Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Pergunte ao Raul – 2020

ATENÇÃO LEITORES

Informe na sua pergunta a sua região(Cidade e Estado). Pois estes dados são fundamentais para a elaboração precisa de sua resposta.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.

2.456 Comments

  1. Olá Raul!! Gostaria de saber se a palmeira azul tem raiz profunda. Penso em plantar num canteiro de muro de divisa, o canteiro tem 1.20m de largura, 80 cm de profundidade e 3 metros de comprimento. meu medo é a planta prejudicar o muro e a casa vizinha.
    E a palmeira fênix como é sua raíz?
    obrigada!

    • Olá Renata,

      As raízes da palmeira-azul são limitadas, pode planta-la com tranquilidade.

      O Phoenix roebelenii tampouco possui raízes invasivas.

      Abraços

  2. Tenho um bosque com muitas arvores e quero colocar etiquetas com as informações dos nomes e familias.Qual a melhor forma de fazer sem danificar as etiquetas?

  3. Olá, vi seu post sobre a BOUGAINVILLEA. Gostaria de saber se você pode dar umas dicas referente a como fazer mudas dessa planta. Gratidão por suas postagens sempre tão lindas.

    • Olá Silvana,

      Um dos métodos mais comuns é por estacas com 25 centímetros e a grossura de um dedo mínimo, cortadas em diagonal e enterradas em substrato arenoso. Pode estimular o enraizamento usando um hormônio enraizador. Este procedimento deve ser feito depois da florada.

      Abraços

  4. Boa tarde! Tenho um vaso com croton porém está com os galhos secos e folhas somente nas pontas, como faço para recuperar

    Vitória ES

    • Boa tarde Luciana,

      Para restabelecer o vigor de seu croton, faça uma poda suprimindo a metade de cada ramo, em seguida adube com torta de mamona, borra de café e o fertilizante Forth Jardim. A dosagem depende do tamanho da planta. Regue-o diariamente, sem encharcar, na parte da manhã.

      Abraços

  5. Olá Boa Noite !
    Tenho uma aphelandra que não para de cair as folhas e estão ficando com umas manchas marrom, o que fazer ?

    • Boa noite Tatiana,

      Sua Aphelandra foi atacada por fungos. Para combate-los faça três pulverizações, semanais, com Fort Cobre e derrame no solo do vaso extrato pirolenhoso, diluído em água, o Natupirol e o Mokussu são as marcas mais conhecidas.

      Abraços

  6. Oi sr. Raul achei hj o sr,estou encantada com o respeito e o carinho na atenção em responder as nossas dúvidas,parabéns, agora vem a pergunta, onde encontro muda da flor de maio branca, moro em Santa Catarina.Grata

  7. Boa tarde Sr Raul,td bem?
    Me chamo Daiana, sou de São Bernardo do Campo/SP.
    Tenho 2 cactos maracatu,cê um deles está com manchas mais claras no meio e pontos pretos. Semana passada veio um rapaz aq em casa e cortou ele na metade e replantou, mas não adiantou.
    O Sr poderia me orientar o q posso fazer p salvar meu cacto por favor?

    • Boa tarde Daiana,

      Seu cactos foi afetado por um fungo. Para combater esta doença, pulverize as partes contaminadas três vezes, semanalmente, com Forth Enxofre e adicione ao solo, onde ele está plantado, o equivalente a 10 litros de cinzas de lenha livres de sal e/ou gordura, podem ser de padaria ou pizzaria. Em seguida revolva superficialmente e regue moderadamente.

      Abraços

  8. Ola mestre! Agradeço novamente o apoio, que Deus derrame toda sorte de benção sobre voce e sua familia!
    Irei fazer uma poda em uma rosa do deserto, minha duvida é no pós-poda. Após a poda devo mante-la no sol? Em caso de chuva como procedo com a rosa podada? Devo utilizar algum tipo de fertilizante pós poda?
    Obrigado!!!

    • Olá Willian,

      Obrigado pelo carinho, meu amigo!

