Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Valeriana officinalis

valeriana-comum, erva-de-amassar, erva de são jorge, erva dos gatos

Foto de Valen1988, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons

Conhecida desde os tempos de Dioscórides, Hipócrates, Galeno e Plínio o Velho, pelos efeitos calmantes, alcançou maior popularidade no século X, mas foram os médicos italianos, especialmente o naturalista e botânico Fabio Colonna (1567 – 1640) que descobriram, no século XVII, seus atributos curativos para o tratamento das convulsões epilépticas, usando as raízes em chás.

Foto de Photo by David J. Stang, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons

No paisagismo pode ser pensada em bordaduras, onde floresce com intenso perfume, de forma atrativa, requerendo um pH neutro, por volta de 6,8 a 7,2 e uma boa umidade de solo, já que não tolera a estiagem. Pode ser adubada no início da primavera com esterco de boi curtido, sendo indiferente às pragas e doenças. Ela combina bem com outras plantas aromáticas, como o alecrim e a lavanda. Os gatos adoram a valeriana!

O nome da espécie vem do latino medieval, talvez derivado da palavra latina valere que pode ser traduzida como saudável, em referência aos usos medicinais da planta e officinalis significa medicinal, por causa dos usos fitoterápicos.

Foto de Alpsdake, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons

Se reproduz através de sementes e as plantas que aparecem ao redor da planta-mãe podem ser desenterradas e plantadas de preferência na primavera ou no outono.

  • Sinônimos estrangeirosgarden valerian, garden heliotrope, all-heal, (em inglês); hierba de los gatos, valeriana común, valeriana de las boticas, alfeñique, valeriana medicinal, heliotropo de jardín, valeriana de la India, valeriana del Pacífico, valerianae radix,  (em espanhol); erba dei gatti, (em italiano); herbe aux chats, (em francês);  echter baldrian, großer baldrian, (em alemão); jie cao, (em chinês).
  • Família: Caprifoliaceae.
  • Características: herbácea perene.
  • Porte: 1 a 1,20 metros de altura.
  • Fenologia: verão.
  • Cor da flor: rosa pálido ou esbranquiçada.
  • Cor da folhagem: verde.
  • Origem: Europa e Ásia Ocidental.
  • Clima: temperado/subtropical. Suporta geadas leves.
  • Luminosidade: sol pleno.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 Comments

  1. Parabéns Raul Cânovas!!!

    • Obrigado Celda!!!

      Abraços

Secured By miniOrange