Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Pergunte ao Raul

ATENÇÃO LEITORES

Informe na sua pergunta a sua região(Cidade e Estado). Pois estes dados são fundamentais para a elaboração precisa de sua resposta.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.

6.624 Comments

  1. Boa tarde, Sou de Vera Cruz, estado de São Paulo. Moro numa casa com jardim e quintal bem grandes, uma vez que é uma casa muito antiga. No jardim e quintal, tenho muitas plantas antigas que começam a morrer: apresentam uma especie de broca , que tomam o tronco da planta que fica “esburacado”, a planta começa a secar devagar e morre. Assim, perdi uma mangueira, um pé de louro e, mais frequentemente, um pé de camélia.
    Gostaria de receber uma orientação sobre qual produto devo usar para evitar a contaminação em outras plantas.
    Desde já, agradeço.
    Abigail

    • Boa tarde Abigail,

      Para combater essas brocas nas galerias dos troncos, proceda da seguinte maneira:

      – Raspe a superfície do tronco com uma escova ou com luvas grossas, de forma a expor a broca e eliminá-la;
      – Em seguida pincele o tronco e os ramos com Cupro Dimy.

      Ela se alimenta da madeira soltando uma serragem característica pelos orifícios abertos no tronco e nos ramos.
      Se for este o problema, combata-o assim:

      -Limpe os orifícios com ajuda de um pincel;
      – Ferva 100 g de fumo de corda bem picado em água por 20 minutos. Deixe-o esfriar e coe;
      – Encha uma seringa com o líquido e injete-o nos orifícios abertos pelas brocas;
      – Em seguida vede os orifícios com cera de abelha ou argila.

      Abraços

  2. Bom dia, Raul
    Estou confirmando minha presença na visita a Holambra, porém preciso de sua ajuda para conseguir fornecedores em viveiro fechado das espécies Aglaonema e Siderasis. Faço manutenção em um jardim vertical interno e estou com dificuldades em comprar no CEASA.

    • Boa tarde Sueli,

      Fico contente com a confirmação de sua presença, (não se esqueça de fazer a reserva no nosso link: http://www.jardimcor.com/holambra/. Essas duas espécies são cultivadas pela empresa R. Acosta, um dos produtores que visitaremos.

      Abraços e até sábado.

  3. Olá Professor Raul, encontrei várias lagartas destas nas minhas Ráfis, o que posso fazer para impedir qua elas infestem minhas palmeiras?

    Obrigada desde já pela sua ajuda, muitíssimo obrigada!!

    • Desculpe, esqueci de dizer o local, Porto Alegre/RS.

    • Olá Ingrid,

      Pode elimina-las pulverizando com Dimypel, inseticida biológico a base de Bacillus thuringiensis. Ervas como tomilho, manjerona e camomila, também são bons repelentes dessas lagartas.

      Abraços

  4. Boa Noite Professor Raul,gostaria de saber como combater uma praga que surgiu nos frutos de minha jabuticabeira. São pequenos círculos do tamanho da cabeça de um alfinete. Desde já muito obrigada!

    • Boa tarde Leila,

      Os frutos de sua jabuticabeira estão sendo atacados por um fungo, o Puccinia psidii. A doença pode ser identificada quando se verificam essas manchas circulares necrosadas,.

      Aumente a entrada de sol na copa por meio das podas de limpeza, cortando os ramos secos, os mal formados ou em excesso.

      Adube a com esterco curtido misturado com o equivalente a 20 litros de cinzas de lenha livres de sal e/ou gordura.

      Pulverize a cada sete dias (sempre nos finais de tarde) com enxofre em pó molhável, intercalando com Forth Cobre. Três aplicações de cada serão suficientes para controlar a doença.

