Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Pergunte ao Raul – 2022

ATENÇÃO LEITORES

Informe na sua pergunta a sua região(Cidade e Estado). Pois estes dados são fundamentais para a elaboração precisa de sua resposta.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5.306 Comments

  1. Boa tarde seu Raul tenho um pé de ponkan tangerina já adulto e tem um galho que as folhas estão todas amarelas parece que tá morrendo aquele galho mas tá carregado de frutas porém estão se desenvolvendo com dificuldade e estão amarejando as frutas tbm …que devo faze

    • Boa tarde Neri,

      Se não observa nenhum inseto sobre as folhas de sua frutífera, como ácaros, mosca-das-frutas, cochonilhas, cigarrinhas ou besouros, pode ser causado pela clorose, uma deficiência de ferro. Neste caso a solução é fazer uma adubação com 50 gramas de sulfato de ferro (compra em farmácias), aplicado na projeção da copa e 3 gramas do mesmo sulfato para cada litro de água, pulverizando as folhas.

      Estou torcendo para que isto solucione o problema.

      Abraços

  2. Boa tarde seu Raul tenho um pé de ponkan tangerina já adulto e tem um galho que as folhas estão todas amarelas parece que tá morrendo aquele galho mas tá carregado de frutas porém estão se desenvolvendo com dificuldade e estão amarejando as frutas tbm …que devo fazer o que pode ser….não tem nada obstruindo tipo outra vegetação ou cordas

  3. Boa tarde seu Raul tenho um pé de ponkan tangerina já adulto e tem um galho que as folhas estão todas amarelas parece que tá morrendo aquele galho mas tá carregado de frutas porém estão se desenvolvendo com dificuldade e estão amarejando as frutas tbm …que devo fazer o que pode ser….não tem nada obstruindo o galho tipo outra vegetação ou cordas

  4. Oi Raul
    Sou Heloisa de Louveira
    Estou buscando o nome de um arbusto ( árvore?) Que conheci em Óbitos- PT
    Vou mandar imagem pelo face.

    • Olá Heloisa,

      Fico no aguardo da foto.

      Abraços

  5. Bom dia sr Raul! Sou de Campinas, SP. Plantei uma muda de Quisqualis e ela pegou muito bem. Gostou do lugar e está vigorosa. Mas o lugar em que plantei não está muito adequado para uma trepadeira. Queria podar como um arbusto. O sr pode me orientar como fazer essa poda?obrigada

    • Bom dia Lilian,

      O quisqualis pode crescer como arbusto, basta podar as pontas dos ramos.

      Abraços

  6. Olá Raul,

    O que podem ser manchas escuras nas pontas das folhas do lírio da paz? São manchas pequenas de no máximo 1 cm, bem nas pontas das folhas e não ocorrem em todas as folhas.
    Minha região é a serra gaúcha.

    Abraço e Obrigado!

    • Olá André,

      Essas manchas são ocasionadas pela gomose (Phytophthora nicotianae). Geralmente é espalhado por respingos de água. Altos níveis de umidade são condições ideais para a infecção.

      Elimine as folhas afetadas e pulverize três vezes, semanalmente, com calda bordalesa.

      Abraços

  7. Boa noite, senhor Raul. No meu terreno está aparecendo muitas aranhas armadeiras e aranhas de jardim,. Elas são grandes. Como eu faço como eu faço para acabar com elas? Elas estão entrando na casa. Eu comprei quatro galinhas d’ angolas, mas está demorando para elas acabarem com as aranhas. Eu tenho seis gatos. Eu fico preocupada com os meus gatos. O que fazer? ( Eu estou escrevendo sem ocos, se apareceu algum erro, ignore) obrigada e fique com Deus.

    • Bom dia Luciene,

      Para espantá-las, manjerona é ideal. Essa erva perene podem ser
      usadas as folhas para fazer um chá, podendo ser usado frio em
      pulverizações diárias, até afugentá-las.

      Abraços

  8. O pandanus utilus,vive por quanto tempo??

    • Luiz Antônio,

      O tempo de vida do Pandanus é de cerca de 50-80 anos, porém a longevidade pode ser muito maior, chegando a 150 anos em alguns ambientes.

      Abraços

  9. Bom dia Raul, sou dr Florianópolis- SC.
    Tenho um abacateiro em vaso, na minha sacada do apartamento. Apareceram manchas marrom nas folhas.
    Seria fungo? Tem como tratar?

    • Bom dia Neide,

      Possivelmente seu abacateiro foi afetado por um fungo, conhecido como mancha-de-alga.

      Adicione ao solo do vaso, onde está plantado, o equivalente a 10 litros de cinzas de lenha, livres de sal e/ou gordura, podem ser de lareira, padaria ou pizzaria é revolva o solo superficialmente para penetrarem melhor, em seguida regue moderadamente.

      Faça três pulverizações, semanais, com Forth Cobre, banhando as folhas na frente e no verso.

      Abraços

  10. Bom dia Raul, sou dr Florianópolis- SC.
    Tenho um abacateiro em vaso, na minha sacada do apartamento. Apareceram manchas marrom nas folhas.
    Seria fungo? Tem como tratar?

  11. Que barato!!!!! Gostei demais da sua criação !!!!
    Eu tenho vários vasos de plantas, em alguns deles apareceram cochinilhas de terra, já tentei várias receitas, agora estou usando Butox ( rega ) você tem alguma dica para eu combater essa praga?
    Fique com Deus!

