Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Pergunte ao Raul – 2022

ATENÇÃO LEITORES

Informe na sua pergunta a sua região(Cidade e Estado). Pois estes dados são fundamentais para a elaboração precisa de sua resposta.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5.667 Comments

  1. Raul gostaria de usar a palmeira do viajante aqui no Rio grande do Sul, será possível?Tenho receio em função das temperaturas negativas.
    Obrigada e abraços.

  2. Boa tarde. Mais uma pergunta. Minhas Hortênsia que eram azuis ficaram cor de rosa. Qual adubo posso colocar para voltarem a ficar azuis?

    • Bom dia Coracilda,

      Para que as flores de sua hortênsia fiquem azuis, regue com 1 grama por litro de água de sulfato de amônio, três vezes, a cada dois dias.

      Abraços

  3. Olá seu Raul, tudo bem com o senhor. Pretendo fazer um pergolado de madeira no corredor da minha área de lazer para formar um jardim de inverno. Gostaria de em vez de fazer cobertura de telha, lonas ou vidro, colocar uma trepadeira que passa bastante luminosidade, pois Pretendo colocar orquídeas em baixo. Que tipo de trepadeira posso colocar? Lembrando que na primavera/verão pega umas 8h de sol, já no inverno pega apenas o sol da manhã.

    • Olá Coracilda,

      Lhe recomendo as seguintes, que não são muito densas e permitem a passagem de luz solar:

      Stephanotis floribunda – flor-de-noiva;
      Tecomaria capensis – tecomária-vermelha;
      Clerodendrum thomsoniae – lágrima-de-cristo.

      Abraços

  4. Olá seu Raul. Que planta me indica para cerca viva com crescimento bem rápido?
    Moro em Prudentópolis PR e temos geadas no inverno.

    • Olá Ivolaine,

      Para formar uma cerca rapidamente na sua região, recomendo:

      Abelia grandiflora – abelia;
      Brunfelsia uniflora – manacá-de-cheiro;
      Buddleja davidii – budleia;
      Calliandra twedii – esponjinha-vermelha;;
      Hibiscus rosa-sinensis – graxa-de-estudante;
      Ligustrum sinense “Variegatum”;
      Loropetalum chinense – amamélis;
      Nandina domestica – nandina;
      Photinia frasseri – fotinia;
      Pittosporum tobira – pitósporo;
      Rhododendron simsii – azaleia;
      Spiraea cantoniensis – buquê-de-noiva;
      Viburnum tinus – laurotino.

      Abraços

  5. Boa tarde sr raul.tenho uma trepadeira jade azul,ela esta com 3 metros de comprimento e com as folhas com um verde amarelado,poderia me ajudar com alguma dica?desde ja agradeço,maria José

    • Bom dia Maria José,

      Quando as folhas apresentam uma tonalidade amarelada, significa uma carência de nitrogênio e/ou cobre. Para suprir essa deficiência faça uma adubação com 1 kg de torta de algodão. Lentamente as folhas recobrarão a tonalidade verde.

      Abraços

  6. Bom dia, Sr Raul. Eu procuro algum “arbusto” (não sei se seria o nome adequado) como a Maranta Charuto ou Cyclantus bipartitus mas que possa pegar sol. Quero colocar junto a minha cerca, porém é uma área que pega bastante sol. Muito grata por toda ajuda. Ah outra dúvida, minhas alpinias purpuratas estão com crescimento muito lento. Tem algo que possa melhorar?

    • Bom dia Adriana,

      Eu precisaria saber onde você mora, para lhe aconselhar melhor. Mas para cultivar em uma área ensolarada, junto a uma cerca, aconselho:

      Abelia grandiflora – abélia;
      Allamanda polyantha – alamanda-erecta;
      Breynia nivosa – mil-cores;
      Brunfelsia uniflora – manacá-de-cheiro;
      Calliandra tweedii – caliandra;
      Ervatamia coronaria – jasmim-café;
      Euphorbia leucocephala – neve-da-montanha;
      Galphimia brasiliensis – resedá-amarelo;
      Gardenia jasminoides – gardênia;
      Grevillea banksii – grevílea-anã;
      Ipomoea carnea – ipomeia-arbustiva;
      Ixora chinensis – ixora-vermelha;
      Kopsia fruticosa – cópsia;
      Nandina domestica – nandina;
      Nerium oleander – espirradeira;
      Quisqualis indica – jasmim-da-índia;
      Spiraea cantoniensis – buquê-de-noiva;
      Thunbergia erecta – tumbérgia-arbustiva;
      Tibouchina moricandiana – quaresmeira-arbustiva.

