Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Pergunte ao Raul

ATENÇÃO LEITORES

Informe na sua pergunta a sua região(Cidade e Estado). Pois estes dados são fundamentais para a elaboração precisa de sua resposta.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.

8.553 Comments

  1. POR QUE MINHA CALANCHOE FIRAM COM AS FOLHAS COR DE FERRUGEM ? NÃO SÃO PINTAS AMARELADAS… AS FOLHAS INTEIRAS ESTão marrons, e em várias delas.

    • Alantielma,

      Há uma possibilidade de ser uma doença bacteriana, ocasionada pela rega em excesso ou a má ventilação. Também a fertilização em demasia pode causar isto.

      Doenças fúngicas afetam também os Kalanchoes; Rhizoctonia, Cercospora, Antracnose e várias outras resultam em manchas marrons.

      De qualquer forma deixe a muda em local ventilado e com sol, regue muito pouco e pulverize-a 3 vezes, semanalmente, com calda bordalesa.

      Abraços

  2. Olá Raul! Tô com um Manacá da Serra Anão novinho plantado recentemente em um vaso.Depois de um período de stress pós plantio, onde ele perdeu algumas folhas, finalmente parece ter pegado, mas ele esta com uma doença fungica, parece ferrugem, tem algumas folhas jovens com essa doença. Comprei o produto Forth Cobre (sulfato de cobre), mas estou com medo de usar porque o manacá ta cheio de botões florais, parece que vai dar muitas flores. Posso aplicar esse produto nessa fase? O rótulo do produto diz para não aplicar durante a floração,mas ainda tá começando a formar os botões. Desde já obrigado.

    • Pode sim, Marcelo,

      O Forth Cobre é indicado para controlar essa ferrugem, mesmo estando seu manacá com botões.

      Abraços

      • Muito obrigado! Abraço!

        • Você merece, Marcelo!

      • Bom dia Raul! Fiz a primeira aplicação do Forth cobre (5ml/l), agora estou na dúvida da frêquencia em que devo borrifar o produto para acabar com os fungos que atacam meu Manacá. Valeu!

        • Bom dia Marcelo,

          Faça as pulverizações a cada 10 dias.

          Abraços

  3. Ola.meus pes de coco vem apresentando estes parasitas no tronco.o que fazer?grata.adriana
    Marília. Interior de sao paulo

    • Olá Adriana,

      São líquens crostosos e escamosos e eles não parasitam seus coqueiros. A presença nada tem a ver com parasitose, pelo contrário eles são bioindicadores da qualidade do ar, já que são sensíveis aos dióxidos de nitrogênio, ao enxofre e aos metais pesados, sempre tão presentes nas áreas de grande trânsito automotor onde eles não sobrevivem.

      Para retirar o excesso uma escova, dura, de nylon ou de
      arame pode ser passada nos troncos.

      Abraços

      • qual melhor produto para colocar ao redor do pe de coco? ja li sobre muitos substratos. terra vegetal, Forth coco, e outros. O que vc sugere??grata.adriana

        • Adriana,

          Isto depende do analise do solo, mas o Forth Coqueiros traz bons resultados.

          Abraços

  4. Como faço para meu pé de amoras voltar a produzir, será que tenho que poda-l, e em qual periodo

    • Olete,

      O corte de galhos mortos, doentes ou cruzados deve ser feito no inverno, quando a árvore está dormente. Esses cortes devem seguir o formato da árvore e nunca ter mais do que 5 cm de diâmetro.

      Adubações com superfosfato duplo e farinha de ossos estimulam a frutificação da amoreira.

      Abraços

  5. Olá Raul,
    Tenho um vaso grande com quatro espécies de Comigo Ninguém Pode, mas as folhas estão nascendo marcadas, como se tivessem sido apertadas, enrugafas.
    Como posso tratar isso?
    Obrigada

    • Olá Cláudia,

      Esse sintoma pode indicar o vírus do mosaico Dasheen, muito difícil de controlar, mas use o fertilizante Fosway para alimentar a cada 4 semanas, apenas durante a estação de crescimento.

