Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Pergunte ao Raul – 2019

ATENÇÃO LEITORES

Informe na sua pergunta a sua região(Cidade e Estado). Pois estes dados são fundamentais para a elaboração precisa de sua resposta.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.

452 Comments

  1. ComentárioOlá boa tarde !

    Raul você acha que posso plantar a hera canariensis em local bem iluminado, mas sem a incidência direta de raios solares ???

  2. Boa noite Raul, por gentileza poderia tentar nos ajudar com a identificação dessa planta? Nasceu no vaso de uma outra planta que possuimos.

    • Bom dia Verônica,

      Infelizmente não chegou até nós a foto. Tente novamente.

      Abraços

  3. Querido Raul, temos um sitio na regiao de Porto Feliz km93 da Castelo Branco. Estou atras de viveiros na região para comprar plantas, arbustos, floriferas etc…Encontrei a oficina das Palmeiras para arvores e oalmeiras ornamwntais. Vc tem alguma outrs dica??

  4. Olá Raul! Eu plantei 2 Resedá brancos que peguei no viveiro aqui da minha cidade. Em um deles, as folhas começaram amarelar 2 dias após o plantio. No outro todas as folhas murcharam e estão secas. Não entendi o porquê, pois estou regando todos os dias. É só a fase do plantio ou devo adubar é procurar outra forma pra ela reagir? Fiquei tão triste. Me ajude. Sou de São José do Rio Preto/SP

    • Olá Lidiane,

      Acho que esses sintomas devem indicar que os resedás sofreram com o transplante, talvez as raízes foram danificadas. Acredito que eles irão soltar novas folhas assim que as temperaturas subirem um pouco.

      Não regue muito, faça isto com moderação para manter o solo levemente úmido e não use nenhum adubo por enquanto.

      Abraços

  5. Olá, Raul. Como vai?
    Envio fotos de um Pacová em que sua folha apareceu uma “bolha”,
    após estourar ela saiu um líquido.
    O que pode ser e como devo proceder?
    Desde já, muito grata!
    Abraços.

    • Estou em Goiânia.
      Segue uma foto da parte debaixo da folha.

      • Bom dia Lara,

        Elimine essa folha e faça três pulverizações, semanais, com Cupro Dimy. Isto irá evitar que o fungo se espalhe para o resto de seu pacová.

        Abraços

  6. Comentáriote
    Boa tarde…sou de Porto Alegre, e recebi um email anunciando seu curso no Rio de JAneiro dia 27 passado, CURSO “O PODER SOBRENATURAL DAS PLANTAS”. Existe este curso no formato online: Tenho muito interesse, por favor!

    Vi que estará na Floricultura Winge dia 24Ago. Já tenho um compromisso pré agendado, mas tentarei comparecer.

    • Bom dia Viky,

      Por enquanto não pensamos em fazer este curso online. Mas é uma ideia.

      Seria bom vê-la em Porto Alegre!

      Abraços

  7. Olá! Primeiramente, parabéns pelo seu trabalho e sua disponibilidade!
    Eu tenho uma rosa do deserto, e já tem um tempo que suas folhas estão meio amareladas. O que posso fazer?

  8. Olá! Primeiramente, parabéns pelo seu trabalho e sua disponibilidade!
    Eu tenho uma rosa do deserto, e já tem um tempo que suas folhas estão meio amareladas. O que posso fazer?

    • Olá Taiane,

      Muito obrigado pelos elogios!

      A rosa-do-deserto deve manter seu solo bem enxuto, isto é deve ser regada pouco e precisa de muito sol.

      Você pode melhorar o aspecto dela adubando-a com 50 gramas de torta de algodão. Afofe bem a terra para esta aplicação e em seguida regue moderadamente.