      Abraços

  5. Outra foto

  6. Ola moro em marilia interior de sao paulo.muito calor.esta palmeira está com folha seca e tronco com orelhinhas brancas.novamente solicitando seus maravilhosos conhecimentos

    • Olá Adriana,

      Para eliminar esses fungos e revitalizar sua palmeira proceda da seguinte maneira:

      – Faça uma poda eliminando as folhas afetadas. Desinfete a tesoura quando acabar a operação;
      – Pincele o tronco 3 vezes com Cupro Dimy, semanalmente;
      – Espalhe sobre a terra onde está plantada 200 g do fertilizante Forth Plantio e revolva o solo superficialmente para que penetre melhor. Regue. Repita esta aplicação a cada 45 dias, interrompendo-a no final de outono. Este produto contém Magnésio, Enxofre, Zinco e Boro, elementos necessários para a palmeira combater esse fungo;
      – Polvilhe, também, o equivalente a 6 litros de cinzas de lenha livres de sal e/ou gordura em volta dela e afofe para que penetrem no solo.

      Abraços

  7. Boa noite sr Raul. minhas arvores fruteiras estao a cair muitas frutas não sei por que. Por exemplo no ano passado fiz uma boa colheita de litcha, agora esse nao produziu quase nada. O que pode impedir a produção de litche. Aténciosamente

    • Bom dia Abdul,

      Isto pode indicar carência de potássio. Cinzas de madeira, vinhaça, cloreto de potássio e sulfato de potássio
      suprem sua deficiência. O aguapé, depois de secado, também é indicado, ele possui 28% de potássio.

      Abraços

  8. ComentárioBOA TARDE SR RAUL, GOSTARIA DE SABER QUAL A DIFERENÇA DE SUN PATIES E INPATIES

    E SE VOCES VENDEM ONLINE?

    GRATA

    • Bom dia Consuelo,

      O Sunpatiens possui pétalas mais espessas e sua folhagem é menos propensa a doenças fúngicas, as hastes fortes e resistentes toleram melhor as altas temperaturas, assim como umidade e chuvas.

      Já os impatiens de outras variedades preferem, em geral, áreas sombreadas, são menos robustos e propensos às doenças bacterianas e fúngicas.

      O Jardim Cor não comercializa mudas de plantas, sendo apenas um blog de conteúdo.

      Abraços

  9. Boa noite! Sr. Raul!!

    Trocamos nossa palmeira de lugar o jardineiro a retirou, mas acredito que nao tirou toda a raiz. sábado teve uma forte chuva e ela tombou, só vi na segunda. Quando chegou a tarde de segunda ela está com as folhas um pouco enrrugaddas e secas. Será que vou perder a Palmeira.

    Muito obrigada pela generosa ajuda!

    • Bom dia Ana Cristina,

      Se o jardineiro, durante o transplante, não cuidou para que a palmeira conservasse suas raízes intactas e a salvo de cortes e machucados, é muito provável que ela sofra com algum declínio aparente, como folhas secas, por exemplo.

      Aprume-a novamente e tutore-a de modo a não tombar novamente nem sofrer qualquer outro movimento que tire a verticalização total.

      Fico torcendo por ela!

      Abraços

  10. Eu gostaria de saber como eu faço para diferenciar a Tetradenia riparia da Commiphora myrrha, eu tenho uma planta dessas em casa mais não sei qual especie é só me disseram que era mirra.

    • Sua pergunta foi respondida em uma outra seção deste mesmo blog.

      Abraços

  11. Bom dia. Minha medinilla magnifica está com folhas escuras, tortas e murchas. O que pode ser? Ela tem que ficar na sombra? Não pode pegar sol nenhum?

    • Bom dia Karen,

      Sim, ela deve ser cultivada em um espaço sombreado, porém bem iluminado pela luz solar indireta e com umidade ambiente alta, mantendo o solo enxuto já que suas raízes não toleram regas excessivas. Elimine as folhas afetadas e faça uma adubação usando uma mistura de farinha de ossos, cinzas de lenha livres de sal e/ou gordura e esterco de galinha.

      Ela vai melhorar!

      Abraços

  12. Boa tarde td bom?
    Gostaria de saber q planta é esta q apareceu no meu jardim.

    Grata

    • Bom dia Silmara,

      É uma caraguatá (Bromelia balansae), bastante comum nas florestas da Mata Atlântica.

