Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Pergunte ao Raul – 2022

ATENÇÃO LEITORES

Informe na sua pergunta a sua região(Cidade e Estado). Pois estes dados são fundamentais para a elaboração precisa de sua resposta.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5.460 Comments

  1. Bom dia, querido Raul!
    Gostaria de saber porque meu antúrio ainda botão tem apresentado manchas marrom

    • Bom dia Nilza,

      Possivelmente seu antúrio foi infestado por fungos. Para acabar com essa doença misture 3 partes de água com 1 parte de Leite de Magnésia Phillips e pulverize com essa solução. Repita isto três vezes, semanalmente, borrifando a muda em local sombreado.

      Abraços

  2. Prezado Raul,
    Comprei um jasmim dama da noite pelo cheiro, que dizem ser bem intenso.
    No entanto o meu floresce, mas as flores não tem cheiro. Não entendo esse mistério. Ele foi adubado com forth orquídeas floração e, por último, farina de ossos.
    Está com muitas flores, porém sem cheiro.
    Pode me ajudar?

    • Bom dia Silvia,

      O jasmim-da-noite (Cestrum nocturnum), precisa de sol pleno para exalar perfume à noite, quando as flores abrem, durante o dia não aromatizam. Em locais sombreados muitas flores não conseguem abrir, diminuindo consideravelmente a fragrância.

      Suspenda a adubação do Forth Orquídeas e aplique novamente a farinha de ossos daqui a seis meses.

      Desta maneira ele irá perfumar mais intensamente.

      Abraços

      • Ele fica em sol pleno. Moro no Recife /PE. O sol aqui é forte demais. Ele tem sol o dia todo. E tb já desci a noite para ver se as flores tinham cheiro. Nada. Um verdadeiro mistério! Vou fazer o que vc orientou. Obrigada!

        • Pois é, Silvia,

          Talvez o motivo pelo qual as flores não tem perfume, seja a origem da muda. É muito raro, porém pode ser um fator genético.

          Abraços

  3. Raul boa tarde. Espero que esteja tudo bem com vc.

    Para grama esmeralda qual melhor NPK 10 10 10 ou o NPK 20 05 20 para manter a grama fofinha e verde. Agradeço pelos seus ensinamentos. Um grande abraço.

    • Oi Julieta,

      Embaixo está minha resposta a sua pergunta.

      Abraço grande

  4. Raul boa tarde. Espero que esteja tudo bem com vc. Tenho 300 m2 de grama esmeralda no meu jardim e gostaria de sua orientação: 1 x ao ano coloco areia média lavada. Porém, antes corto o gramado e coloco calcário. 15 dias após coloco a areia e coloco NPK 10 10 10 ou o melhor é o NPK 20 05 20 para manter a grama fofinha e verde. Agradeço pelos seus ensinamentos. Um grande abraço.

    • Bom dia Julieta,

      Em lugar desses NPKs sugiro um fertilizante mais adequado para a grama esmeralda, é o Dimy Grass, que possui em sua formulação 25% de nitrogênio, 05% de fósforo, 15% de potássio e mais micronutrientes essenciais. Ele deve ser usado aplicando 30g por metro quadrado, a cada três meses, evitando sua utilização nos meses frios.

      Abraços

  5. Boa tarde Raul, tudo bem com vc?
    Há dois anos, vc me ajudou com alguns resedás (Lagerstroemia indica) que plantei em Monte Verde. Na época, já estavam com DAP 03, e haviam sido plantados há mais de 01 ano. Contudo, nunca deram flores. Sua recomendação foi usar farinha de osso e superfosfato simples na projeção da copa. Já fiz o procedimento e o repeti o ano passado, mas até hoje não temos flores. Devo desistir?
    Desde já, muuuuito obrigada!

    • Bom dia Juliana,

      Tente adubar com o fertilizante Forth Flores, ele tem uma fórmula específica que estimula a floração.
      Use ele quinzenalmente, colocando 50 gramas no pé dos resedás, evitando o contato com os troncos.