      Abraços

  6. Caro Raul

    Comprei YOORIN Master Termo Fosfato 5 quilos, no entanto na embalagem não veio a recomendação de uso: Dosagem Freqüência e modo de aplicação.

    Poderia me orientar

    • Boa tarde Jaqueline,

      A dosagem e sua frequência depende de onde será aplicado. No caso de arbustos, entre 100 e 500 gramas por pé (dependendo do tamanho) são necessários nas pre-floradas.

      Abraços

  7. Boa tarde Raul tudo bem? Chamo Valéria, sou de Belo Horizonte, Minas Gerais. Estou com uma grama preta com as pontas das folhas amarelando, conforme foto. A cliente disse não ter usado produto químico e nem jato. Pode ser fungo??? Aguardo
    Obrigada
    Abraços
    Valéria Jabbur

    • Bom dia Valéria,

      Em locais com ar condicionado ou que tenham ambiente muito seco costuma apresentar a ponta das folhas queimadas, como mostra a foto que nos envia.
      Para evitar isto, pulverize 3 vezes por semana com água limpa.

      Entretanto pode ser que essa grama-preta foi atacada pela antracnose. Nesse caso, pulverizações feitas com o fertilizante Forth Solúveis Produtivo, resolvem a infestação, a fórmula garante uma fonte alta de Potássio, necessário
      para criar defesas contra esse fungo, além de fornecer
      Nitrogênio e micronutrientes. O Forth Cobre, usado alternadamente, supre as necessidades de cálcio, cobre e enxofre e é também recomendável.

      Abraços

  8. Caríssimo Raul,

    Estou de volta para uma pequena pergunta: me indique um curso de ikebana em Buenos Aires, algo para se fazer em um mes ou menos…

    Obrigado, e lhe relembro que nos lhe aguardamos em brasília.

    Érico Zorba.

    • Olá Érico,

      Sinto dessa vez não poder ajuda-lo nessa pesquisa. Não sei de nenhum curso de ikebana em Buenos Aires.

      Abraço grande!

      • apesar da minha demora em responder, eu não poderia deixar de lhe agradecer, sempre.

        estou bem ocupado fazendo jardins, por isso minha negligencia em “dar as caras” por aqui. Deixo registrado novamente que o meu discurso de paisagista é fortemente baseado no que você me passou. sua visão de paisagismo não ostentativo, nova renascença, paisagismo do seculo XXI, aprofundamento do paisagista em outras áreas afins…
        tenho trilhado este caminho e começo a me tornar um paisagista. obrigado

        • Caro Érico,

          Muito me alegra saber que passei conhecimentos éticos sobre o paisagismo para você.

          Obrigado pelo carinho!

          Abraços

  9. Olá Raul,
    Sou estagiaria de uma empresa que produz produtos para jardinagem e de uns meses para cá notamos que alguns substratos estão criando fungos dentro do saquinho e alguns cliente até devolveram.
    O substrato é composto por turfa, carvão e pó de pinus.
    Você sabe me informar o porque isto está acontecendo? E o cliente pode usar o produto normal?

    Desde já agradeço e aguardo o seu retorno.

    Att,
    Maria Ketleen

    • Olá Maria Ketleen,

      O responsável pela proliferação desses fungos é, seguramente, a turfa que vocês utilizam. Recomendo que procurem a assistência de um biólogo para solucionar o problema.

      Abraços

  10. Bom dia Raul, novamente me volto para o senhor na tentativa me melhorar a saúde das minhas queridas plantas.Moro no DF, o clima varia entre quente e seco.
    Comprei um croton de folha fina amerela e verde, com +/- 150 de altura. Isso faz uns 3 meses. Há +/- mês metade das folhas começaram a ficar amarelas e consequentemente cairem em seguida. Ele fica em um vaso de 60por40 e nesse mesmo vaso eu plantei mais duas plantas pequenas, uma pleomele e outra que desconheço, ela é verde no centro e no contorno da folha é branca e quanto mais sol ela pega mais essas bordas ficam rosas. Ele pega sol pleno a tarde inteira.
    Não sei se essas duas plantas fizeram mal para meu croton, eu gosto muito dele, muito mesmo e não gostaria que ele morresse.

