Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Pergunte ao Raul – 2021

ATENÇÃO LEITORES

Informe na sua pergunta a sua região(Cidade e Estado). Pois estes dados são fundamentais para a elaboração precisa de sua resposta.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.

4.184 Comments

  1. E por ultimo, a orquídea.
    Desde ja muito obrigado.

  2. segue a imagem das lesões nas folhas da rosa do deserto para avaliação

  3. Bom dia,
    moreno Rio de Janeiro, algumas das minhas plantas estão com lesões nas folhas. Seguem imagens da jabuticabeira, da flor do deserto e da orquídea. Sao a mesma doença? o que eu faço, pf.

    • Bom dia Hélio,

      Sim, é a mesma doença. Trata-se de Antracnose. Para reprimir esse problema, faça três pulverizações, semanais, com Forth Cobre, alternando com outras pulverizações feitas com o fertilizante Forth Solúveis Produtivo. A fórmula garante uma fonte alta de Potássio, necessário para criar defesas contra esse fungo, além de fornecer Nitrogênio e micronutrientes, sempre cedo de manhã ou nos finais de tarde.

      Abraços

  4. Boa noite, senhor Raul. Eu gostaria de ter no meu futuro jardim, a flor, astromelia. Eu já procurei lugares que vendessem as mudas, mas não achei. Caso eu ache, ela se dá bem em São Lourenço MG? Obrigada!!!

    • Bom dia Luciene,

      São Lourenço tem clima tropical de altitude, ideal para a Alstroemeria que não suporta geadas, mas aprecia um pouco de frio, tolerando estiagens.

      Abraços

  5. Estou precisando de árvores que façam sombra para sertão nordestino, a Outi dar certo ou indique outras. Grato pela atenção de sempre. Raul, vc é uma réplica da natureza, perfeito.

    • Geraldo,

      O oiti dá uma boa sombra e é uma boa opção. Aconselho também a
      Cordia trichotoma – louro-pardo.(FOTO).

      Abraços

      • Bom dia grande mestre, a sete copas africana se adapta ao semi árido sertão, acho muito escultural.

        • Bom dia Geraldo,

          A sete-copas (Terminalia mantaly), é de clima semi-árido e alcança mais de 10 metros de altura.

          Realmente é muito bonita!

          Abraços

  6. Bom dia Raul, minha rosa do deserto está algumas protuberâncias na base caule. Verifiquei que são chamados de cancro, como posso combater?

    • Boa Tarde Nara,

      Você deve aplicar dois fungicidas sistêmicos, que são indicados para controlar esses cancros: o fosetyl-Al, via foliar, e o metalaxyl, diretamente no solo.

      Ainda é bom pincelar, depois de aplicados os fungicidas, com pasta bordalesa.

      Abraços

  7. Lendo seu livro percebi que orienta muito o uso de folhagens secas na cobertura do solo. Pode usar folhas de mangueiras, abacate, jambo na cobertura ou tem contra indicação ?

    • Geraldo,

      Pode usar sim, desde que secas.

      Abraços

  8. Sr. Raul, desculpa, mas vou mandar mais uma foto. Obrigada

  9. Seguem as fotos

    • Obrigado pelos elogios, Idellene!

      Seu limoeiro pode ter sido atacado pela estrelinha, um fungo chamado de Colletotrichum acutatum.

      O Controle da doença pode ser feito protegendo as flores com com um fungicida sistêmico, intercalado com Mancozeb.

      As pulverizações deverão ser feitas antes da abertura das flores. Nesse momento que recomendo a utilização de um fungicida sistêmico, para dar uma proteção mais prolongada e eficiente. Sugiro também uma aplicação, de clorotalonil na dose de 100g/100 L água, quando os frutos estiverem do tamanho de uma bola de gude.

      Abraços

      • Muito obrigada, Sr Raul!

        Abraço

        • Você merece, Idellene!

          Abraços

  10. Sr. Raul, tudo bem? Primeiro de tudo, amo seu trabalho, a exuberância e naturalidade de seus jardins! Moro em Lauro de Freitas, litoral da Bahia e eu tenho um limoeiro q comprei como muda de siciliano, que está com alguma doença que não sei como identificar. Alguns frutos ficam com a casca fosca, escura, crescem normalmente e caem sem ficarem amarelos, ficam também com pouco sumo. Outros não, se desenvolvem normalmente. Pode me ajudar? E será que é algum outro tipo de siciliano mesmo? No sabor, perfume e espessura da casca são muito similares, mas a cor, não. Muito obrigada!