      Faça essa poda com a ajuda de um estilete, cortando em diagonal e pulverizando com canela em pó cada corte. Os corte devem ser iguais, deixando os ramos na mesma altura.

      Após a poda a muda deve ficar no sol, a luz solar estimulará novas brotações e pode ser adubada com o fertilizante Forth Rosa Do Deserto, seguindo as instruções do fabricante.

      Abraços

  9. A pedra azul ou Clusia fluminense é toxica p Equinos?

    • Wilson,

      Essas clúsias não apresentam toxicidade para os cavalos.

      Abraços

  10. Caro mestre, estou com um problema nesta grama São Carlos há 6meses já apliquei vários fungicidas, troquei Boa parte da grama mas o problema continua. Fiz adubação com Forth golf. Neste condomínio é podido circular cachorros e gatos no gramado será que é a ureia que está causando.

    • Olá Ronaldo,

      A ureia tem 45% de nitrogênio, isto é bastante e pode provocar Rhizoctoniose, que aparece normalmente do outono ao início da primavera. Seus sintomas são manchas circulares de amarelo a avermelhado, que variam de 2,5 cm a vários metros de diâmetro nas áreas gramadas.

      Abraços

  11. Olá, mestre Raul! Tudo bem?
    Algumas plantas minhas de vaso estão com um bolor/mofo na terra.
    O que eu poderia fazer para acabar com isso? Devo tirar o bolor manualmente e passar algum produto?
    Sou de São Paulo – SP.
    Muito obrigado!

    • Olá Allan,

      Esse mofo é ocasionado pela umidade constante causada pelas regas abundantes.
      Verifique se a terra nos vasos está enxuta antes de irrigar. Se estiver ainda bastante úmida, suas plantas não precisam de mais água.

      Para contornar o problema, tire o bolor manualmente e, em seguida, afofe a terra superficialmente e adicione, simultaneamente, um pouco de areia e umas pitadas de calcário dolomítico.

      Abraços

  12. Boa Noite.
    Tenho 2 dúvidas:
    1- Os projetos de paisagismo precisam passar por aprovação na prefeitura?
    2- Você conhece algum curso de especialização em Paisagismo(pós graduação)?
    Grata pela atenção

  13. Gostaria de obter 2 informacoes : a primeira é como cuidar de uma congeia recem plantada em vaso.As potinhas da folha estão secando.

    E a segunda écomo recuperar gramado( gama.smeralda) está com falas e alguns lugares secando.

    Obrigada

    • Fernanda,

      A Congea tomentosa (FOTO)é uma trepadeira com ramos de mais de 6 metros, formando uma silhueta densa, portanto não é recomendado seu cultivo em vasos, já que é extremamente volumosa. Procure planta-la diretamente no solo em um espaço onde possa desenvolver.

      As falhas no seu gramado podem ser ocasionadas por algum fungo, talvez rhizoctoniose. Seus sintomas são manchas
      circulares de amarelo a avermelhado, que variam de 2,5 cm a
      vários metros de diâmetro.

      Mas se o problema não for esse, pode ser apenas desnutrição. Neste caso faça uma cobertura de 2 centímetros com uma mistura de 70% de areia média lavada (pode ser a de construção) e 30% de Forth Condicionador Gramados. Repita isto quando a brotação das novas folhas surgirem.

      Abraços

  14. Olá Raul, sou de Maceió comprei duas palmeiras rabo de raposa em dezembro do ano passado ja com um comprimento do caule de aproximadamente 3 metros. Desde que foram transplantadas não se desenvolveram bem.As folhas aparentam estar sem força raquiticas e sem sair completamente do tronco como se estivesse atrofiando. O que poderia ser? Esse problema tem solução? Estou bastante preocupado. Muito Obrigado.

    • Olá Ricardo,

      Não sei como foram plantadas, essas rabo-de-raposa, você as adubou? Nota a presença de insetos nessas folhas.

      Pode ser uma deficiência nutricional, especialmente de magnésio, neste caso faça uma adubação usando 2 colheres de sopa de sais de Epson, dissolvidas em 1 litro de água, para cada rega, também agregue no solo onde estão plantadas, 500 gramas de farinha de ossos, para cada palmeira, juntamente com 100 gramas do fertilizante Forth Palmeiras.

