planta linda que não sei dizer o que é. Você poderia identifica-la para mim por favor ?

    • Bom dia Gustavo,

      Recebemos as imagens pelo Messenger e acredito que seja uma Rhodomyrtus tomentosa, da família das mirtáceas.

      Abraços

  8. Prezado Raul,
    Gostaria de sugestões de espécies para composição de um jardim para abelhas nativas sem ferrão na região Alta Mogiana (Franca-SP e região). Pretendo mesclar forragens e arbustos, mas estou com dúvidas quanto a adaptação climática.
    Vou colocar aqui algumas que estou pensando em usar e se puder comentar sobre elas ou sugerir outras ficarei muito agradecido.
    Espécies pesquisadas:
    Cabelo-de-anjo
    Brinco de princesa
    Cambará
    Gervão
    Azaleia
    Abelia
    Manaca
    Flor do natal
    Jasmim amarelo
    Hortencia
    Sininho
    Flor de mel
    Flor de cardeal
    Salvia
    Ixora

    Att.

    • Bom dia Vinicius,

      Para atrair abelhas sem ferrão prefira cultivar estas:

      Ageratum houstonianum – agerato
      Antigonon leptopus – amor-agarradinho
      Brassica oleracea – brócolis
      Bulbine frutescens – cebolinha-de-jardim
      Caesalpinia ferrea – pau-ferro
      Calendula officinales – calêndula
      Calliandra brevipes – esponjinha-rosa
      Cichorium intybus – almeirão-raditi
      Cleome hassleriana – mussambê
      Cosmos bipinnatus – cosmos
      Croton floribundus – capixingui
      Cuphea gracilis – érica-branca
      Dahlia- dália
      Digitalis purpurea – dedaleira
      Dombeya wallichii – astrapéia (FOTO)
      Eriobotrya japonica – nêspera
      Erythrina verna – mulungú
      Eugenia uniflora – pitanga
      Euphorbia leucocephala – cabeça-de-velho
      Handroanthus impetiginosus – ipê-roxo
      Jacaranda mimosifolia – jacarandá-mimoso
      Jacquemontia montana – céu-azul
      Lagerstroemia indica – resedá
      Lantana camara – cambará
      Lonicera periclymenum – madresilva
      Matricaria chamomilla – camomila
      Muntingia calabura – calabura
      Murraya paniculata – murta-de-cheiro
      Myrciaria glazioviana – cabeludinha
      Ocimum gratissimum – alfavaca
      Pereskia aculeata – ora-pro-norbis
      Phyllanthus niruri – quebra-pedra
      Plantago major – tanchagem
      Plinia cauliflora – jabuticaba
      Portulaca oleracea – beldroega
      Prunus persica – pessegueiro
      Pyrostegia venusta – cipó-são-joão
      Salvia guaranitica – sálvia-azul
      Spiraea cantoniensis – buquê-de-noiva
      Stenocalyx dysentericus – cagaita
      Syagrus romanzoffiana – jerivá
      Syzygium malaccense – jambo-roxo
      Tecoma stans – ipê-de-jardim
      Tibouchina holosericea – orelha-de-onça;
      Tibouchina mutabilis – manacá;
      Tithonia diversifolia – margaridão;
      Vitex agnus-castus – vitex.

      Abraços

  9. Caro Raul

    Enviei a foto voce recebeu? é da praga da Romã

  10. Raul

    Anexo foto da praga na Romã

  11. Caro RAUL
    Em 08.01.20 enviei uma mensagem a respeito da praga da Romã, mas a foto não consegui enviar, agora estou enviando para o senhor ter uma ideia melhor dessa horrorosa praga.
    Moro em Indaiatuba SP

    • Olá José,

      Para combater esta praga faça três pulverizações, semanais, com óleo de neem. Sempre nos finais de tarde.

      O óleo não é tóxico e irá controlar essa peste.