      Abraços

  9. olá Sr Raul, hoje andando pela rua me deparei com esta árvore deslumbrante. fiquei impressionada! gostaria de saber qual o nome dela? ela se adapta no litoral de SP? quais os cuidados? seria. possivel tê-la em vaso? segue foto…. obrigada. Grande abraço. sou de São Vicente-sp

    • Olá Luciana,

      É um ipê-roxo (Handroanthus impetiginosus), uma árvore da América do Sul, com boa madeira de lei. Tem outros nomes populares: ipê-roxo-de-bola, ipê-roxo-grande, piúva, pau-d’arco, piúna, ipê-una e alguns outros. Cresce rápido alcançando mais de 8 metros de altura (na mata pode chegar aos 25 metros). As flores atraem beija-flores, mamangabas e abelhas.

      Pode ser cultivado em São Vicente, entretanto em vaso seu desenvolvimento ficará comprometido, já que é uma especie de médio porte.

      Abraços

  10. Bom dia Raul!!! Me da umas dicas pra eu ter minha sacada com flores ela pega todo o sol da tarde que no verão fica bem quente, e gostaria de flores que atraem borboletas e pássaros!!! Muito obrigada! Sou de são Paulo!!

    • Boa tarde Sandra,

      Para atraírem borboletas e pássaros em um local ensolarado recomendo:

      Ageratum houstonianum [Agerato]
      Ajuga reptans [Ajuga]
      Heliotropium arborescens [Heliotrópio]
      Lantana camara [Cambará]
      Myosotis sylvatica [Miosote]
      Pentas lanceolata [Estrela-do-egito]
      Tagetes pátula [Cravo-de-defunto]
      Turnera ulmifolia [Flor-de-guarujá]
      Verbena hybrida [Verbena]
      Zinnia elegans [Zínia]

      Todas são de porte pequeno, ideais para uma sacada.

      Abraços

  11. Boa Noite Sr. Raul.
    Eu plantei a uma semana 2 Palmeira Rabo de Raposa, e hoje notei que as folhas estão ficando todas roxas.
    O que pode ser.
    Eu adubei a terra antes do plantio com o super simples.

    • Bom dia Ivan,

      Quando as folhas adquirem coloração púrpura, a rabo-de-raposa aponta uma carência de fósforo. Adicione ao solo 100 g de superfosfato simples, associado com 4 ou 5 kg de esterco bovino.

      Isto devolverá o verdor das folhas.

      Abraços

  12. Tentando novamente. Mas caso a foto não apareça, tentarei descrever: uma região do caule começa a dilatar e partir a superficie do caule, formando um abaulamento no caule

    • Oi Raul,estou enviando novamente a foto. Parece mesmo ser ganoderma? Muitissimo obrigada

      • Oi Ilza,

        Isto pode indicar resinose e não Ganoderma, e ela se caracteriza pela exsudação de um líquido marrom-avermelhado, que escorre através de rachaduras no estipe. A foto que nos envia não mostra esse tipo de suor. Mesmo assim me inclino para esta hipótese.

        Faça uma limpeza profunda nessas rachaduras e pincele pasta bordalesa nelas. depois pode usar o Trichodermil como complemento.

        Também aconselho uma adubação com o fertilizante Forh Palmeiras, seguindo as instruções da embalagem.

        Abraços

        • Oi Raul, gostaria novamente da sua ajuda. Não estou encontrando o sulfato de cobre para a pasta bordalesa. Vi que tem alguns produtos com a cal e o cobre já misturados. Qual a diferença entre a calda e a pasta.? Serve a calda para a resinose da palmeira? O produto forth cobre substitui a calda? Mais uma vez obrigada

          • Oi Ilza,

            Pode usar o Forth Cobre, ele é muito eficiente nesses casos.

            Abraços

            • Muito obrigada Raul!

  13. Boa noite Raul, desculpe as fotos não foram enviadas, estou fazendo isso novamente. Como falei minhas palmeiras Veitchia estao com esse problema nos caules. Ja usei a solucao de sabao com querosene e um inseticida, mas nao surtiu efeito. Poderia me ajudar?Sou de Salvador, Bahia

    • segue foto

    • Bom dia Ilza,

      Talvez isto seja produzido por uma doença conhecida como Ganoderma.