      Para estimular o crescimento da Alpinia purpurata faça uma adubação com esterco curtido de gado e farinha de ossos.

      • Perdão se Raul. Moro em Brasília

        • Adriana,

          Todas elas são aconselháveis, sendo a Euphorbia leucocephala – neve-da-montanha, a mais apropriada por suportar a estiagem de Brasília.

          Abraços

  7. Bom Dia !!!!!
    Tenho uma Cica com aproximadamente 13 anos, mas já faz 8 anos que ela não dá a flor que produz o cheiro no verão. Já tentei adubação

    • Bom dia Katia,

      Tente uma adubação usando 1 kg de farinha de ossos e complemente com o fertilizante Forth Flores.

      Isto irá estimular o surgimento da flor.

      Abraços

  8. Kaizuka prejudica plantas frutíferas próxima? Curitiba Paraná.

    • Luiz Carlos,

      Ela não causa nenhum prejuízo, desde que guardando uma distancia de, pelo menos, 3,00 metros.

      Abraços

  9. Kaizuka prejudica plantas frutíferas próxima?

  10. Rauuilll, tudo bem por aí?
    Tenho um desafio e estou adorando-o porque quero vencê-lo. Poderia me ajudar?
    Foi feito um transplante de uma jabuticabeira de 40 anos na cidade de Campinas/SP. Isso já 1 ano. Parece que todos os procedimentos foram adotados. Mas acho que ela não recebeu água o suficiente. No início ela perdeu as folhas e logo se recuperou. Depois perdeu novamente e hj não tem folhas. Os galhos estão secos. Mas ela ainda está viva.
    Imagino podar todos os galhos secos e deixar os principais. Colocar calcário, húmus de minhoca, torta de mamona e algo mais? Gostaria de ter a sua sabedoria para nao perdê-la!
    Obrigada!!!

    • Olá Juliana,

      Verifique o pH do solo, ele deve ficar por volta de 6,8, sendo abaixo deste índice use o calcário; se o pH do solo for de 5,8 serão necessários 150 g de calcário dolomítico para alcançar o ponto ideal.

      Prefira usar esterco curtido de boi, farinha de ossos, torta de mamona e o fertilizante Forth Jabuticabeira.

      Isto resultará em novas brotações, além de muita água, claro!

      Abraços

  11. Boa tarde, Raul

    Sabe me dizer se o bulbo da Angélica polyanthes vinga no clima quente e úmido.

    Muito obrigada. Abraco

    • Sim Catalina,

      A angélica (Polianthes tuberosa) pode desenvolver bem em Florianópolis.

      Abraços

  12. Olá Raul, tudo bem? Estive na aula Planta certa no lugar certo, em Curitiba, sábado passado. Agradeço muito por abrir este espaço para perguntas e compartilhar seu conhecimento!

    Gostaria de pedir, por gentileza, dicas de plantas, de sol pleno, para usar em vasos numa sacada no 23o andar, onde venta bastante, aqui em Curitiba.

    Uma preocupação é utilizar uma espécie que não tape a vista, mas contribua formando uma moldura.

    • Olá Lenon,

      É um prazer receber sua consulta.

      Para emoldurar essa vista, há vários arbustos que desenvolvem bem, suportando o frio e os ventos. Por exemplo:

      – Abelia grandiflora – abelia;
      – Buddleja davidii – budleia;
      – Gardenia jasminoides – jasmim-do-cabo;
      – Loropetalum chinense – amamélis;
      – Nandina domestica – nandina.

      Todas são indicadas pra cultivo em vasos.

      Abraços

  13. Boa Noite Raul
    No curso em Curitiba vc comentou de uma variedade de formio bem colorido que vem da Nova Zelandia.
    Tenho um conhecido que talvez me consiga sementes.
    Onde encontro fotos e referências de nome cientifico para enviar mais informações para ele?

    Obrigada Francine

  14. Raúl, quantos anos vive a palmeira imperial? Como elas vao dando as folhas e vão crescendo, ficando cada vez mais altas, fico curiosa pra saber o que acontece quando ela pára de crescer. Porque vai chegar um momento que nao crescem mais. Ja estão altissimas! Tenho vinte e duas dessa palmeira no meu jardim. Todas lindas e saudaveis, resistindo bravamente à fortes temporais. Embora eu nunca tenha acrescentado nenhuma adubação.