      Abraços

  12. Não Raul…
    Dê só uma olhada, parecem com uma concha do mar mesmo.Talvez sejam uma variação desta cochonilha de carapaça que me enviou a foto. vamos ver se agora consigo enviar a foto. Ela está aos montes na folha de uma palmeira fênix.

    • Oi Rodrigo,

      São cochonilhas-de-escama que se alimentam da seiva das plantas, parasitando-as. As joaninhas fazem um controle natural desta praga.
      Para um controle mais severo use óleo mineral a 1% (100mL do produto para 10 litros de água) ou ainda este preparado: 100 gramas de sabão em barra, 100 gramas de fumo de corda e uma colher de querosene para 10 litros de água; dissolvendo o sabão em água quente, agitando-o repetidamente e imediatamente, verter o querosene. Vinte e quatro horas antes, deixar o fumo picado de molho em água, para formar uma calda que será misturada ao preparo anterior.

      Isto irá solucionar o ataque dessas cochonilhas.

      Abraços

  13. Boa noite! Moro em Jaru/RO Tenho várias rosas do deserto e uma delas apareceu umas saliências no caudex parecendo verrugas o que será, e como tratar. Obrigada por nós ajudar sempre. Que Deus continue te abençoando.

    • Bom dia Marlete,

      São ácaros. Em geral muito pequenos, possuem oito pares de patas. Os que atacam as plantas são: o branco, o rajado e, especialmente, o vermelho, que provoca o aparecimento de manchas avermelhadas no dorso das folhas em posição oposta à das colônias, que vivem na parte inferior, evitando a luz solar e criando verruguinhas que aparecem formando um empolamento na superfície foliar, que resulta em uma estrutura
      oca saliente com a concavidade virada para a face inferior da folha.

      Pode ser combatido pulverizando três vezes, semanalmente, com enxofre ou com calda sulfocálcica (cal virgem + enxofre). Por causa da reflexão da luz, uma camada fina de casca de arroz, no vaso, inibe também os ácaros.

      Abraços

  14. Olá Raul
    Tenho um pé de avocado em vaso e as folhas estão dando sinais de doença e não consigo identificar. Pode me ajudar?
    São Paulo capital, SP

    • Olá Andréa,

      Se é uma doença fúngica, pulverizações feitas com o fertilizante Forth Solúveis Produtivo, pode solucionar o problema. A fórmula garante uma fonte alta de Potássio, necessário para criar defesas contra esse fungo, além de fornecer Nitrogênio e micronutrientes. O Forth Cobre supre as necessidades de cálcio, cobre e enxofre e pode ser um bom complemento.

      Abraços

  15. Bom dia Raul!!!
    Moro em Itapeva, Sul de Minas. Plantei hibiscos para formar uma cerca viva no início de Setembro, eles parecem saudáveis, só que estão do mesmo tamanho ainda.
    Bate sol no local quase o dia todo. Tenho feito adubação linear, bato os restos vegetais, coloco ao redor do pé e cubro com restos de grama.
    O desenvolvimento é lento mesmo ou há algo errado?
    Pensei que o problema, talvez, seja o ph do solo…
    O que você acha? Pode me ajudar por favor?

    • Bom dia Patrícia,

      Acredito que está fazendo tudo certo, e as regas são frequentes? O pH do solo pode influenciar no desenvolvimento se for abaixo de 4,8, mas não me parece que seja isto.

      Tente uma adubação com farinha de sangue. Sua fórmula 13-0-0 possui uma das maiores concentrações de Nitrogênio de todos os fertilizantes orgânicos, por isso se constitui na melhor escolha para o crescimento vegetativo.
      Em sua forma de ação seca e lenta, pode ser misturada ao solo
      na proporção de 1 a 2 colheres de sopa por 4 litros de solo. Sua versão solúvel é a mais utilizada por sua ação rápida, sem o risco de se queimar as plantas como acontece com os fertilizantes químicos.

      Abraços

  16. Boa noite, Plantei uma palmeira rabo de raposa em um vaso e ela está secando, oque devo fazer.

    Obs. Coloquei terra adubada, no fundo do vaso coloquei cacos de telha para drenar .