      Abraços

  13. Olá professor Raul.
    Boa noite.
    Normalmente esses substratos preparados têm PH neutro.
    Em mistura de terra, esterco curtido e outros, que normalmente
    usamos para plantar em vaso:como saber do seu PH?Tem alguma
    forma pratica para identificar sem usar o peagômetro?
    ;

    • Olá Claudene,

      Não, só com um peagômetro podemos determinar o pH do solo. É bom saber que adubos podem acidificar ou alcalinizar o solo. O salitre do chile, por exemplo, possui reação alcalina, já o sulfato de amônia acidifica e as minhocas, cujo número deve girar em torno de 25 indivíduos por m2, neutralizam o pH.

      Abraços

  14. Oi, Raul! Preciso de ajuda.

    Tenho um antúrio e rego ele duas vezes por semana. Moro em Recife-PE e desde que trouxe ele pra casa, as folhas tem amarelado com bastante rapidez e as flores secaram rápido. O que pode estar acontecendo? Ele fica na minha mesa da sala, recebe claridade da varanda, mas não bate sol diretamente.

    Agradeço desde já!

    • Oi Bruna,

      É possível que essa muda tenha recebido adubação química em excesso durante seu cultivo. Remova as folhas afetadas com a ajuda de um canivete ou tesoura bem afiados e, depois de remover superficialmente a terra do vaso, adicione 3 colheres de borra de café e 5 colheres de torta de mamona. Mantenha o solo enxuto, não regue demais e faça pulverizações com um borrifador usando água mineral.

      Abraços

  15. Olá Sr. Cânovas!

    Sou do município de Cotia em SP, sigo suas publicações do JC e vídeos pelo youtube, e recentemente me aventurei a colocá-las em pratica em minha casa. A partir desta experiência, surgiram algumas situações que não tenho encontrado documentação à respeito, e agradeço muitíssimo sua orientação para as dúvidas que seguem, em Maio deste ano, adquiri as plantas no CEAGESP e segui com o replantio em solo.

    – Este Pandanus Utilis está amarelando, surgindo manchas em suas folhas. No replantio, fiz a cova cobrindo-a com terra preta adubada, e recentemente no inicio da primavera, coloquei um pouco de adubo NPK 10-10-10, aproveitando o período de chuvas. Pela foto, poderá observar que há um ladrão de água pluvial que escoa o excedente de chuva e água das áreas internas da casa, ou seja, esta área em que o Pandanus esta plantado sempre esta mais úmido do restante das outras áreas.
    O que posso fazer para recuperar este Pandanus?

    – Rente ao muro plantei formio variegata, sob solo recoberto por grama São Carlos, porem não sei se a grama devesse ser mantida afastada destas plantas, se a grama pode interferir no desenvolvimento de outras espécies. Devo remover a grama em volta?

    Mais uma vez, agradeço sua ajuda e orientação!

    Marcos Paulo

    • Bom dia Marcos Paulo,

      Não vejo nada de anormal no seu pandanus, apenas deve ter sofrido estresse no transplante e está se habituando ao novo local. a umidade permanente favorece o desenvolvimento e a grama não é obstáculo para ele. Cuidado com o excesso de adubação química, prefira o estrume animal, a farinha de peixe ou de sangue e a torta de algodão.

      Abraços

  16. Boa tarde sr Raul, Estava a dizer que; Na horta posso usar
    25 gramas por metro
    quadrado dividido em
    3 aplicações mensais
    diluídas em água .
    Simultaneamente e tambem
    posso usar 50 gramas
    de um NPK, na
    fórmula 10-5- 10 +
    micronutrientes
    diluído em água a
    cada 30 dias . A minha pergunta e: a rega das plantas posso fazer normalmente depois de ter fertilizado? Atenciosamente

    • Boa noite Abdul,

      O ideal é não regar imediatamente após a adubação, já que os fertilizantes seriam demasiadamente diluídos.