    • Segue a imagem.

      • Bom dia Isabella,

        Esses sintomas no seu croton são causadas por ácaros vermelhos, que são estimulados por condições quentes e secas. Observe se há manchas avermelhadas no dorso das folhas em posição oposta à das colônias, que vivem na parte inferior, evitando a luz solar.

        Você pode controlar esta praga pulverizando com calda bordalesa.

        As mudas que plantou não influenciam na proliferação dessa praga.

        Abraços

  11. Olá Raul, peço ajuda para cuidar dessa pequena muda de Neem, que apresenta sinais de enfraquecimento. Grata. Monica

  12. Olá Raul, estou com uma muda ainda pequena da árvore Neem, e ela apresenta essas manchas. Pode me ajudar?

    • Olá Monica,

      Sua muda foi atacada pela antracnose, uma doença fúngica.
      Lhe recomendo a poda e destruição das folhas doentes e pulverizações com Fulland, um fertilizante mineral composto
      por fósforo, enxofre e cobre.

      Torço para que isto resolva!

      Abraços

  13. Raul voltando a perguntar passando mais detalhes, minha cidade teresina piaui regiao Nordeste é muito quente, essa epoca as chuvas mais volumosas ja acabaram, minha grama esta apresentando pontos falhos amarelados e quando umido marrons, vindo a ficar com folhas secas e raizes aparecendo. Estou mandando imagem.

    • Mais uma informação… furando o solo hoje percebi que nesses pontos mais amarelados o solo esta oco.

      Entre o tapete da grama e o solo.

      • Olá Kessyo,

        Acredito que seu gramado foi atacado pelo cupim-do-gramado. Ele é responsável por causar manchas amareladas na grama, dificultando a rebrota. Cupins se alimentam das raízes e folhas das gramíneas e formam galerias subterrâneas profundas e difusas, sob o gramado.
        Coberturas com serragem e terra devem ser desconsideradas, dando preferência à areia e à vermiculita, além dos bons condicionadores
        elaborados especificamente para a cobertura de
        gramados.

        As vezes, em casos de infestação ampla, como no seu caso, pode ser necessário o tratamento do gramado com inseticidas. Os mais comuns são o Fipronil e o Malation. Eles são tóxicos e para serem aplicados solicitam o uso de equipamento e profissionais especializados. Acho importante consultar um engenheiro agrônomo.

        Abraços

  14. Bom dia Raul! Tenho um pe de pitanga no vaso e de repente está secando…

    • Você poderia me ajudar? A propósito, ótimo site!! Ainda bem que compartilha o seu imenso conhecimento com todos!

      • Boa tarde Patrícia,

        É difícil dar um diagnóstico analisando a foto que nos enviou. Entretanto pode ser uma infestação por antracnose, podridão-das-raízes e manchas foliares causadas por outros patógenos.

        Recomendo diminuir as regas. 300 gramas de calcário dolomítico colocado no vaso aumentará o pH do solo e ajudará a controlar a proliferação
        deste fungo e além dele pulverize com Biotrich, um composto orgânico a base de ácido úmico, quirela de arroz, melado e Trichoderma sp. E, também com sulfato de cobre, alternadamente.

        Abraços

        • Obrigada pela orientação Sr. Raul! Segue foto mais próxima da folha. Poderá ser excesso de raízes?

          • Não Patrícia,

            Não é por causa do excesso de raízes.

            Abraços

    • Oi tudo bem?Eu moro em recife, e faço colecão de cactus, eles não ficam bonitos,tem alguma ideias p mim?