  11. Boa tarde grande mestre Raul. O capim do texas se adapta para o clima semi árido sertão nordestino ou qual outro volume de capim vc sugere.

    • Boa tarde Geraldo,

      Sim, ele suporta a estiagem e as noites com baixas temperaturas.

      Em geral todos os capins são adequados para climas secos.

      Abraços

  12. Boa tarde Raul

    Somos de Belo Horizonte e gostaríamos de saber aonde comprar mudas de Mussaenda Frondosa, lemos a respeito e ficamos maravilhadas com a beleza da planta
    aguardo sua ajuda
    obrigada
    Att.,

    Adriana

    • Boa tarde Adriana,

      Tente na Floricultura Beija Flor: https://www.florabeijaflor.com.br/ Caso eles não tenham mudas dela, poderão indicar um produtor.

      Abraços

  13. Olá, hoje notei que está aparecendo umas manchas no meu cacto. Saberia me dizer o que pode ser e como posso trata-lo?
    Obrigada desde já!

    • Não sei se a foto foi.

    • Olá Fabíola,

      Essas manchas podem ser causadas por algum fungo. Com a ajuda de um pincel, passe sulfato de cobre, alternando com sulfato de potássio, três vezes de cada, semanalmente.

      Abraços

      • Obrigada, Sr. Raul.
        O senhor conseguiu visualizar a foto?

        • Você merece, Fabíola!

          Mas a foto não chegou até nós.

          Abraços

          • .

            • Fabíola,

              Agora vi! Pode fazer o tratamento que recomendei.
              Ele vai melhorar, mas essas manchas vão permanecer. Apenas a doença ficará reprimida.

              Abraços

  14. O senhor conhece essa planta? Tem como cultivar no vaso? Obrigada!!!

    • Oi Luciene,

      É um Curculigo capitulata e pode ser cultivado em vasos, em local sombreado.

      Abraços

  15. Boa tarde, Sr. Raul. O senhor conhece essa planta. Obrigada 😃

    • Boa tarde Luciene,

      Sim, conheço, é uma Opuntia, da Família das cactáceas.

      Abraços

  16. Ola! Vim pela Carol Costa e ja amei tudo que vi! O senhor ainda tem cupom se desconto para combo de cursos?

    • Olá Renata,

      Já a Sande entrará em contato com você. Ela se encarrega disto.

      Abraços

  17. Boa tarde Raul, sou Nara, de Belém do Pará,e estou tendo uma infestação desse inseto nas folhas do meu amêndoin forrageiro,ele forma umas galerias e fica alojado lá dentro. Vc pode me ajudar a identificá-lo e combatê-lo?

    • Boa tarde Nara,

      Acho que se trata de uma infestação da larva-minadora.

      Na fase larval desenvolve-se sob a primeira camada das folhas, formando galerias por onde passa. Surge principalmente em épocas de estiagem. As regas auxiliam destruindo os ovos e as larvas que ainda não penetraram nas folhas ou nos ramos, diminuindo a incidência da praga.

      Também para combate-la, arranque as folhas afetadas e destrua-as. A seguir separe 1/2 kg de cinzas de lenha, livres de sal e/ou gordura, misturando-as em 4 litros de água.
      Deixa-a descansar por 24 horas, depois coe e acrescente seis colherinhas de querosene. Misture bem e aplicar mediante pulverização. repita a operação mais duas vezes, semanalmente.

      Abraços

      • Obrigada pela atenção, já sou sua fã!

  18. Raul, Como vai? Poderia me indicar trepadeiras para pleno sol com mais facilidade para se adaptarem à vasos? Tentei a jade azul e a sapatinho de judia, sem sucesso…

    • Oi Luiz Fernando,

      Estas são as mais indicadas para vasos a pleno sol:

      – Bauhinia splendens – bauínia-trepadeira;
      – Clerodendron thomsonae – lágrima-de-cristo;
      – Fuchsia hybrida – brinco-de-princesa;
      – Lathyrus odoratus – ervilha-de-cheiro;
      – Senesio mikanioides – trepadeira-africana;
      – Stephanotis floribunda – flor-de-noiva (FOTO);
      – Tecomaria capensis – tecomária.