      Aguarde 24 horas para fazer a primeira irrigação após essa adubação.

      Abraços

  17. Olá, Raul! Boa tarde!
    Há um mês atrás, você me orientou sobre a quantidade correta de substrato, areia de rio e carvão vegetal para suculentas em vasos de vidro. Agradeço a sua atenção.
    Gostaria de saber se posso decorar o vaso de vidro com areia dolomita colorida. Ela ficaria junto às paredes do vaso. A suculenta seria plantada no centro do vaso com a mistura de substrato, areia de rio e carvão.
    Minha dúvida é devido ao pH alcalino da dolomita. Se mesmo não estando em contato direto com a raiz, ela poderia prejudicar a drenagem necessária para a suculenta. Muitos mini jardins são decorados com areia em cores variadas, e na maioria das vezes, areia colorida só encontro a dolomita e raramente areia de quartzo.
    Obrigada! Abraços!

    • Rosane, boa tarde,

      Sua pergunta já foi respondida. Não vejo problemas em utilizar esse material.

      Abraços

      • Obrigada, Raul!
        Não tinha visto a resposta anterior.
        Grande abraço!

  18. Olá Raul Gostaria de sua ajuda, preciso combater a “braquiária”, no gramado, moro em curitiba, preciso fechar alguns buracos na grama “nivelar”, para isso utilizo areia + forth jardim condicionador? Pensei no veneno Kanipa pode ser?

    Obrigado… e Parabéns pelo Blog.

    • Olá João Francisco,

      – Mantenha o gramado com corte baixo;
      – Capine para erradicar aos poucos a braquiária;
      – Faça uma cobertura de 1 centímetro composta por 80% de areia média e 20% de Forth Condicionador Gramados e use 30 g do fertilizante Dimygrass por m². Esta cobertura pode ser repetida a cada 30 dias, fortalecendo o gramado e erradicando aos poucos as ervas daninhas.

      Abraços

  19. Segue foto.

    • Oi Sonia,

      Agora que reparei na foto que nos enviou. Essa mudinha pode ser retirada com cuidado, usando uma pazinha para preservar a raiz. Em seguida pode ser transplantada para um vaso que deve permanecer em local sombreado, livre de correntes de ar durante 30 dias. Após esse período pode ser levada a uma área ensolarada.

      Não molhe as folhas quando a regue, apenas o solo sem encharca-lo.

      Abraços

  20. Moro no Município de Maricá, Estado do Rio de Janeiro, e da última vez postei uma dúvida aqui foi porque minha Cica Revoluta apresentava uma protuberância no centro dela. Agora ela virou mamãe!!! Mas não sei como vou retirar a muda porque ela está em um vaso e tenho receio em perdê-la por falta de orientação. Por favor me ajude!
    Muitíssima grata!!! Parabéns pelo blog

    • Olá Sonia,

      Essa protuberância é a flor transformando-se em fruto. Mas como a Cycas é dioica, isto é, uma planta em que os sexos se encontram separados em indivíduos diferentes, precisaria de uma outra Cycas do sexo oposto para fazer a polinização.

      Essa espécie também solta mudas laterais, estas sim podem ser separadas da planta-mãe.

      Abraços

  21. Raul boa noite tudo bem tenha uma kaizuka de 5 m de altura com 10 anos de vida agora apareceu aquelas abelhas pretas e as folhas estão ficando amarelada estão caindo como faço para acabar com essas abelhas obrigado boa noite

    • Bom dia Juarez,

      Os ninhos dessas abelhas devem ser localizados e destruídos. As plantas atacadas podem ser protegidas com armadilhas adesiva X-315, da 3M.