    • Bom dia Luiz,

      Se as folhas mais velhas estão secando, não deve se preocupar, isto é um sintoma de que a palmeira sentiu o transplante. Regue-a diariamente tomando o cuidado de orvalhar a copa dela. Não use nenhum adubo por enquanto.

      Abraços

  17. Estou enviando de novo a foto da praga da Romã

  18. Raul
    Estou enviando uma foto da Romã que está atacada por uma praga, a fruta fica com manchas bem preta, abre e cai e repleta de um inseto horroroso.
    Por favor como faço para eliminar essa praga?
    Moro em Indaiatuba SP

    Abraços

    • José,

      Possivelmente sua romã foi atacada por uma praga conhecida como mosca-da-carambola, que ataca também a romã. Faça coleta e destruição de frutos infectados os caídos do solo e pulverize com malation, mas cuidado, este produto é tóxico.

      Abraços

  19. Boa Tarde! Gostaria de saber onde podemos obter mudas de Azevinho, no Brasil. E se essa planta tem bom desenvolvimento aqui.

    Att,

    • Bom dia Elvi,

      Você pode obter mais informações sobre o azevinho neste mesmo blog, entrando neste link: http://www.jardimcor.com/catalogo-de-especies/ilex-aquifolium/

      Esta espécie pode se adaptar bem em regiões de clima temperado, com invernos frios.

      Abraços

      • Obrigada, Raul!

        • Você merece Elvi!

          Abraços

  20. Minha palmeira rabo de raposa esta com as folhas tipo queimadaa amarelada como tratar

    • Maria,

      É difícil diagnosticar o que está acontecendo com sua palmeira rabo-de-raposa, apenas com esse parecer seu. Talvez uma doença fúngica a esteja atacando, faça pulverizações com Forth Cobre a cada 15 dias. Pode ser que resolva.

      Abraços

  21. Raul, complementando o post anterior, sobre a regulariação, tb pensei em usar um sapo compactador (de construção mesmo) de solo, talvez com o auxílio de uma tábua para distribuir um pouco mais a pressão, e ajudar na regularização por agora. Meu pessoal de obra ainda está trabalhando aqui e seria fácil para mim, caso indicado visto que está recem plantada com apenas 2 semanas. Segue mais uma foto para melhor ilustrar.

  22. Bom dia Raul, gostaria de sua assessoria por favor. Plantei no Rio de Janeiro, 800m2 de Geo Zoysia (Itograss), sobre uma camada de 5cm de terra preta (parte do gramado com terra de esterco equino, e outra pequena parte de esterco bovino) comprada em empresa específica (eles misturam terra/adubo/serragem/etc). Abaixo da terra adubada, havia a terra original do terreno. O plantio foi há 2 semanas. Tenho um sistema de irrigaçao RainBird com aspersores que está sendo ligado por 20 minutos toda madrugada. Porem como ela foi aplicada em cima da terra adubada “fofa”, o terreno ficou com irregularidades, visto que os próprios tapetes tinham espessuras diferentes. E por ter posto terra adubada, está dando bastante tiririca. Fiz uma única aplicação de Karpir antes de plantar a grama, mas não adiantou muito, a tiririca está vigorosa. Enfim, entendo que preciso fazer 3 coisas:
    1)Combater a tiririca – por enquanto a solução indicada foi aplicar Kapina (normal, sem ser o plus), certificando de não molhar nas 4 horas seguintes, com intervalos de 2 semanas entre aplicações; Certo?
    2)Corrigir a preparação do solo q foi feita errada. Como corrgir?
    3)Corrigir os desníveis com areia adubo 80/20. Agora ou so após tudo já regularizado?
    Muito obrigado e caso necessário podemos acordar um consultoria comercial caso seja mais indicado! Obrigado – Marcelo (21) 9.8876-6916

    • Bom dia Marcelo,

      Essa camada de 5 centímetros de terra com esterco e serragem não produz um efeito desejado, pelo contraria infesta o terreno. Você pode corrigir isto com coberturas, a cada 10 dias, com areia média de construção em camadas de 1 centímetro, sem nenhum fertilizante.