      Abraço

  6. A planta “confete” hypoestes é tóxica para animais?

    • Ivolaine,

      A Hypoestes phyllostachya, de acordo com o NC Extension Gardener e a ASPCA, não é tóxica para os animais, embora possa causar algum desconforto se ingerida em quantidade.

      Abraços

  7. Raul precisa muito de sua orientação. Preciso fazer um transplante de um plátano adulto dap35 tenho urgência em transplantar mas tbm não quero perder a árvore . Seria possível esse transplante agora entre fevereiro e março ?
    Grata/ Rosinei

    • Rosinei,

      O ideal seria esperar o outono, que é quando o plátano perde as folhas e entra em repouso. No verão, nele, a seiva circula intensamente, o que causaria um estresse enorme se for transplantado.

      Você poderia fazer uma poda, visando remover todas as folhas agora. Assim ele sofreria menos com o transplante.

      Abraços

  8. Raul Boa tarde. Necessito mais uma vez do seu socorro. Há uma amoreira na calçada que nasceu sozinha e está no cimento junto ao poste de luz. Sempre foi verdinha, embora nunca deu frutos, amaeaçava, mas não vingava. Podei em novembro e estava brotando lindamente. De repente as folhas dos ramos laterais começaram a murchar, e os ramos centrais por enquanto estão verdes. Fui verificar o tronco e na base conforme a gente mexe, sai cascas, vi alguns bichinhos pequeninos do tamanho de formiga, saiu do tronco algo parecido com um verme, o corpo anelado e de cor esbranquiçada.O que eu tinha naquele momento era o sulfato de cobre e borrifei. O que posso aplicar para combater e salvar esta árvore (Será que é broca?). Estou pensando em cortar os galhos com as folhas secas e quebrar a calçada formando um canteiro com terra para ela.Me oriente por favor. Desde já sou grata. Sou de São Paulo – Capital

    • Boa tarde Teresa,

      Pela sua descrição essa amoreira foi infestada pela broca-da-amora (Eulechriops rubi) Para combate-la proceda assim:

      – Faça uma poda, com a retirada e queima dos ramos danificados;
      – Pulverize com inseticidas químicos a base de malationa, fenitrotiona, clorpirifós ou deltametrina.

      Acho que deve procurar um defensivo eficaz para o controle dessa broca em casas de produtos agrícolas, já que não existe nenhum pesticida registrado.

      Abraços

  9. Bom Dia Raul,
    É Francine de Curitiba novamente.
    A planta Cinerária Jacobaea Maritima aceita podas drásticas?
    Tenho uma formação antiga e gostaria de saber se consigo renova-lá e remover um pouco sua altura.
    Obrigada mais uma vez!!!

    • Bom dia Francine,

      Sim, ela aprecia podas a cada dois anos. Pode suprimir os ramos deixando a planta com uma altura de 10 a 25 centímetros de altura, ela brotará em poucos dias.

      Abraços

  10. Olá mestre Raul, preciso de uma ajuda com minhas hortencia. Estão com as folhas amareladas e com várias mancha como se fossem pintas pretas. Elas são mudas pequenas e estão a pleno sol.

    • Olá Rodrigo,

      Sua hortência foi infestada por fungos, possivelmente Mancha de Corynespora.

      Proceda da seguinte maneira:

      – Faça um poda de limpeza, eliminando as folhas afetadas;
      – Evite molhar as folhas quando rega;
      – Faça três pulverizações com Forth Cobre, semanalmente;
      – Intercale com outras três feitas com Forth Enxofre;
      – Adube com 500 gramas de torta de algodão, por m².

      Isto irá resolver o problema.

      Abraços

  11. Gostaria de uma opniao : Estou querendo plantar Uvas e nao sei qual tipo de Uva plantar ,queria uma que fosse mais resistente a pragas e adequada para a regiao que moro ( Vespasiano / Minas Gerais) mas que fosse mais doce ,tipo nao tao azeda. Pesquisei sobre a Niagara mas nunca provei dela. Poderia me dar sugestoes? Obg

    • Bianca,

      A uva Thompson é doce, com frutos alongados e sem sementes. Indicada para sua região.