      Acredito que, como estes procedimentos, elas irão reagir bem.

      Abraços

  15. Olá, Raul! Comprei essa Sunpatiens já um pouco murcha,estou com ela há 15 dias e parece que não está se adaptando bem. Você acha que tem salvação?

    • Olá Rosana,

      A má drenagem do solo, folhas constantemente molhadas e altas temperaturas geralmente podem causar uma infestação fúngica, causada por Pythium. Proceda da seguinte maneira:

      – Aumente a drenagem do solo com areia e matéria orgânica;
      – Ferva 100 g de cavalinha seca em 3 litros de água durante 20 minutos. Dilua 1/4 litro dessa calda em 3 litros de água e pulverize a muda. Repita isto três vezes, semanalmente.

      Abraços

      • Olá, Raul muito obrigada pela atenção! Vou seguir essas orientações!! Abraços e boa semana!

        • Você merece, Rosana!

          Abraços

    • Essa é outra Sunpatiens comprada no mesmo dia. Estava bem cheia de folhas e flores, mas depois foram amarelando e caindo. Estou regando bastante e elas ficam na meia sombra. Foi a floricultura que as plantou as mudas nesses vasos. Eles utilizaram terra para jardinagem. Devo replantar com outro substrato? Húmus e NPK são indicados?

      • Rosana,

        Siga minhas indicações. Não molhe as folhas na hora das regas.

        Abraços

  16. Bom dia Raul!
    Comprei uma palmeira Fênix faz um pouco mais de um mês. Ela está com manchas brancas nas folhas, seria fungos ou outro problema?
    E as folhas em baixo estão secando, seria comum por ela ter sido plantado há pouco tempo?
    Obrigado

    • Boa tarde Guilherme,

      Se as manchas são branco-amareladas e um fungo conhecido como Graphiola phoenicis. O combate dele deve ser o de não molhar as folhas na hora de regar. Não conheço fungicidas que combatam esse fungo, entretanto pode fazer pulverizações, semanais, com Forth Enxofre e Forth Cobre, três de cada.

      As folhas de baixo são as velhas e é normal que caiam.

      Abraços

      • Boa tarde Raul,
        Acredito que a foto que enviei não foi, vou tentar enviar novamente. São tipos umas casquinhas brancas, saem ao passar a unha por exemplo.

        • Boa tarde Guilherme,

          É uma infestação de pulgões. Atacam hastes e folhas sugando a seiva. Causam atrofiamento e podem transmitir viroses.

          Para combate-los use o inseticida Forth Defende.

          Abraços

  17. Bom tarde Raul, tudo bem? Tenho 3 Pandanus , eles estavam maravilhosos, mas agora eles estão amarelando as folhas e as centrais estão secas e podres na base (parece que estão mofando). Estou preocupada e queria saber o quê posso aplicar neles para ajudar na recuperação deles. Aguardo retorno. Muito Obrigada, Viviane .

    • Viviane,

      Acabei de responder sua pergunta em outra seção.

      Abraços

  18. Olá Raul!Estou fazendo um jardim em casa e gostaria de saber se a AZULZINHA (Evolvulus glomeratus) é tóxica para crianças e cachorros pois me preocupo com eles e gostaria de fazer uma forração dela no meu canteiro.

    • Olá Carolina,

      Pode fazer com tranquilidade, não há registros sobre qualquer toxicidade do Evolvulus glomeratus.

      Abraços

  19. Bom dia, tudo bem!
    Coloquei uma palmeira real na fachada da minha casa, saberia me dizer qual o crescimento dela anual (aproximadamente), deveria ter comprado a carpentaria e acredito que daqui uns 5 anos terei que trocar pois a real fica muito alta.

    • Boa tarde Ana,

      A palmeira-real (Archontophoenix cunninghamiana) alcança quase 12 metros de altura, de modo bastante rápido, progredindo 1 metro por ano. Já a carpentaria é um pouquinho menor, mas também de desenvolvimento veloz.