      Abraços

  22. Olá Sr Raul

    Mas uma vez venho pedir a sua ajuda.
    Tenho um arvore reseda e observei que ele está sendo atacado por algum bicho que nao sei qual é.
    O que eu faço pra combater.
    Muito obrigada pela sya ajuda, não quero que meu pé de reseda morra.
    Obrigada
    Laura

    • Olá Sr Raul

      Mas uma vez venho pedir a sua ajuda.
      Tenho um arvore reseda e observei que ele está sendo atacado por algum bicho que nao sei qual é.
      O que eu faço pra combater.
      Muito obrigada pela sya ajuda, não quero que meu pé de reseda morra.
      Obrigada
      Laura

    • Olá Laura,

      Seu resedá foi contaminado pelo oídio.
      Com temperaturas suaves e umidade alta, esse fungo aparece em
      ambas as faces da folha, revestindo-a com uma poeira cinzenta. Ataca principalmente as brotações que recebem menos sol.
      Pétalas de flores também podem ser atacadas.
      Este fungo afeta principalmente os resedás.

      Pulverize 3 vezes com creolina a 1%.

      Abraços

  23. Boa tarde meu nome é Celma,moro em Araxá(MG) ,triangulo mineiro ,estou numa peleja com um pé de jabuticaba ja a mais de tres anos,é uma muda enxertada que comprei,e ela nao desenvolve,gostaria de saber se posso colocar yorin e como que coloco,se pode encostar no pé ou se tenho que colocar longe do pé, e me de mais umas dicas,porque a pessoa que me vendeu disse que em dois anos ela estaria produzindo,e agora ja com mais de tres e nada e minha mae tambem esta com umas covas de quiabo e tem alguma coisa cortando a rais e matando os pés,o que pode ser?o que devemos fazer?
    Obrigada,tenha uma ótima tarde

    • Boa tarde Celma,

      A jabuticaba precisa de sol e de regas abundantes. Isto é fundamental para seu desenvolvimento. Se estes itens foram resolvidos a causa pode ser o enovelamento das raízes, fato que impede o crescimento da muda. Neste caso a planta deve ser desenterrada para desenroscar o sistema radicular e, em seguida, planta-la novamente em um bom substrato que pode ser enriquecido com o Yoorin K, um fertilizante potássico que contém fósforo, potássio, cálcio, magnésio e micronutrientes. O Yoorin não deve entrar em contato direto com o tronco da árvore.

      A broca-da-raiz pode estar atacando seus quiabeiros. Terra úmida ou áreas de próximas de rios ou cursos d’água com matéria orgânica, são favoráveis à ocorrência da praga. Essa broca surge também em anos chuvosos durante o outono
      e inverno.
      O Pironat (extrato pirolenhoso, obtido pela condensação
      da fumaça, proveniente da queima de lenha) e o Biofertilizante PF.podem controlar essa praga. além disto recomendo a seguinte receita:

      EXTRATO DA FOLHA DE NEEM
      Bata no liquidificador 250 g de folhas verdes com 2 litros de água.
      Depois, deixe em local sem incidência de luz por 12 horas. Filtre e dilua em água para obter 20 litros de preparado para aplicação em forma de regas. Pode ser armazenado em frasco em local escuro por três dias. Combate as brocas, besouros, entre outros insetos.

      Abraços

  24. Boa tarde Mestre!

    Sabe dizer qual a forma para reproduzir o Asplenium Nidus

    Abraço

    • Olá, achei linda essa planta acima do asplênio, qual o nome dela? Obrigada!!

      • Olá Carolina,

        É uma Calathea.

        Abraços

        • Obrigada Raul =) abraços

      • Olá Carolina como já respondeu o mestre Raul, essa é uma Calathea (Marantacea) marante zebrina. É que mais gosto. Fica linda molhada de chuva

        • É realmente maravilhosa! A foto é do seu jardim? Tenho 2 asplênios, vou procurar por essa planta para colocar perto deles =) obrigada!

    • Boa tarde Marcos,

      O Asplenium é propagado a partir de esporos que são semeados logo que maduram em temperaturas de, pelo menos 15 °. Escove suavemente, com um pincel, os esporos em uma panela de barro, mantenha a panela úmida em uma bolsa de plástico e mantenha-a em um local úmido e sombreado, protegido dos ventos. O crescimento é lento.