      Compre mudas enxertadas, elas frutificam mais rápido.

      Abraços

  12. Tenho um pe de laranja muda enxertada que plantei há um ano e alguns meses e ainda é nova nao da frutos. As folhas novas que nascem estao enrugadas ,dobradas . Qual adubo vc recomenda?? ,como nao sabia coloquei um pouquinho do NPK 10,10, 10.

    Vespasiano / Minas Gerais.

    • Bianca,

      Se as folhas novas ficam enrugadas pode ser sinal de ataque de ácaros.

      Para combater essa praga faça três pulverizações, semanais, com Forth Enxofre e outras três, separadamente, com calda bordalesa, estas quinzenalmente, também, por causa da reflexão da luz, uma camada fina de casca de arroz no pé da laranjeira os inibe.

      Abraços

  13. Boa Noite, Sr.Raul. Como vai?
    Plantei uma muda de Araucária tem uns 4/5 anos mais ou menos. Percebi recentemente que as agulhas da parte de baixo da muda parecem estar secando. As botações de cima seguem normais.O que posso fazer nesse caso?

    Abraços e um bom começo de ano!

    • Bom dia Valmir,

      Esse sintoma pode indicar a presença de fungos, talvez Fusarium. Esse fungo causa murchidão entrando através da
      raiz.
      Proceda assim:

      – Diminua drasticamente as regas;
      – Adicione ao solo 300 g de calcário dolomítico misturado
      com 30 g de sulfato de potássio, revolvendo até uma profundidade de 10 cm;
      – Regue com extrato de casca barbatimão a 5%
      – Pulverize todo o canteiro, onde está plantada a araucária, com Ecotrich, um fungicida formulado a base do fungo Trichoderma.

      Abraços

      • Muito obrigado!

        • Você merece, Valmir!

          Abraços

  14. Oi seu Raul. Bem? Gostaria muito de fazer seu curso já que estará perto de minha cidade no Paraná. Mas não sou adepta a vacina. Não vou tomar. Existe um meio como recorrer e poder participar? Ou não?

    • Oi Ivolaine,

      Se tomar precauções, como uso de máscara, álcool gel e distanciamento, pode participar.

      Qualquer coisa fale comigo no dia do curso, no início do mesmo.

      Abraços

  15. Bom dia!!

    Raul, Dieffembachia e Aglaonema são a mesma planta?

    Obrigada e boa semana!

    • Não Catalina,

      A única ligação entre elas é que são da mesma família, Araceae.
      Há mais ou menos 50 espécies de aglaonemas e 40 espécies de dieffenbachias. As primeiras incluem algumas com folhas muito coloridas, em tons avermelhados.

      Abraços

  16. Olá Raul! Sou de São Carlos, SP. Obrigada por compartilhar tanto conhecimento!
    Eu tenho uma dúvida sobre o plantio de árvores em jardins internos, como os chamados jardins de inverno. Qual a mais ideal para ganhar altura e continuar esguia. Obrigada!

    • Olá Fernanda,

      As mais indicadas para jardins de inverno, onde a luz do sol é escassa, são:

      – Schefflera actinophylla – árvore-guarda-chuva;
      – Ficus triangularis – ficus triangular;
      – Ficus elastica “Burgundy” – falsa-seringueira;
      – Ficus Lyrata – figueira-lira.

      Todas aceitam bem a sombra e podem ser mantidas com o tamanho desejado mediante podas.