  15. Olá, Raul
    Tenho uma glicínia doente! Acho que é uma praga no tronco, veja foto. Parece que o caule sangra, há manchas marrons na calçada! Não sei o que fazer. Vc pode me dar uma dica?
    Obrigada
    Yolanda Sestren (Blumenau/SC)

    • Olá Yolanda,

      É resinose e os sintomas caracterizam-se pelo escurecimento e rachadura da casca, formando esse sangramento dos ramos, seguidos de intensa exsudação. Por baixo da casca, se vê um escurecimento dos tecidos que se prolonga até a parte interna do ramo. Faça uma limpeza com um canivete ou faca bem afiada. Retirado todo o tecido atacado, em seguida aplique pasta bordalesa na área lesionada.

      Abraços

  16. Caro Sr Raul, estou muito satisfeita em poder tirar minhas duvidas com o senhor!! tenho um jardim imenso, e que foi infestado por uma lagarta verde, muito, muito estranha. Nao conseguimos identifica-la. Elas queimam e deixam a pele muito dolorida e inchada.
    Ela infestou os anturious, a alamanda, areka e mais umas outras plantas do jardim.
    O que devo fazer? Tambem queria saber como devo melhorar o solo do nosso jardim pois acredito que essas lagartas horrorosas surgiram porque o solo esta fraco…
    muito obrigada!!!
    a casa esta no interior do estadao de sao paulo.

    • E eu feliz em poder ajudar-la, Silvia!

      Pois é, algumas conhecidas também como taturanas possuem espinhos que secretam substancias tóxicas, produzindo uma dor latejante ou inchaço, náuseas e as vezes erupções.

      O Dimypel ou o Agree, são inseticidas biológicos a base de Bacillus thuringiensis, que as combatem.

      Outra dica é dissolver 30 g de permanganato de potássio em 9 litros de água. Pulverizar e repetir durante 3 dias consecutivos.

      Para beneficiar, em termos nutricionais, seu jardim, use, por m²:

      400 g de torta de algodão;
      250 g de farinha de ossos;
      500 g de cinzas de lenha, livres de sal e/ou gordura.

      Abraços

    • Muiiito obrigada por sua gentileza, Sr Raul!!! Tambem fiquei sabendo – pois fui no HC em Sao Paulo, por causa da queimadura da lagarta – que existe um tipo que é perigossima com o nome de lonomia. Temos que ter muito cuidado!

      • Sim Silvia,

        É a Lonomia obliqua, uma lagarta muito perigosa, cujo veneno pode ocasionar hemorragia interna e insuficiência renal, podendo inclusive acarretar a morte.

        Abraços

  17. Oi Raul. Tudo bem? Meu nome é Lucilia, sou bióloga e paisagista e moro em Sertãozinho São Paulo.
    Raul me ajuda. Toda grama São Carlos que planto começa a secar e formar buracos e secar..secar.. até morrer. Peço ao cliente para regar bastante mesmo assim não resolve. Não sei o que fazer. Você saberia me indicar algo ou algum teste que posso fazer?

    • Olá Lucilia,

      A foto indica que essa grama está sendo atacada por alguma praga: cochonilhas, cupim-do-gramado, lagartas, nematoides ou percevejos.

      Faça pulverizações alternadas com Dimypel, óleo mineral e calda de alho. Esta última pode ser preparada assim:

      Esmagar 4 dentes de alho, colocar em 1 litro de água e deixar
      descansar por 12 dias. Depois desse período, acrescentar 10 litros de água, misturar e pulverizar sobre o gramado. Repetir a pulverização após 15 dias.

      Também uma adubação rica em fósforo e potássio colabora para o fortalecimento do gramado. Tente irrigar com Fosway, usando 10 ml por litro de água a cada 60 dias.

      Abraços

  18. Caro Raul, moro em São João da Boa Vista-SP. Gostaria de saber se vc conhece algum site onde posso comprar a espécie: Caesalpinia sepiaria (Yun Shih), também conhecido como maricá ou espinho de cerca. Já me indicaram, mas não é a mesma planta, portanto não estou encontrando facilmente.
    Agradeço
    Denis

  19. Olá, Raul! Sou apaixonada por suculentas, mas algumas estão, apesar de tudo cuidado que tenho para com as minhas, estão apresentando manchas marrons nas folhas, e em outras mancha escura na parte”de baixo” da folha. Será que se eu usar o culto dimy terei sucesso na recuperação das minhas plantas? Desde já agradeço a sua atenção e colaboração!