      Abraços

  20. Boa Noite Sr Raul…Tenho em meu Jardim uma Árvore Adulta de Jacarandá-Mimoso e já fazem 02 anos que ele não floresce. Moro em Atibaia e o tempo por aqui está extremamente seco com pouquíssimas chuvas. Será esse o motivo da falta de Floração ??? Desde já Agradeço imensamente…

    • Bom dia Inaiá,

      O tempo seco não é motivo para seu jacarandá-mimoso não florescer e sim alguma deficiência nutricional, talvez fósforo.

      Faça uma adubação com 1 kg de farinha de ossos e 400 gramas de superfosfato simples, revolvendo superficialmente o solo na projeção da copa. Em seguida regue.

      Abraços

  21. Caro Raul
    Anexo foto da praga que está atacando o meu pé de romã
    No fruto se vê uma quantidade grande de inseto e apresenta um buraco enorme preto,e acaba caindo.
    Como combater essa horrível praga?

    • Olá José,

      Sua romãzeira foi atacada pelo percevejo-pés-de-folha. Esse inseto pode ser eliminado com calda de sabão.

      Corte em pedaços 500 g de sabão, dissolva em 1 litro de água
      quente, adicione 40 ml de óleo mineral aos poucos. Dissolva o
      preparado em água morna e, na hora de pulverizar, utilize 100 gramas da pasta para cada 3 litros de água fria. Repita isto três vezes, semanalmente.

  22. Boa tarde Sr Raul! Aqui é a Adriana de Brasília. Minha laranjeira, limoeiro e pé de tangerina estão com as folhas mais amareladas e algumas com pontos pretos. Envio a foto da laranjeira.

    • Aqui do pé de tangerina

      • Aqui o limoeiro

    • Boa tarde Adriana,

      Sua laranjeira, limoeiro e tangerina foram atacados por um fungo, conhecido como ferrugem, também estão com fumagina.

      Para combater a ferrugem, pulverize três vezes, semanalmente com Fort Enxofre e a fumagina pode ser erradicada lavando as folhas com uma calda de sabão de coco e posteriormente pulverizando com óleo mineral a 1%.

      Abraços

  23. Oi Raul. Tudo bem? AMEI a sua aula de jardins internos. Aproveitei todas as suas dicas e adorei todas as suas histórias. Muito obrigada por compartilhar tanto conhecimento! Eu pedi para entrar no grupo do facebook, mas até que me aceitem no grupo para que eu possa tirar algumas dúvidas, gostaria de perguntar-lhe o que mais me intriga no paisagismo….. no caso das plantas indicadas para interiores, com exceção da arália, posso utilizá-las em cidades que faça frio, como Monte Verde, Campos do Jordão, desde que dentro das casas, hotéis ou restaurantes? E quais delas posso utilizar na área externa e protegidas pela própria flora (protegidas pelas árvores do local, por exemplo).
    Raul, qual curso me indica agora?
    Muuuuito obrigada pela sua atenção!
    Sou Juliana, de Campinas.

    • Oi Juliana,

      Fico muito feliz sabendo que gostou do curso ” Jardins Internos”, mas tem outros que você pode aproveitar:
      http://loja.jardimcor.com/produto/espacos-paisagisticos/
      http://loja.jardimcor.com/produto/telhados-verdes-curso-online/
      http://loja.jardimcor.com/produto/paisagismo-litoraneo/

      Todos eles lhe darão conhecimentos.

      As plantas que menciono no curso, se adaptam em Monte Verde e Campos do Jordão, desde que em ambientes climatizados. Mas em áreas externas, sob árvores, prefira as de clima temperado, como:

      Hedera canariensis – hera-batata;
      Viola odorata – violeta-de-cheiro (FOTO);
      Ajuga reptans – ajuga
      Lysimachia procumbens – lizimakia;
      Vinca major – pervinca;
      Zantedeschia aethiopica – jarro;
      Begonia semperflorens – begônia cerosa;
      Clivia miniata – clivia;
      Chlorophytum comosum – clorofito;
      Impatiens New Guinea – alegria-do-lar.
      Dichondra repens – dichondra;
      Lamium maculatum – chuchas;
      Saxifraga stolonifera – barba-de-arão.