      Faça um montículo com 8 centímetros de terra no pé da Veitchia e pulverize com o fungicida microbiológico a base de
      Trichoderma (há várias marcas: Trichodermil, Bio Trich, etc.) e concomitantemente pulverizar com Fosway. Duas vezes de cada, com intervalo de 15 dias é suficiente.

      Fico torcendo para que isto solucione o problema.

      Abraços

      • Mais uma vez, obrigada Raul!

    • Em dos caules teve esta evolução.

  14. Olá, Raul. Algumas dasinhas rosas do deserto estão com essas pintas amarelas nas folhas. O que pode ser? Moro em Niterói. O inverno aqui é quente de manhã e a noite a temperatura fica em torno dos 22 graus. Obrigada.

    • Não sei por que não consigo enviar fotos.

    • Vou tentar reenviar a foto

    • Olá Denise,

      As fotos não chegaram até nós, mas pela sua descrição acho que pode ser uma doença fúngica conhecida como ferrugem. Para combate-la pulverize três vezes, semanalmente, com Cupro Dimy e regue apenas quando o solo estiver seco; elas não toleram umidade alta,

      Abraços

  15. olá Sr Raul. primeiramente parabéns pelo seu trabalho e amor a natureza. vc é uma inspiração! tenho grama preta no meu quintal e de um mês pra cá um trecho está com as pontas queimadas, as pontas ficam amarelinhas e em alguns montinhos ela acaba ficando toda seca e morre. o que pode estar acontecendo?? sempre regamos pela manhã em dias alternados. e adubamos com micronutrientes uma vez ao mês. se for necessário, dps te mando a marca do adubo. porém percebi que isso começou a ocorrer quando onde eu moro mudou o clima de calor para frio. ah tb tem alguns trechos q onde nao tem grama cresce alguns musgos. isso prejudica o crescimento da grama?? devo elimina los?? segue fotos. no aguardo de uma resposta. sou de São Vicente- SP. obrigada. forte abraço, Luciana

    • Olá Luciana,

      Ah, muito obrigado pelo elogio!!!

      A grama-preta pode sofrer de uma doença que ataca a raiz, chamada de pythium, mas os controles biológicos oferecem uma solução. É uma doença bacteriana que causa pontas de folhas queimadas e amareladas e raízes podres, a podridão da raiz é uma doença grave nessa grama em que freqüentemente se desenvolve em solos pesados e ​​com drenagem deficiente. Os fungicidas biológicos controlam o Pythium, bactéria que causa a doença. Recomendo que procure em uma loja de produtos agrícolas um fungicida que combata essa doença.

      Por enquanto faça o seguinte:

      – Diminua drasticamente as regas;
      – Adicionar ao solo 300 g de calcário dolomítico por m² misturado com 30 g de sulfato de potássio, revolvendo até uma profundidade de 10 cm;
      – Regue com extrato de casca barbatimão a 5%
      – Pulverize todo o canteiro com Ecotrich, um fungicida formulado a base do fungo Trichoderma.

      Abraços

      • Boa tarde Sr. Raul. obrigada pela resposta, irei seguir suas recomendações. e quanto ao musgo que cresce entre a grama preta, isso é prejudicial? devo elimina lo? segue fotos… obrigada. abraço

        • Olá Luciana,

          A grama-preta requer um solo com pH ácido e o musgo também. Se este musgo está se alastrando demais é conveniente controla-lo, para que não avance sobre essa grama-preta.