    Outra dúvida é sobre os filhores delas, que nascem às centenas em volta. Se eu não os arrancasse, esses filhotes ficariam grandes também? 😲

    Querido, espero que esteja muito bem, e sou muito grata, sempre, por toda sua ajuda. Grande abraço

    • Bom dia Catalina,

      Elas vivem entre 150 e 200 anos, dependendo dos cuidados, como adubações, por exemplo.

      Sim, essas novas palmeirinhas também desenvolveriam.

      Um grande abraço!

  15. olá raul,tudo bem,primeiramente quero agradecer pelo empenho de nos conceder sua experiencia e sabedoria.estou para comprar duas palmeiras rabo de raposa para plantar na fachada de um condominio,com porte aproximado de 4 metros e meio ou menor,gostaria de sua opnião a respeito do correto plantio dela,qual adubo mais indicado para o plantio,se eu posso misturar o forth plantio com outro adubo organico no qual a palmeira goste mais.gostaria de uma orientação sua .obrigado.

    • Olá Fernando,

      Melhor do que o Forth Plantio é o Forth Palmeiras e além dele pode usar 1/2 kg de farinha de ossos e 4 kg de esterco de boi para cada palmeira. Estes adubos orgânicos contém magnésio, vital para o bom desenvolvimento da rabo-de-raposa e é de liberação lenta, surtindo efeito por mais de dois anos.

      Abraços

  16. Olá Raul, tudo bem?
    Estou fazendo um memorial de paisagismo e precisava saber a fenologia da arvore Lagerstroemia Indica e do Ipê-amarelo. Não consegui achar em nenhum lugar, será que o senhor poderia me ajudar?

    • seria da Lagerstroemia Indica e da Magnolia liliflora, perdão me confundi.

      • Olá Isadora,

        A Lagerstroemia indica floresce no verão e a Magnolia liliflora no inverno, início da primavera.

        Abraços

  17. Oi Raul. Tudo bem com você? Raul? Como faço para eliminar cochonilhas de raiz? Tenho um canteiro grande de suculentas plantados no chão, em substrato. E outro de impatiens. Se estivessem em vaso seria mais fácil, né?!!!
    Desde já, muuuito obrigada!

    • Oi Juliana,

      Sim o tratamento em vasos é mais simples, mas pode usar o K-Othrine, na dosagem de 8 ml por litro de água, regando o canteiro e utilizando 1 litro de calda para 20m². Isto irá acabar com essa praga.

      Abraços

  18. Bom dia, Raul! Tenho uma muda de filodendro pink pricess que estava se desenvolvendo bem. Porém, há cerca de um mês, ela parou de se desenvolver. A última folha que abriu começou a ficar amarelada, e a folha que ainda estava enroladinha não abriu e começou a secar a ponta. O que pode estar acontecendo? Pode me ajudar? Será que foi o aumento da luz solar devido à chegada da Primavera? Muita água?
    Eu moro em Piracicaba (SP) e a planta fica dentro de casa em frente à porta de vidro da sacada. Toma o sol da manhã até por volta das 9h, no máximo. Eu rego com água do filtro. Obrigada!

    • Bom dia Nádia,

      As folhas enroladas, com a ponta seca, podem indicar a presença de fungos. Faça três pulverizações, semanais, com Forth Cobre, cobrindo as folhas dos dois lados.

      Abraços

  19. Bom dia sr Raul como está?
    Estou impressionado com o site do sr, atenção. Gostaria de umas dicas, porém gostaria de mandar umas fotos e tudo mais. Posso fazer por aqui? De repente se o sr achar necessário uma vídeo conferência, não sei se oferece esse tipo de serviço e o custo. Seria para uma cerca na minha propriedade, grama na sombra, e barrancos. Muito obrigado
    Obs: mandei essa mesma mensagem no whatsapp.

    • agora me responderam no whatsapp, vou mandar por email. obrigado

      • Bom dia André,

        Fico lisonjeado sabendo que gostou do site!

        Você pode enviar fotos a meu e-mail: raulcanovaspaisagista@uol.com.br especifique, também, os detalhes importantes.

        Abraços

        • enviado sr Raul, muito obrigado mais uma vez.

          • Olá André,

            Logo estarei respondendo por e-mail.

            Abraços

  20. Boa tarde Raul, sou a Valéria Jabbur, moro em Belo Horizonte/MG. Faço manutenção em um jardim, que está com uma Pata de Elefante como se as folhas tivessem sido cortadas na tesoura. Tem como eu enviar ma foto?