      Abraços

      • Muito obrigada! Vou começar com o primeiro curso indicado! Depois conto como foi!!!

        • Você merece, Juliana!

          Depois de assistir me dê um parecer.

          Abraços

  24. Olá Raul tudo bem com você!! É sempre uma honra exercer uma experiência com suas palavras e conhecimento.
    Sou Yuri Dutra moro no Rio Grande Do sul Litoral Norte clima subtropical e gostaria de ver seus jardins quando morava na Argentina e suas vegetação típicas da região que você escolhia, estou com relações profunda em resgatar nosso bioma nos jardins nosso pampa está perdendo suas características e gostaria de colaborar com flora e fauna nativa em projetos voluntários e comercial, já comecei observar e pesquisar as vegetações pretendo catalogar e tirar conclusões em diversas época do ano em seus habitat natural e indentificar suas biodiversidade locais, e gostaria de saber a relação entre eu usar bioma da mata atlântica em solo subtropical banhado pelos pampas iria contribuir igual para a biodiversidade local e qual você me indicaria para ter relações profundas para começar os trabalhos após os estudos . Obrigado você faz a diferença na natureza acho magnífico suas conclusões

    • Olá Yuri,

      A honra é minha de poder compartilhar conhecimentos com você!

      Achei muito interessante sua proposta. Na região onde você mora há uma flora característica que deve ser considerada, para manter a paisagem genuína do norte gaúcho. São muitas as espécies arbóreas. Sito algumas:

      – Rapanea ferruginea – capororoca;
      – Jacaranda puberula – carobinha;
      – Eugenia involucrata – cereja-do-rio-grande;
      – Inga sessilis – ingá-ferradura;
      – Tabebuia impetiginosa – ipê-roxo;
      – Eugenia uniflora – pitanga;
      – Hibiscus tiliaceus – algodão-do-brejo;
      – Psidium cattleyanum – araçá-rosa;
      – Schinus terebinthifolius – aroeira-pimenteira;
      – Butia capitata – butiá-da-praia;
      – Ocotea odorifera – canela-sassafrás;
      – Erythrina crista-galli – corticeira-do-banhado;
      – Tabebuia umbellata – ipê-amarelo-do-brejo;
      – Bauhinia forficata – Unha-de-vaca;
      – Syagrus romanzoffiana – jerivá.

      Além destas deve considerar os capins, tão marcantes nos pampas.

      Abraço grande

      • Muito obrigado pelo carinho e atenção !! Estava ansioso pela sua resposta !! Irei guardar com todo carinho e acrescentar as vegetações com suas características. Até a próxima. considero suas palavras como um mentor na minha longa jornada um dia terei o prazer em lhe dar um abraço forte !! Obrigado por tudo. Suas matérias me tocam muito tenho você como uma pessoa iluminada, um forte abraço meu professor que me ajuda a viver em um mundo melhor

        • Ah, Yuri, que comentário precioso. Realmente me comove.

          Te deixo um abraço muito afetuoso!

  25. Moro em Teixeira de Freitas no Extremo Sul da Bahia. Olá Raul, bom dia. A minha RD tem apresentado algumas marcas nas folhas que não parecem manchas, a ponta da folha fica amarela, outra planta estava na mesma situação e decidi podar todos os galhos. Anteriormente ela estava com cochonilha, ai borrifei água oxigenada e aparentemente a cochinilha sumiu. Aqui na cidade é difícil encontrar os remédios que você indica, se puder também me indicar um produto natural, estou desanimada com minhas plantas elas sempre estão com algum problema. Você poderia me ajudar?

    • Bom dia Etiene,

      Seguramente sua rosa-do-deserto foi atacada por fungos. Para combate-los segue uma boa receita natural:

      Misture 1/2 litro de leite azedo, 1 litro de água e 2 punhados de cinzas de madeira, livres de sal e/ou gordura. Pulverize 3 vezes com um intervalo de 10 dias entre uma e outra pulverização.