          Abraços

          • bom dia Sr Raul, infelizmente eu não encontrei o sulfato de potássio. poderia ser o de cobre?
            em um outro trecho a grama está apresentando umas pontas nas folhas e fica com o restante indo para a raiz um.pouco cinza/esbranquiçada. isso aconteceu de ontem.pra hj é ela estava verdinha neste trecho. ocorreu mto rápido… seria o mesmo fungo? segue fotos…. obrigada. abraço

            • Bom dia Luciana,

              Em lugar do sulfato de potássio, aplique o equivalente a 4 kg por m² de cinzas de lenha, livres de sal e/ou gordura, podem ser de lareira ou de padaria.

              Sua grama-preta irá melhorar!

              Abraços

  16. bom dia senhor Raul, no meu quintal na época de outono/inverno não bate sol no meu quintal, só no começo da primavera que começa a bater um pouco de sol e no verão já bate 100% tenho um porão no quintal que fica muito que eu gostaria de ta fazendo um jardim vertical com garrafas pets qual tipo de planta posso ta usando para as duas situações com sobra total e depois sol.
    moro na região sudeste, São Paulo capital gosto muitos de flores bem coloridas mas to aprendendo a gostas das plantas só folhagem tbm.

    • Boa tarde José Amilton,

      Para essa situação lhe recomendo estas:

      Peperomia obtusifolia – pepêromia;
      Chlorophytum comosum – clorofito;
      Plectranthus coleoides – planta-vela;
      Plectranthus nummularius – hera-sueca;
      Gloxinia sylvatica – semânia (FOTO);
      Tradescantia zebrina purpusii – lambari-roxo.

      Abraços

      • muito obrigado sr Raul gostei muito das dicas, logo vou começar a preparar o material e ir comprar as plantas.

        abraços.

        • Você merece José Amilton, espero que seu jardim vertical fique de seu gosto!

          Abraços

  17. Comprei uma adenium jovem, porém ela nunca desenvolve. As folhas nascem e logo após amarelam e caem. Não sei como proceder. Teria como o senhor me ajudar?
    Desde já, Obrigada!

  18. Olá Senhor Raul! Comprei uma adenium jovem, porém ela nunca desenvolve. As folhas nascem e logo após amarelam e caem. Não sei como proceder. Teria como o senhor me ajudar?
    Desde já, Obrigada!

    • Olá Marina,

      Adicione ao solo onde o adenium está plantado, o equivalente a 300 gramas de cinzas de lenha livres de sal e/ou gordura, 50 gramas de farinha de ossos e 20 gramas de torta de algodão. Afofe em seguida para penetrar melhor e regue de forma comedida.

      Isto irá melhorar o desenvolvimento de sua rosa-do-deserto.

      Abraços

      • Obrigada pela informação!!

        • Você merece Marina!

          Abraços

  19. Tenho algumas mudas de agavia palito e no centro estão ficando roxas/escuras. O que pode ser?

    • Taís,

      Pode ser excesso de água; deve rega-las menos.

      Adicione ao solo um pouco de areia e de carvão bem moidinho. Isto vai melhorar seu Agave geminiflora – agave-palito.

      Abraços

  20. Eu esqueci. Eu sou de São Lourenço – MG

  21. Boa noite! E essa orquídea, qual é o nome?

    • Oi Luciene,

      Acho que é uma Phalaenopsis.

      Abraços

  22. Boa noite! o Senhor sabe o nome dessa orquídea!?

    • Luciene,

      Esta é uma Cattleya labiata “Alba”.

      Abraços

  23. Prezado professor,
    Complementando minha pergunta, moro em Brasília- DF. Trepadeira jade vermelha doente, ajuda!
    Obrigado

  24. Bom dia Professor Raul,
    Por favor me de uma orientação, eu tenho uma trepadeira jade vermelha que após dois anos de espera deu seus primeiros cachos, mas junto com eles apareceram umas manchas nas folhas como um halo amarelo e o interior preto ou marrom. Esses pontos estão se espalhando por toda a planta, as folhas infectadas começam a ficar amareladas e se soltam dos galhos. Não sai mais brotos e esses galhos estão secando. Por favor como eu resolvo isso, ela está em um pergolado com madeira roliça, eu adubo, troco a terra, dizem que pode ser fungo mas não sei como tratar. Conto com sua ajuda, desde já agradeço esse nobre trabalho que o senhor faz em ajudar pessoas leigas a cuidar de suas plantas.