    • Bom dia Valéria,

      Esse sintoma pode indicar a presença de um besouro-serrador. Combata esse inseto da seguinte maneira:

      Coloque 5 pimentas malagueta em um vidro, acrescentando 200 ml
      de álcool para cobri-las, feche o frasco e deixe-o curtir longe da luz por mais ou menos 3 dias. Depois desse tempo o extrato já pode ser utilizado ou guardado em um local escuro. Normalmente 3 colheres de sopa desse extrato, por litro de água, é suficiente para pulverizar sua pata-de-elefante, repetindo a operação semanalmente por 3 vezes. Faça isto bem cedo de manhã ou no final da tarde, de modo a molhar totalmente as folhas por baixo e por cima e não a regue molhando as folhas, por, pelo menos, 12 horas.

      Abraços

  21. Boa tarde Raul. Tudo bem? Minha vizinha levantou um paredão no muro de divisa e ficou horrível. O paredão ficou mais de 4m de altura. Será que tem jeito de fazer um paisagismo sem prejudicar a construção dela?
    Grata, Coracilda

    • Boa tarde Coracilda,

      Para disfarçar esse muro há varias plantas com formato colunar que possuem silhueta densa, por exemplo:

      Aglaia odorata – aglaia;
      Bambusa metake – bambú-metake;
      Bauhinia galpinii – bauínia-vermelha;
      Carpentaria acuminata – palmeira-carpentária;
      Clerodendron quadriloculare – clerodendro-arbóreo;
      Dracaena fragrans massangeana – pau-d’água;
      Phyllostachys pubescens – bambú-mossô;
      Polyscias guilfoylei – arália-cortina;
      Schefflera actinophylla – cheflera-alta.

      Elas alcançam, mais ou menos essa altura.

      Abraços

      • Obrigada pela resposta. São plantas lindas.

        • Você merece, Coracilda!

          Abraços

  22. Olá Professor Raul,

    Estou com uma dúvida bem pontual e não sei se pode me ajudar. Estava pesquisando sobre coléus (coração-magoado) e me dei conta que tem uma variedade muito bacana na internet, porém tentei descobrir onde posso encontrar e não achei.

    Você sabe onde posso comprar essas variedades de coléus?

    Obrigada!

    São Paulo/SP

  23. Pablo Henrique de Carvalho Manginelli
    Itápolis/SP

    Bom dia, Raul!

    Primeiramente parabéns pela página que nos oferece tanto esclarecimento e de tanto bom gosto. Fico feliz de encontrar algo assim na net. Sou um entusiasta de árvores de flores coloridas. Encontrei sua página pesquisando sobre o Kiri japonês. Porém tenho uma dúvida a perguntar: para paisagismo residencial externo, onde quero plantar 2 arvores em frente minha futura casa, gostaria de sua opinião. Planto 2 ipês de cores e ciclos de floradas diferentes, como o roxo e branco, ou substituo um deles pelo Kiri? E na parte interna, aconselha uma melhor opção a quaresmeira bem podada para mantê-la em no máximo 2 metros de altura? Abraço e, em nome dos apaixonados por paisagismo, muito obrigado.

    • Boa tarde Pablo Henrique,

      Obrigado pelos elogios!

      Prefira os ipês, por serem nativos. Opte pelo manacá-da-serra (Tibouchina mutabilis “Nana”), que alcança de 2 a 3 metros de altura e é mais precoce, começando a florir com menos de meio metro de altura.

      Abraços

  24. Olá, Raul. Eu de novo aqui.

    Gostaria de deixar as flores da hortência na cor rosa mas estou sem calcário dolomítico. Se eu usar cinzas de lenha daria o mesmo efeito?

    Também pensei em deixar arbusto de hortênsias com as flores bem roxas. Nesse caso qual teria que ser o pH do solo, por favor.

    Obrigada e grande abraço

    • Olá Catalina,

      Pode adicionar 6 kg por m² de cinzas de lenha, para alcalinizar o solo e deixar as flores da hortênsia com pétalas róseas. A planta floresce nessa cor com um pH de 7. O sulfato de potássio e as cascas de ovo também aumentam o pH.

      Abraços

  25. Raul, boa tarde.
    Tenho falsa vinha plantada na fachada da minha casa já há mais de 10 anos. Venho sentindo que ela vem enfraquecendo e, no ano passado, sofreu ataque de alguma coisa que deixou grande parte das folhas todas recortadas. Como se estivessem sido comidas por algum bicho. As folhas caíram durante o inverno e, agora estão ressurgindo, mas algumas já está com esse problema nas folhas. Algumas tem micro bolinhas brancas no verso. Me falaram que pode ser um fungo. Posso aplicar fungicida nela?