      Abraços

  26. Olá bom dia Raul, minha RD está com manchas nas folhas, a ponta da folha vai ficando amarela, e agora tá aparecendo manchas, eu achei que fosse antracnose, mas agora com as manchas eu não sei mais. Antes ela estava com cochonilha, usei água oxigenada e elas sumiram. Moro num apartamento e não pega muito sol. Outra RD também apresentou a mesma situação e eu podei todos os galhos.

  27. Mestre Raul, tudo bem!
    Tenho uma piscina que pega tora a extensão do fundo de um terreno de 12m,e temos apenas uma faixa de canteiro de 60cm, nosso vizinho de fundo está bem mais alto em relação ao nosso piso o que gerou um muro de divisa de quase 5m, queríamos plantar alguma planta que conseguisse primeiro dar uma quebrada nesse paredão e depois que pudesse crescer além muro para dar um pouco de privacidade a nossa casa. Inicialmente pensamos na ravenala, devido seu formato de leque, mas estamos preocupados com a raiz. O canteiro de 60cm é como se fosse uma floreira, mas sem fundo, tem ligação com o terreno natural, porém está entre duas paredes, a parede do muro e 1m de parede da piscina que ficou elevada. Essas duas paredes foram impermeabilizadas e depois completamos com terra. Temos razão em se preocupar com as raízes da ravenala, mesmo as duas paredes ser estruturais, arrimo e parede da piscina. Teria uma outra espécie para aplicarmos nesse pequeno espaço que não ficaria esmagada no muro e não tivesse problema com queda de folhas na piscina, pois tbm é uma preocupação.
    Grande abraço mestre.

    • Olá Rodrigo,

      A Ravenala é uma ótima opção, suas raízes não são invasivas. Além dela pode acompanha-la com:

      Carpentaria acuminata – palmeira-carpentária;
      Dracaena fragrans massangeana – pau-d’água;
      Bauhinia galpinii – unha-de-vaca-vermelha (FOTO).

      Abraços

  28. Boa noite! Raul,gostaria de saber qual o método mais fácil de fazer mudas do ficus lyrata, eu tenho uma árvore de mais de 10 meteos . Ela tem mais de 28 anos de idade. Nunca poderia imaginar que essa planta hoje,seria a planta tão desejada. E com
    uma valor comercial alto.

    • Boa noite Guilherme,

      O modo mais seguro de multiplicar o Ficus lyrata é por alporque, que consiste em incentivar a formação das raízes num ramo da árvore, que deve ficar a 30 centímetros da ponta. Deve ser retirado um anel da casca com 2 centímetros de largura, envolvendo um pedaço desse galho com esfagno bem úmido, (musgo) e embrulhando com plástico preto, amarrado nas duas pontas.

      A melhor época para fazer isto é na primavera.

      Abraços

      Depois é só esperar que surjam as raízes e levar a muda para o local definitivo.

  29. Boa noite! Raul,gostaria de saber qual o método mais fácil de fazer mudas do ficus lyrata, eu tenho uma árvore de mais de 10 meteos . Ela tem mais de 28 anos de idade. Nunca poderia imaginar que essa planta hoje,seria a planta tão desejada. E com uma valor comercial alto.

  30. Bom dia Raul!!
    Sou de Poços de Caldas, MG e tenho um canteiro com lutielas que estavam lindas meses atrás, mas há uns 3 meses desandaram totalmente, ficaram sem muitas folhas e meio secas, mesmo tendo irrigação direto. É preciso fazer poda drástica na lutiela em algum período do ano normalmente? Saberia me ajudar? Obrigada!

    • Boa tarde Bruna,

      A lutiela (Alternanthera brasiliana ‘Little Ruby’) precisa de sol e um solo úmido para adensar a silhueta.

      Tente fazer uma poda baixa, para estimular a brotação e adube usando 400 gramas por m² de torta de algodão.

      Abraços

      • Muito obrigada pelo retorno!!! Um abraço!!!

        • Você merece, Bruna!

          Abraços