      Abraços

  19. Caro Raul
    Meu pé de Romã está doente, anexo a foto dos frutos que caiu no chão
    JÁ foi enviado para o senhor e acatei a sua orientação no entanto a praga continua, pode me enviar um remédio mais forte.

    • Boa tarde José,

      As doenças mais comuns na romã incluem Botrytis cinerea, Alternaria alternata, Penicillium implicatum e Coniella granati. Há uma outra praga bacteriana causada por Xanthomonas axanopodis punicae.

      Recomendo usar os fungicidas carbendazin e tebuconazole, eles podem controlar esses problemas.

      Abraços

  20. Olá, você acha que Paisagismo aprende-se mais na prática ou na teoria? Grata

    • Olá Maria,

      O paisagismo é uma profissão e deve ser aprendida tanto teoricamente como na prática.

      Ela cobre várias ciências e estas devem ser estudadas, consultando literatura específica. A prática é importante, especialmente para se aprofundar no aspecto botânico.

      Abraços

  21. meu metre raul ,moro cubataõ sp trabalo comp plantas desde 15 anos aprendi gosta de planta com senhor.mim sinto feliz em sguir suas postagens ver os seus videos meu sonho era conhecelo ,mas minha situaçao finaceira naõ permite no momento ,mas so tenho agradecer sigo jardim em cor e aqui aprendo muito ,so sei dizer obr ..muito obrigado por todo conecimnto que mim passa deus esteja sempre contigo mestre .

    • Ah, meu caro Luiz!

      Que comentário gostoso o seu…espero que meu trabalho continue a marcar seu Norte.

      Tenha paciência, em algum momento nos encontraremos, a vida sempre nos reserva alegrias escondidas.

      Um grande abraço

  22. Complemento da mensagem anterior com foto do Jasmim Amarelo com os galhos secos…

  23. Bom dia, Raul.
    Por favor, preciso da sua valiosa ajuda mais uma vez.
    Notei que a superfície das floreiras onde temos o Jasmim Amarelo está coberta por um matinho rasteiro que supomos serem as raízes dele. E também os galhos ficaram mais à amostra, secos, e sem folhas. Pensamos que poderia ser pela época do ano cujas folhas caem, mas nunca os vi assim antes.
    Há algo que possa ser feito?
    Obrigado
    Wanderley – São Paulo (SP) – Vila Mariana

    • Bom dia Wanderley,

      Não devem ser as raízes do jasmim amarelo. O que vejo na foto é uma espécie de palha seca.

      Rastele o solo com a ajuda de um ancinho, depois afofe a terra e aplique uma calda de sabão.

      Corte em pedaços 500 g de sabão, dissolva em 1 litro de água
      quente, adicione 40 ml de óleo mineral aos poucos. Dissolva o
      preparado em água morna e, na hora de pulverizar, utilize 100g
      da pasta para cada 5 litros de água fria.

      Abraços

  24. Olá, bom dia! Comprei um PACOVÁ há 1 semana e hoje o encontrei assim. Não sei o que aconteceu

    • Boa tarde Beth,

      Se nos enviou uma foto, ela não chegou até nós. Mas detalhe, por favor, o que está acontecendo com seu pacová.

      Abraços

  25. boa tarde Raul , eu preciso informações sobre como cultivar passiflora Caerulea , pois não tenho esperiencia no assunto, e este maracujá doce tem por tudo aqui onde eu moro, na serra gaúcha, em Caxias do Sul RS , lhe dou muito grata se puder me dizer como fazer pra cultivar essa espécie de passiflora. fraterno abraço

    • Boa tarde Nair,

      O método mais indicado e simples, é a propagação por estaquias, com 15 centímetros de comprimento e feitas nos meses de setembro, outubro ou novembro, período melhor para o pegamento delas.

      Isto deve ser realizado em local sombreado, com solo arenoso e rico em matéria orgânica.