      Para combater a tiririca prefira o herbicida Sempra, fazendo 3 aplicações conforme a bula.

      Abraços

  23. Árvore para plantar junto a piscina

    • Valesca,

      Algumas que recomendo poderiam ser estas:

      – Pterocarpus violaceus – aldrago;
      – Schinus terebinthifolius – aroeira-pimenteira;
      – Cordia superba – babosa-branca,
      – Tabebuia chrysotricha – ipê-amarelo-cascudo;
      – Senna maccranthera – manduirana;
      – Bauhinia forficata – pata-de-vaca-branca;
      – Vitex polygama – tarumã-do-cerrado.

      Mas preciso saber um pouco mais sobre qual cidade você mora e qual seria a distancia da piscina.

      Aguardo seu contato.

      Abraços

  24. Boa tarde Raul.
    Primeiramente,feliz ano novo, saúde e paz!
    Essa semana os donos desse pinheiro italiano iam cortar o pinheiro,já tinham feito uma poda de QQ jeito em cima (machado).
    Fiz o arranque dele e plantei em casa. O Sr acha que vinga? Usei apenas substrato e terra da própria cova.
    ABS e obrigado mais uma vez.

    • Olá Henrique,

      Igualmente lhe desejo um 2020 formidável!

      Acho que você procedeu corretamente no transplante desse pinheiro, só resta saber sobre a preservação das raízes dele, de resto apenas mantenha a parte aérea umedecida quando faz as regas.

      Abraços

  25. Boa tarde Raul plantei esse pandanus a 2 meses e olha como estão as folhas todas amarelas e caídas oque faço ?

    • Boa tarde Paulo,

      Seu Pandanus está passando por uma etapa de adaptação, é por isso que as folhas amarelam, especialmente as mais velhas. Logo estará brotando com robustez.

      Para estimular a recuperação, faça uma adubação com borra de café e torta de algodão, e a cada três meses, uma adubação com o fertilizante Forth Cote, na fórmula 18-05-09.

      Abraços

  26. Raul

    Comprei uma muda de MINI PÊSSEGO.
    Poderia me informar o tamanho ideal do vaso tanto em diâmetro e altura isso em cm.

    Abraços

    • José,

      O tamanho ideal é 60 centímetros de diâmetro na boca e 60 centímetros de altura. Estas medidas podem sofrer 20% de alteração, para mais ou para menos.

      Abraços

  27. Boa tarde, Sr. Raul. Eu moro em São Lourenço – MG. Eu tenho um pé de Romã, porém nesse período ela dá algumas romãs, mas as frutas começam a abrir quando elas começam a ficarem rosadas. Porquê elas não conseguem ficar vermelhas e fechadas. Deu para entender??? rsrs Obrigada e um abençoado 2020!

    • Boa tarde, Luciene,

      Este sintoma indica alguma deficiência nutricional, possivelmente de boro.

      Aplique no solo 10 gramas de borax revolvendo superficialmente, junto com 150 gramas do fertilizante Forth Frutas, este último deve ser aplicado a cada dois meses, salvo no inverno.

      Abraços

  28. A foto não foi :/

  29. Boa tarde Sr Raul, lençóis paulista sp, sou vinicius, meu Acer rubrum iniciou a brotação de algumas gemas em outubro com folhas bonitas, porém agora as folhas não vão pra frente, nascem e logo já escurecem e caem, muitas gemas ameaçam de brotar e não vão pra frente, as folhas ficam quebradiças, estou passando enxofre três vezes por semana, iniciei semana passada

    • Bom dia Vinícius,

      Possivelmente uma doença fúngica afetou seu Acer. O enxofre pode solucionar o problema e também pulverizações com o Forth Cobre ajudariam.

      Abraços

  30. Segue a imagem da orquídea