    • Bom dia Hackenhar,

      Sua jade-vermelha foi atacada por ferrugem. controle esse fungo da seguinte maneira:

      – Ao regar (sempre de manhã) não molhe as folhas;
      – Tente retirar as folhas doentes e queimei-as;
      – Pulverize três vezes, semanalmente, com Calda Bordalesa.

      Abraços

  25. Boa noitdd Raul, minhas palmeiras estao com esse problema nos caules. Ja usei a solucao de sabao com querosene , mas nao surtiu efeito. Poderia me ajudar?

    • Bom dia Ilza,

      Não imagino qual é o problema de suas palmeiras, poderia ser mais explícita?

      Abraços

  26. Boa Noite Professor.
    O senhor poderia nos indicar um lugar confiável para compra de sementes de Ypês?
    Desde já agradecemos.

  27. Oi, Raul, como vai?
    Você pode me dizer por favor se esta orquídea é uma Cattleya ou não?
    Muito obrigada!

    • Oi Maria Teresa,

      A foto que nos enviou pelo Messenger é de uma Cattleya, embora não consiga precisar exatamente qual variedade.

      Abraços

  28. Boa noite, Raul. Como vai?
    Poderia me ajudar a recuperar minha hortelã? Ela está com as folhas pequenas e muitos galhos secos. O que devo fazer para recuperá-la orgânicamente?
    Até pensei em podar agora, mas como estamos no inverno, comas baixas temperaturas e geadas, tive receio de piorar a situação.
    Sou de Socorro/SP.

    • Bom dia Valmir,

      Para recuperar a robustez de sua hortelã, faça o seguinte:

      – Retire os galhos e folhas secas;
      – Pulverize três vezes, semanalmente, com Cupro Dimy;
      – Polvilhe cinzas de lenha livres de sal e/ou gordura no solo e afofe.

      Abraços

  29. Prezado Raul,

    Plantamos a grama Bermudinha há uns 70 dias, na mudinha (pequenos tufinhos), em Brasília, que, no momento, faz bastante frio à noite, e muito calor e seco à tarde. Percebo que a grama evoluiu muito pouco, e ainda não cobriu toda a terra. Nosso solo foi compactado, aterrado, é bem duro, argiloso. A irrigação é feita por 3 a 4 dias na semana. Foi recomendado jogar a terra adubada na proporção de 100g para cada m2 para o crescimento melhorar. Em algumas partes as mudinhas inda estão verdes e em outras amareladas.

    Munha Dúvida:
    Faz essa cobertura da terra como recomendado agora? ou espero o inverno passar? ou como proceder para as mudinhas fecharem a terra?
    Obrigado

    • Olá Thiago,

      Até outubro Brasília deve suportar uma estiagem alta, portanto não deixe de regar (sempre na parte da manhã) diariamente. Se o solo é muito compacto precisaria de areia para torna-lo mais permeável. Faça uma cobertura com ela no final de setembro e afofe o tereno superficialmente, para que penetre melhor. Em outubro aplique 30 gramas por metro quadrado do fertilizante Dimy Grass e repita esta aplicação em fevereiro.

      Abraços

  30. Tenho varas paredes do jardim, há muito tempo, cobertas com falsa hera – unha de gato. Começaram a aparecer partes onde as folhas vão amarelando e acabam caindo, ficando apenas as raízes aparentes. Usamos óleo de Neem e nos pareceu que em volta às folhas começavam a nascer outra vez porém outros paço surgia com o mesmo problema. Não sabemos mais o que fazer. Precisamos de ajuda. Estou enviando fotos e aguardo ansiosa um conselho. Moro no Alto da Tijuca no estado do Rio de Janeiro.