      Abraços

  17. Bom Dia Raul,
    Logo nos veremos em Curitiba!
    Tenho sempre dúvida se devo ou não fazer uma poda drástica, bem baixa, em Moréias.
    Tenho um cliente em Curitiba com uma longa linha de moréias e elas são bem antigas, grandes touceiras.
    Infelizmente os cães se deitaram sobre algumas delas e o centro amassou.
    Se for possivel poda-lás acredito que eu deva fazer isso após o inverno, correto?
    Tambem já pensei em realizar a poda de limpeza, mas creio que eu vá levar uns 3 dias…rsrsrsrrs. Por isso pensei na poda drástica.
    Quanto tempo elas levam para rebrotar? Sei que se fizer na época errada, elas demoram um bom tanto.
    Obrigada por compartilhar, Francine.

    • Bom dia Francine,

      Realmente a melhor época para podar as moreias é no final do inverno ou no início da primavera, deixando-as com uma altura de 20 centímetros após o corte. Elas brotam de imediato, soltando folhas novas em menos de 3 semanas.

      Agora pode ser feita uma poda menos radical, eliminando as folhas secas e tombadas, durante a Lua Minguante de 23 de fevereiro a 2 de março, período em que a planta repousa.

      Abraços

  18. Boa noite, Raul .

    Pode me esclarecer duas dúvidas?

    Azaleia em vaso de barro pode ficar no sol forte?

    Depois de diluido em água, quanto tempo dura o sulfato de cobre?

    Grande abraço.

    • Bom dia Catalina,

      Sim, a azaleia precisa de sol pleno, com exceção daquelas cultivadas em estufa que necessitam de meia-sombra.

      É recomendável o uso imediato do sulfato de cobre, depois de preparado.

      Abraços

  19. Bom dia Raul!!!! Tudo bem?
    Faz tempo que não lhe escrevo!!! rsrsrs
    Estamos recolocando árvores no meu condominio, e, logo na entrada, tínhamos uma orelha de macaco que foi atingida pelos ventos fortes que ocorreu na minha cidade (Campinas) há alguns anos. Para repor essa muda, gostaria que me ajudasse a verificar a melhor possibilidade (além da própria orelha de macaco). Estou pensando em árvore centenárias, mas com raízes não super agressivas….. pensei na Swietenia macrophylla (Mogno); Aspidosperma polyneurion (Peroba rosa); Cariniana legalis (Mart.) Kuntze (Jequitibá rosa) e alguma especie da figueira.
    Muitíssimo obrigada!!!!

    • Boa tarde Juliana,

      Seja mais uma vez bem-vinda!

      A orelha-de-macaco (Enterolobium contortisiliquum)é uma árvore de grande porte. Talvez possa planta-la novamente.

      Há muitas opções além das que você menciona, por exemplo:

      Anadenanthera colubrina – angico-branco;
      Handroanthus serratifolius – ipê-amarelo-flor-de-algodão;
      Copaifera langsdorffii – copaíba.

      Abraços

  20. Sr Raul, primeiramente é muito bom poder compartilhar com o senhor dúvidas e medos. Comprei uma chácara 2012 em Atibaia SP , nem percebi que tinha uma palmeira bebezinho nos fundos na área da horta, esse bebê cresceu, e sua circunferência também encostou no muro e deu uma leve entortada deve estar com uns 9 metros, amo esta menina mas a casa fica 2 metros da palmeira, ela corre risco de cair? gostaria de mandar uma foto.

    • Olá Marisa,

      Sim, realmente é muito bom dividir com vocês problemas e esclarecimentos. Esta é minha missão.

      As palmeiras apresentam troncos extremamente flexíveis e por essa razão suportam bem os ventos, impedindo as quedas.

      Acho que não deve se preocupar, embora tenha encurvado.

      Desfrute dela!

      Abraços

  21. Raul
    Estou com uma Pandanus que replantei tem 6 meses
    Folhas estão caindo e secando
    Já passei, óleo de neen, cobre e não melhorou. Ela tem uns 5 metros com 4 braços . Toma bastante sol ( norte )
    Ela fica no interior de sp
    Araçoiaba da serra.

    • Reginaldo,

      É importante que esse Pandanus seja regado diariamente na parte da manhã, umedecendo também as folhas. Ele precisa de bastante água.