    • Bom dia Regina,

      Sua falsa-vinha sofre o ataque de ácaros. Em geral muito pequenos, provocam o aparecimento de manchas avermelhadas no dorso das folhas em posição oposta à das colônias, que vivem na parte inferior, evitando a luz solar. Um dos sintomas são
      as verruguinhas que aparecem formando um empolamento na
      superfície foliar, que resulta em uma estrutura oca saliente com a concavidade virada para a face inferior da folha.

      Combata essa praga usando o Forth Acaricida.

      Abraços

  26. Bom dia prof. Sou de Salvador Na . Tenho uma laranjeira muito grande e com muitas folhas Agora ela está carregada mas as laranjas demoram muito para amadurecer. O que devo fazer? Posso posar nessa época? Como devo adubar?

    • Bom dia Virginia,

      Não faça a poda agora, espere o final da frutificação, isto é, depois da colheita.

      Pode fazer uma adubação com farinha de ossos e o fertilizante Forth Frutas.

      Abraços

  27. Bom dia prof. Sou de Salvador Na . Tenho uma laranjeira muito grande e com muitas folhas Agora ela está carregada mas as laranjas demoram muito para amadurecer. O que devo fazer? Posso posar nessa época? Como devo adubar?

  28. Olá professor, venho te pedir uma dica. Eu sei que não é o ideal, mas me apaixonei por uma árvore na Amazônia que chama cacauí. Alguma chance deu conseguir planta-la em Bananal SP 500m de altitude?

    • Olá Monica,

      Não conheço nenhuma árvore com o nome de cacauí, não será cacaueiro? Se for ele é de origem amazônica e o clima de Bananal é tropical de Altitude, pode tentar cultiva-lo em local reparado de ventos.

      Vale a pena tentar.

      Abraços

  29. Mestre, queria orientação para arbustos e árvores para casa de praia, litoral Natal RN

    • Bom dia Geraldo,

      Para o litoral de Natal, estas são as mais indicadas para cultivo em áreas praianas:

      Acalypha wilkesiana “Hoffmannii” – acalifa
      Aechmea aquilega – gravatá;
      Allagoptera arenaria – guriri;
      Allamanda cathartica – alamanda-amarela;
      Anacardium occidentale – cajueiro;
      Aphelandra sinclairiana – afelandra-coral;
      Breynia nivosa – mil-cores;
      Bulbine frutescens – bulbine;
      Caesalpinia pulcherrima – flamoyãzinho;
      Catharanthus roseus – vinca-de-madagascar;
      Cleome hassleriana – mussambê;
      Clerodendrum quadriloculare – arvore-do-cotonete;
      Clerodendron speciosissimum – clerodendro;
      Clusia fluminensis – clúsia;
      Coccoloba uvifera – uva-da-praia;
      Cocos nucifera – coqueiro-da-praia;
      Costus spiralis – cana-do-brejo;
      Cryptostegia grandiflora – criptostégia;
      Dictyosperma album – palmeira-princesa;
      Graptophyllum pictum – graptofilo;
      Heliconia psittacorum – caetê-tocha-dourada;
      Hibiscus tiliaceus – algodoeiro-da-praia;
      Ipomoea asaralifolia – salsa-brava;
      Ixora coccinea – ixora;
      Latania lontaroides – latânia-glauca;
      Malvaviscus arboreus – malvavisco;
      Mussaenda alicia – mussaenda-rosa-arbustiva;
      Mussaenda frondosa – mussaenda-frondosa;
      Neomarica candida – íris-da-praia;
      Neoregelia cruenta – bromélia-neoregélia;
      Pandanus sanderi “Variegatum” – pândano variegado-de-folha-lisa;
      Paspalum vaginatum – grama- seashore;
      Polyscias guilfoylei – arália-cortina;
      Pritchardia pacifica – palmeira-leque-de-fiji;
      Pseuderanthemum carruthersii – pseudoerântemo;
      Quisqualis indica – jasmim-da-índia;
      Roystonea regia – palmeira-real-de-cuba;
      Sabal causiarum – palmeira-sabal;
      Saritae magnifica – saritéia;
      Thunbergia erecta – tunbérgia-azul-arbustiva;
      Tibouchina moricandiana – quaresmeira-arbustiva;
      Turnera ulmifolia – flor-do-guarujá.

      Abraços

  30. Raul, passando só para agradecer sua atenção em me responder.
    Vou fazer tudo direitinho, tenho certeza que vou recuperar meus Jasmim do Caribe.
    Abraços!

    • Sou eu quem agradece, Ana Maria, sua pergunta!

      Abraços

Secured By miniOrange