    • Olá Viviane,

      Essas manchas podem seu um indicio de ferrugem e o Cupro Dimy é, realmente, eficiente nesses casos.

      Abraços

  20. Olá, sou do Rio de Janeiro e gostaria de saber onde posso encontrar por aqui no RJ ou pela internet mudas de Acanto (Acanthus Mollis)

  21. Boa tarde por favor o que passo na minha planta. Ela ficou assim e as folhas ficam amarelas. Obrigada
    Ubiratã parana

    • Boa tarde Bety,

      Sua rosa-do-deserto foi atacada por ferrugem. Elimine as partes atacadas. É aconselhável não molhar a folhagem e fazer uma adubação potássica, dissolvendo 10 g de cloreto de potássio em 1/2 litro de água e regar a muda. Repetir isto mais duas vezes a cada 15 dias. Pulverize-a, também, três vezes, semanalmente, com Forth Cobre.

      Abraços

  22. Olá, sou de Luanda/Angola, minha jabuticabeira tá a um mês sem reação. Foi transplantada recentemente e podada. Recebi de presente vinda do Brasil
    O caule na base parece verde, mas encima nem tanto. Os ramos parecem secos.
    Rego dia sim dia não, e como n em folhas, deixo a meia sombra.

    • Bem-vinda a esta página brasileira Teresa,

      Essa jabuticabeira está estressada e precisará de um tempo para acostumar com o novo habitat.

      Regue-a menos, de modo a manter a terra levemente úmida e pode os ramos secos.

      Abraços

  23. Bom dia Prof.
    É tão bom pode contar com sua valiosa ajuda!
    Tenho um jasmim-manga em vaso 50x50x50cm
    Fiz adubação com esterco de gado confinado, uma colher de sobremesa de farinha de casca de ovos.
    Mas não sei qual a quantidade de sulfato de potássio posso usar. Nem quantas vezes ao ano.
    Posso dissolver o sulfato na água e regar?
    Obrigada pela dedicação e paciência.

    • Moro em Goiânia-GO

    • Boa tarde Elaine,

      Ah, que bom que minhas dicas surtem efeito!

      Pode dissolver 30 g de sulfato de potássio na água e regar em seguida. Esta adubação pode ser repetida a cada três meses.

      Abraços

  24. Ola faço todas as suas orientações.e todas plantas agradecem com flores e beleza.moro em Marília interior de sao Paul o.tempo sexo.o que fazer com grama esmeralda e Mato Grosso que apresenta áreas de seca. Já fiz os procedimentos orientados com areia e outros produtos.esta indicado regar diariamente?suplemento líquido??grata

    • Olá Adriana,

      Se está regando de modo a manter umidade no gramado, não vejo que as áreas secas tenham algo a ver com a irrigação e sim com percevejos ou uma doença fúngica que o afeta, como Brusone, ferrugem, mancha de curvularia, podridão de raízes, queima e Rhizoctoniose. Para evitar problemas:

      • Recolha as aparas de grama, após o corte.
      • Regue diariamente.
      • Regule o corte conforme a estação.
      • Mantenha o ferramental limpo.
      • Não plante grama em áreas de sombra.
      • Não aplique fertilizantes em excesso, especialmente nitrogenados.
      • Pulverize periodicamente com calda bordalesa.

      Se, mesmo assim, o problema persistir, poderá ser eliminado
      com tratamento que utilize como princípio ativo o enxofre.

      Abraços

  25. Minhas Palmeiras rabo de raposa está secando ,e percebi que tem um tacho parecendo uma pancada , más não bateu nenhum tipo de objeto,o que será que pode ter acontecido?
    Já me falaram que possa ser broca o que devo fazer?
    Obrigado

    • Rene,

      São muitas as espécies de brocas que depositam seus ovos nas axilas das folhas. Quando a lagarta nasce, penetra no tronco e constrói galerias entre a casca e o lenho deixando uma trilha de serragem de forma alongada. Quando não controladas a tempo, as larvas causam um enorme prejuízo, abrindo galerias, que podem até levar à morte da palmeira.