      De resto o que você fez até agora está certo, talvez tenha sentido o transplante. Está soltando folhas? Se as mais velhas caem não vejo problemas.

      Abraços

  22. Bom dia

    Raul

    Gostarai de saber se eu plantar grama em um local onde há um piso (não quero quebrar o piso, e vou plantar por cima). A altura para a raiz da grama ficaria entre 10-15 cm
    É poss´veil ter uma profundidade apenas 10 cm para a grama?
    Como não bate sol no local dirarimane, pretrendo por a grama São Carlos, Grama-preta, ou Amendoim.

    ALguma dica?

    Obrigado

    Julio

    • Bom dia Julio,

      Se plantar grama-preta, 15 centímetros de profundidade de solo bom é suficiente, mas é importante fazer entre o piso e o substrato uma camada de 3 centímetros de pedra britada ou argila expandida.

      Abraços

  23. Boa tarde!!!

    Tenho um pé de carqueja em casa e preciso podá-lo (ele está crescendo e indo embora.. rsrs).
    É possível? Como posso fazer? Posso cortar no tronco?

    • Bom dia Lilian,

      Sim, é perfeitamente possível e muito interessante para que a planta fique bonita, aparando os ramos que estão crescendo de forma indevida, assim como os mais velhos.

      Pode cortar os ramos deixando alguns com folhas novas.

      Abraços

  24. Bom dia, Sr. Raul. São Lourenço, MG. Na casa do meu pai, beirando o muro, algumas plantações, uma do lado da outra. Um pé de café, um pé de louro, um pé de camélia, açafrão da terra, figo, manacá da serra( fraco), uma azaléia, outro pé de figo, um pé de uva, outro pé de café, figo, colônia, pariparoba, boldo, e dois pés de tangerina. Tudo isso fica em um canteiro em uma reta, um do lado do outro, pertinho. Papai também tem 8 cachorros e eles ficam soltos nesse lugar. O solo é de pouca profundidade, pois parece que antes havia uma calçada de blocos. O primeiro pé de café, o louro que fica perto desse café e a camélia que também fica perto , aconteceu algo estranho, pois uma lateral desses pés, as folhas secaram e aconteceu a mesma coisa com os pés de tangerina. O que pode ter acontecido??? I que o papai pode fazer para melhorar isso? Ou não tem mais jeito? Eu procurei no livro, porém não achei, pois acho que é bem específico o caso, ou eu não soube procurar. Obrigada pela atenção!

    • Aqui tem chovido muito.

    • Bom dia Luciene,

      Tudo indica uma infestação de fungos. Eles causam esse sintoma, especialmente a Mancha de Phoma (Phoma costaricensis).

      Para combater essa doença proceda assim:

      – Retire na medida do possível as folhas contaminadas e queime-as;
      – Faça 3 pulverizações, semanais, com Forth Cobre;
      – Regue uma vez diluindo 30 g de sulfato de potássio em 1 litro de água;
      – Pulverize as folhas com bórax, intercalando com o Forth Cobre.
      – Faça uma adubação desse canteiro usando o equivalente a 10 litros de cinzas de lenha livres de sal e/ou gordura por m² (podem ser de padaria, pizzaria ou lareira).

      Estas práticas resolverão o problema em um ou dois meses.

      Abraços

  25. olá Sr. Raul, tenho um sítio na serra catarinense, 1400m altitude; gostaria de saber quais árvores, arbustos, frutas e flores são mais adequadas para plantar? gostaria muito de ter próximo à casa um jardim colorido, tanto por flores como folhas que mudam de cor conforme a estação do ano
    obrigada

    • Olá Flávia,

      São vários os arbustos e árvores que mudam de cor no outono, ficando com as folhas amarelas, vermelhas e/ou castanhas. Seguem algumas:

      ÁRVORES:
      Acer atropurpureum – bordo-vermelho;
      Acer negundo – bordo-negundo;
      Acer palmatum – bordo japonês;
      Cercis siliquastrum – árvore-de-judas;
      Fagus sylvatica “Purpurea” – faia-vermelha;
      Fraxinus excelsior “Aurea” – freixo-amarelo;
      Ginkgo biloba – árvore-de-quarenta-dinheiros;
      Larix decídua – lariço-europeu;
      Liquidambar styraciflua – árvore-do-âmbar;
      Populus nigra – choupo-negro;
      Populus tremuloides – álamo-trémulo;
      Prunus cerasifera ‘Pissardii’ – ameixoeira-dos-jardins;
      Quercus rubra – carvalho-vermelho;
      Rhus typhina – sumagre-da-virgínia;
      Spondias dulcis – cajá-manga;
      Tamarix gálica – tamargueira;
      Taxodium distichum – cipreste-dos-pántanos.

      ARBUSTOS:
      Abelia grandiflora – abelia;
      Berberis thunbergii “Atropurpurea” – bérberis-vermelho;
      Cornus sanguinea – cornus;
      Cotinus coggygria – árvore de fumaça;
      Cotoneaster horizontalis- cotoneaster-rasteiro;
      Mahonia aquifolium – maónia;
      Nandina doméstica – nandina;
      Photinia frasseri – fotinia.

      Estas forrações com flores são apropriadas para sua região:

      Begonia semperflorens – begônia cerosa;
      Clivia miniata – clivia;
      Impatiens New Guinea – alegria-do-lar;
      Justicia floribunda – farroupilha;
      Lysimachia procumbens – lizimakia;
      Myosotis sylvatica – não-me esqueças;
      Polygonum capitatum – tapete-inglês;
      Ruellia elegans – ruélia-vermelha;
      Sutera cordata – bacopa;
      Viola odorata – violeta-de-cheiro;
      Zantedeschia aethiopica – jarro.

      As árvores frutíferas ideais para a serra catarinense são:

      Acca selloviana – goiaba-serrana;
      Campomanesia adamantium – guabiroba-do-campo;
      Carissa macrocarpa – ameixa-de-natal;
      Diospyros inconstans – marmelinho;
      Eugenia pyriformis – uvaia;
      Fortunella margarita – kinkan;
      Myrciaria tenella – cambuí;
      Physalis angulata – fisalis;
      Punica granatum – romã;
      Rubus idaeus – framboesa;
      Rubus ulmifolius – amora-preta;
      Vaccinium corymbosum – mirtilo.

      Abraços

  26. Bom dia Raul

    Quando limpo as caixas onde armazeno água da chuva, sempre há no fundo uma espécie de algas.

    Posso colocá-las no composto orgânico? Trariam algum benefício para as outras plantas?

    Se for o caso, preciso esperar que se sequem primeiro?

    Obrigada mais uma vez.

    • Bom dia Catalina,

      Elas são ricas em potássio e cálcio, especialmente e podem ser agregadas ao composto, mesmo úmidas.

      Abraços

  27. Fiz um plantio de Sunpatiens, mais de 300 caixas de mudas. No primeiro mês o jardim ficou lindo, exuberante. De repente as plantas começaram a derreter, com aspectos de murchos com caule mole , pintas pretas e manchas amarelas nas folhas. A primeira descoberta que fiz foi que o jardineiro só estava regando 3 vezes na semana no horário de meio dia. Depois tivemos muitas chuvas no período de outubro e novembro, e estamos com problemas na parte de drenagem do jardim que afogou algumas partes do canteiro, talvez esse encharcamento tenha contribuído para esse problema. E agora apareceram corós, muita larva de besouro, ou seja, estamos infestada de praga. E já perdi mais de 70% das mudas. Porém o maior problema de todos é que ninguém confia na espécie. Já provei que é um híbrido que foi feito para lugares de bastante sol, altas temperaturas, que este é o local ideal pra ela. E mesmo assim, todos dizem que o problema está na fragilidade da espécie que foi um erro ter colocado elas no jardim. É algo que até mexe comigo como profissional, porque sei que é uma boa espécie, mas com esse resultado cheio de problemas e pragas ninguém acredita no potencial da planta.
    Poderia por favor me dar um retorno, uma luz do que pode estar acontecendo. 