      Abraços

  26. Bom dia Sr Raul,

    Posso aplicar fosfito de potássio no gramado para deixá-lo resistente para o inverno?

    • Bom dia Samuca,

      Sim, deve! o Fosway é ótimo para resistir aos frios e se defender de doenças fúngicas.

      Abraços

  27. BOM DIA
    UMA DUVIDSA QUE NÃO CONSIGO SABER
    O ACER PALMATUM, BORDO JAPONÊS, FICA COM COLORAÇÃO DIFERENTE EM CLIMA COMO O DO BRASIL, OU SÓ EM REGIÕES DE FRIO INTENSO, EUA, JAPÃO?

    • Bom dia Luciano,

      O Acer palmatum sofre alterações acentuadas ao longo das estações do ano, variando desde verde vivo, na primavera/verão, passando por amarelo, no inicio do outono e chegando a vermelho intenso, antes da queda da folha no final do outono.

      Isto acontece nas regiões onde as temperaturas são baixas nas estações de outono/inverno. Nos trópicos a diferença da matizes é pouco manifestada.

      Abraços

  28. Olá Raul, li com interesse sua explicação sobre o jasmim dos Açores. Tenho grande interesse em adquirir pelo menos uma muda. È um sonho tê-lo em meu jardim. Já procurei muito por este jasmim. Mas em vão. Acontece que as pessoas confundem jasmim dos Açores com jasmim do rio. Realmente têm semelhança, mas não são a mesma planta. Agradeço muito sua atenção.

    • Olá Rosângela,

      O jasmim-dos-açores é cultivado por Luis Bacher, da Fazenda Citra. Entre em contato com ele para adquirir uma muda: https://www.fazendacitra.com.br/ – Telefone: (19) 3451-1221.

      Abraços

  29. Grande mestre Raul, duas situações que cliente me perguntou. Como controlar uma qde de morcegos numa árvore grande/juá que está sujando muito as paredes da casa como também gaviões que estão comendo as rolinhas soltas. Sei que faz parte do desequilibrio ambiental. Que Deus lhe ilumine na decisão de controle.

    • Olá Geraldo,

      Os morcegos devoram até 40.000 insetos por noite, incluindo mariposas, portanto eles não são prejudiciais e não há maneira de afasta-los, já que são atraídos pelos insetos e as frutas da árvore.

      O gavião carcará evita a proliferação das cigarras, isto também colabora com o equilíbrio ambiental.

      Abraços

      • Mas a cliente quer cortar a arvore porque teme a grande quantidade de morcego além deles estarem sujando muito as paredes. Como afastar eles dessa árvore ? e a outra cliente os gaviões tão comendo as rolinhas que a dona tem estima. Como afastar esses gaviões ?

        • Geraldo,

          Para afugentar esses morcegos, deve manter limpo o local, removendo qualquer sujeira depositada no chão e pulverizar com Citropirol. Ele tem um cheiro de fumaça que expulsa esses mamíferos.

          Já os gaviões detestam barulho, por isso basta bater palmas quando se aproximam ou gritar alto. Também pode usar uma caneta a laser, no entardecer ou à noite, balançando-a na frente do gavião, ele desorientado, voará para longe.

          Abraços

  30. Boa noite, Raul. Tudo bem? Espero que sim. Gostaria de saber como faço para acabar com a cochonilha vermelha, formou uma teia por toda grama amendoim. Tive que tirar tudo. Sabe me dizer por que aconteceu isso? Desde já agradeço abraços.
    Ivana
    Americana Sp

    • Bom dia Ivana,

      O ciclo de vida da cochonilha vermelha ocorre, geralmente, no final do verão, as fêmeas são atraídas pela luz solar, gerando filhotes, em seguida se cobrem com essa teia.

      Para extinguir essa praga use uma calda de sabão com óleo.

      Corte em pedaços 300 g de sabão, dissolva em 1 litro de água
      quente, adicione 80 ml de óleo mineral aos poucos. Dissolva o
      preparado em água morna e, na hora de pulverizar, utilize 100g
      da pasta para cada 5 litros de água fria.

      Repita a operação mais duas vezes, com intervalo de uma semana entre elas.

      Elas serão eliminadas em pouco tempo!

      Abraços

Secured By miniOrange