      Para combatê-las nas galerias dos troncos
      – Raspe a superfície do tronco com uma escova ou com luvas grossas, de forma a expor a lagarta e eliminá-la;
      – Em seguida pincele o tronco e os ramos com Cupro Dimy.

      Além dessa lagarta há um besouro que também pode afeta-la
      ele se alimenta da madeira soltando uma serragem característica pelos orifícios abertos no tronco.
      Se for este o problema, combata-o assim:
      -Limpe os orifícios com ajuda de um pincel;
      – Ferva 100 g de fumo de corda bem picado em água por 20 minutos. Deixe-o esfriar e coe;
      – Encha uma seringa com o líquido e injete-o nos orifícios abertos pelas brocas;
      – Em seguida vede os orifícios com cera de abelha ou argila.

      Abraços

  26. MEU PÉ DE LARANJA BAHIA ESTÁ FRACO, GALHOS SECOS, PRETOS E PRODUZ POUQUÍSSIMO, SERÁ POR CAUSA DE UM PÉ DE LICHIA, PLANTADO PRÓXIMO A ELA?O QUE FAÇO PARA SALVA-LA? MORO EM ITAPECERICA DA SERRA, SP
    OBRIGADA

    • Criselda,

      Não acredito que um pé de lichia cause qualquer declínio na sua Laranja bahia, a não ser que esteja muito próxima.

      Tente uma boa adubação usando:

      500 g de ureia;
      300 g de superfosfato triplo;
      150 g de cloreto de potássio.

      Misture bem estes três componentes e aplique em volta do pé de laranja a uma distancia de 15 centímetros do tronco. Afofe levemente o solo para os fertilizantes penetrarem melhor e regue em seguida.

      A mesma adubação pode ser repetida a cada quatro meses.

      Abraços

  27. Boa tarde, Raul
    Meu pé de lima está uma doença e gostaria que você me orientasse como fazer para combatê-la. Obrigada!

    • Boa tarde Luciana,

      A foto que nos enviou não está clara como para dar um diagnóstico, mas aparentemente não parece ser uma doença e sim uma praga de pulgões, insetos sugadores, que atacam principalmente as flores e os brotos tenros da lima; formam colônias provocando em seguida perda de seiva, além
      de amarelar e murchar as folhas, que têm limitada sua capacidade de fotossíntese e assimilação.

      O inseticida rural Natural Camp ou o Combat (composto por: Neem, citronela e pimenta) e a calda de fumo, controlam essa praga.

      Abraços

  28. Oi Raul, me ajuda? ..veja você que responsabilidade: uma cliente quer duas árvores, uma para o pai e outra para a mãe dela. Sendo que ela trará os restos mortais em pó para “adubarmos” o berço. História linda. Mas, não quero errar. Estamos em Bananal SP ( estive com vc no Burle Max, há poucos dias), e a preferência dela seria uma branca para a mãe e uma vermelha para o pai. Ela amou a magnólia branca. Será que a magnólia vermelha ( liliflora), iria bem? Na cidade, 10km de distância, temos uma especie da amarela linda…alguma indicação? Pensei na roda de fogo e ou a sol da Bolívia…. ficarão nesse descampado da foto…

  29. Graça Sao Domingos BA. 03 de maio de 2018.
    ola Raul por favor mim ajude a salvar minha palmeira juçara pois o tronco esta apodrecendo e já são duas o que devo fazer Raul?

    • Olá Maria das Graças,

      Sua palmeira juçara foi atacada por um fungo, o Diplodia sp. (queima preta) ou o Triclariopsis paradoxa. Para combate-los use um fungicida apropriado que pode adquirir em uma loja de insumos agrícolas.

      Abraços

  30. PS.
    Campo Grande -MS