    • Olá Tatiana,

      O Sunpatiens é muito mais resistente do que o Impatiens walleriana. Foi uma espécie melhorada geneticamente pela Sakata, apenas precisa de regas diárias, sempre na parte da manhã para evitar doenças fúngicas, o que é comum nela. Nos meses com temperaturas altas necessita de dois irrigações por dia, mas sem deixar o solo encharcado.

      No caso dos corós, pode combate-los usando pó de Paenibacillus popilliae. É uma solução natural em grânulos. Espalhe esses grânulos no canteiro dos Sunpatiens. ele é muito efetivo.

      Também faça três pulverizações, semanais, com Forth Cobre, ele é um excelente fungicida que eliminará as manchas pretas e amarelas das folhas.

      Abraços

  28. Bom dia.
    O senhor sabe me informar onde posso conseguir mudas de SAMANEA SAMAN?

    Moro em Araçatuba – SP.

    Grata

  29. Olá, Raul! Tudo bem? Estava lendo todas as perguntas e respostas dadas para ver qual seria a que mais se enquadrava no meu caso, mas percebi que tem um pouco de todas!! Rsrsrs Então resolvi tirar a dúvida com o senhor mesmo! Kkkk Tenho um jasmim do cabo com uns 12 anos de idade, está plantado no chão, onde não empossa água, mas acaba tendo regas excessivas por estar no tempo e em Brasíliachove muito no final do ano. Ano passado ele começou a secar um galho inteiro, desde a raiz. Sem saber o que fazer, e sem conhecer o senhor, rs, cortei o galho seco. Hoje está com novos galhos secando, os galhos que não estão secando estão pretos (Fumagina, certo?), algumas folhas amarelando e percebi que há tipo um musgo branco dando em alguns galhos. Penso que pode ter sido pelo longo período chuvoso que passamos… O desespero bateu, não gostaria de perder meu velho jasmim! Rs Será que ainda tem jeito? Obrigada

    Abraços

    • Olá Adriana,

      Talvez seu jasmim-do-cabo tenha sido infestado por um fungo de solo, possivelmente fusarium. Para combater essa doença proceda da seguinte maneira:

      – Tente melhorar a drenagem, afofando o solo;
      – Adicione a esse solo 300 g de calcário dolomítico misturado
      com 30 g de sulfato de potássio, revolvendo até uma profundidade de 10 cm;
      – Regue com extrato de casca barbatimão a 5%
      – Pulverize a muda e o solo com Ecotrich, um fungicida formulado a base do fungo Trichoderma.
      – Use uma calda de sabão:

      Corte em pedaços 500 g de sabão, dissolva em 1 litro de água
      quente, adicione 40 ml de óleo mineral aos poucos. Dissolva o
      preparado em água morna e, na hora de pulverizar, utilize 100g
      da pasta para cada 5 litros de água fria. Este é um tratamento para esse musgo branco que deve ser pulgão.

      Espero que sua planta melhore com estes tratamentos!

      Abraços

  30. Olá senhor Raul! Tenho na minha propriedade rural um pé de Jasmim Manga rosa, ele fica no pátio da casa, mas é um local onde as vacas e ovelhas eventualmente tem acesso. Gostaria de saber se o senhor sabe se as folhas do Jasmim Manga podem ser tóxicas para esses animais?
    Sou de Porto Alegre/RS.
    Muito obrigado.

    • Olá Daniel,

      Todas as partes do jasmim-manga são consideradas tóxicas e a seiva pode causar erupções cutâneas em pessoas e animais. Mas os alcalóides dela tornam a planta extremamente amarga, portanto nada palatável. Não acredito que os animais sejam atraídos por ela.

      Abraços

Secured By miniOrange