      Abraços

  25. Tenho um cipreste italiano que secou do meio para cima. O que devo fazer?

    • Arlleth,

      É provável que seu cipreste foi atacado por ácaros. Eles podem ser combatidos pulverizando com enxofre ou com calda sulfocálcica (cal virgem + enxofre), ou com o inseticida rural Natural Camp ou, ainda, com Combat (composto por: Neem, citronela e pimenta).

      Abraços

  26. Olá bom dia, tenho alguns pés de tomate e no momento estou passando por um problema no meu jardim, um mini bichinho cinza invadiu deixando as folhas amareladas até secar está se espalhando por todo o meu jardim e outras plantas que tenho não sei como exterminar.Nao fazia a mínima ideia qual que bicho é só suas características , parece um pó deixa milhões de pontinhos pretos no.tomate. reparei que alguns tomates que colhi estavam com as sementes escuras. Bem antes de ver esses bichinhos.

    • Boa tarde Dory,

      Pela descrição seus tomateiros foram atacados pela traça-do-tomateiro. Use o inseticida biológico Bacillus thuringiensis. Informe-se em uma loja de insumos agropecuários para adquirir este produto não tóxico.

      Abraços

  27. Gostaria de saber onde adquirir o tinhorao bico de pena.

  28. Prezado Raul,
    Como vai?
    Gostaria de saber qual a razão das minhas lavandas ficarem secas no “miolo” e logo perderem a beleza natural? Já plantei em varias áreas do jardim: com muito ou pouco sol. O resultado é o mesmo. O que pode ser feito? Obrigado, Carlos

    • Olá Carlos,

      As lavandas precisam de muitas horas de sol pleno, pouca umidade ambiente, solos drenados e com pH neutros.

      Aconselho que as cultive em terra arenosa misturada com um bom substrato e para controlar esses fungos que secam o “miolo” dela (possivelmente Mancha de Phoma), retire, na medida do possível as folhas contaminadas e queime-as;
      – Faça 3 pulverizações com sulfato de cobre, uma a cada 15 dias, diluindo 10 ml em 1 litro de água;
      – Regue uma vez diluindo 30 g de sulfato de potássio em 1 litro de água;
      – Pulverize uma vez com bórax.

      Abraços

  29. Qual e a quantidade necessario de Ureia ou nkp na aplicação de uma, tais como: Alface, couve, repolho entre outros e depois de ter aplicar ureia quanto tempo pode passar para aplicar nkp? Atenciosamente

    • Abdul,

      Na horta pode usar 25 gramas por metro quadrado dividido em 3 aplicações mensais diluídas em água. Simultaneamente pode usar 50 gramas de um NPK, na fórmula 10-5-10 + micronutrientes diluído em água a cada 30 dias.

      Abraços

  30. Bom dia Raul! Sou da cidade do RJ, moro proximo a praia e local com muitas ventanias, porém esporádicas. Minhas bouganvilles estavam lindas. Da noite pro dia começaram a amarelar em formato de pontos e a ficarem desbotadas de um modo geral. Não há pragas visíveis. Os vasos são enormes e a terra bem adubada organicamente e bem drenável. Ontem coloquei um pouco de pó de osso e mais NPK 10 10 10 líquido. Estao com aspecto totalmente enfraquecido. Não consigo anexar a foto. Mas poderei te enviar pelo e-mail. Aguardo socorro. Obrigada.

    • Boa tarde Márcia,

      A causa da fraqueza de sua bouganvillea pode ser: ácaros, cochonilhas ou pulgões.

      – Polvilhe no solo carvão vegetal bem picadinho, junto com pitadas de cinzas de lenha livres de sal e/ou gordura;
      – Faça 3 pulverizações com enxofre a cada duas semanas;
      – Intercale estas pulverizações com esta receita de calda de alho:

      Esmague 4 dentes de alho, coloque em 1 litro de água e
      deixe descansar por 12 dias. Depois desse período, acrescente
      10 litros de água, misture e pulverize sobre a bouganvillea. Repita a pulverização após 15 dias.

      Abraços