    • Olá Marcos,

      Obrigado pelo elogio!

      A melhor forma de combater essa praga é usando uma calda de fumo.

      Pique 50 gramas de fumo de corda e coloque num vidro com 1 litro de água durante 12 horas (se deixar mais tempo, fermenta), coe e dilua em 5 litros de água. Em seguida pulverize o solo com esta solução. Repita isto mais duas vezes, semanalmente.

      Abraços

  12. Raul boa Tarde. Estou lhe mandando notícias da minha amoreira que estava com brocas. Achei um inseticida da bayer a base de deltametrina, conforme sua orientação, estou pulverizando com aquele galão que é com pressão, duas vezes por semana.já faz mais de 1 mês. Estou intrigada, alguns ramos começaram a brotar, na parte central. mas todo o lado esquerdo e direito onde cortei as folhas secas, não apareceu broto algum. Fico triste de vê-la assim mas estou insistindo, será que é necessário mais vezes de pulverizaçao? Pensei em pendurar algumas samanbaias para dar um toque verde, dói ver tanta secura, não cortei pois queria tentar um pouco mais. Desde já obrigada por tudo. Sou de São Paulo- Capital

    • Boa tarde Teresa,

      Corte os ramos secos e espere por essas novas brotações. Sua amoreira voltará a ficar bonita.

      As samambaias podem dar um toque verde!

      Abraços

  13. Bom dia Raul, tudo bem?

    Já conheço várias recomendações suas para plantas dentro de casa. Mas gostaria de saber se posso utilizar alguma Yucca em vaso dentro de casa.
    Desde já, muuuuito obrigada!!!

    • Bo tarde Juliana,

      As yuccas são plantas de sol pleno e locais áridos, não aconselho para ambientes internos.

      Prefira estas:

      Aglaonema commutatum – café-de-salão;
      Alocasia amazonica – punhal-malaio;
      Anthurium andraeanum – antúrio;
      Anthurium scherzerianum – antúrio-rabo-de-porco;
      Aspidistra elatior – aspidistra;
      Begonia rex – begônia;
      Calathea makoyana – maranta-pavão;
      Calathea zebrina – calatéia-zebrina;
      Chamaedorea erumpens – palmeirinha-bambu;
      Chamaedorea metallica – palmeirinha-metálica;
      Chamaedorea microspadix – palmeirinha-de-touceira;
      Dracaena sanderiana – dracena-sanderiana;
      Guzmanias (todas) – bromélia;
      Howea forsteriana – palmeira-de-kentia;
      Lytocaryum weddellianum – palmeirinha-de-petrópolis;
      Maranta leuconeura “Kerchoveana” – maranta-barriga-de-sapo;
      Monstera deliciosa – costela-de-adão;
      Nephrolepis (todas) – samambaias;
      Peperomia obtusifolia – peperômia;
      Philodendron martianum – babosa;
      Polyscias fruticosa – árvore-da-felicidade;
      Rhapis excelsa – palmeira ráfis;
      Sansevieria trifasciata – espada-de-são-jorge;
      Spathiphyllum wallisi – lírio-da-paz;
      Syngonium angustatum – pé-de-galinha;
      Vriesea hybrida – bromélia-vermelha;
      Zamioculcas zamiifolia – zamioculcas.

      Abraços

  14. Bom dia Raul. Quais palmeiras e plantas vão bem a beira mar. Salitre maresia vento tudo que elas não gostam tem.
    Aguardo sua resposta
    Obrigada
    Bjs

    • Bom dia Rosângela,

      Estas são algumas:

      Acacia longifolia – acácia-de-folhas-longas;
      Acalypha wilkesiana “Hoffmannii” – acalifa
      Aechmea aquilega – gravatá;
      Allagoptera arenaria – guriri;
      Allamanda blanchetti – alamanda-roxa;
      Allamanda cathartica – alamanda-amarela;
      Anacardium occidentale – cajueiro;
      Andira legalis – angelim-doce;
      Annona glabra – araticum-do-brejo;
      Aphelandra sinclairiana – afelandra-coral;
      Aptenia cordifolia – rosinha-de-sol;
      Breynia nivosa – mil-cores;
      Bulbine frutescens – bulbine;
      Byrsonima sericea – murici-da-praia;
      Caesalpinia pulcherrima – flamoyãzinho;
      Carissa macrocarpa – ameixa-de-natal;
      Carpobrutus edulis – onze-horas;
      Catharanthus roseus – vinca-de-madagascar;
      Cleome hassleriana – mussambê;
      Clerodendrum quadriloculare – arvore-do-cotonete;
      Clerodendron speciosissimum – clerodendro;
      Clusia lanceolata – cebola-da-restinga;
      Coccoloba uvifera – uva-da-praia;
      Coccothrinax crinita – palmeira-homem-velho;
      Cocos nucifera – coqueiro-da-praia;
      Costus spiralis – cana-do-brejo;
      Crusianella maritima – granza-marítima;
      Cryptostegia grandiflora – criptostégia;
      Dictyosperma album – palmeira-princesa;
      Erythrina speciosa – mulungu-do-litoral;
      Eugenia brasiliensis – grumixama;
      Graptophyllum pictum – graptofilo;
      Heliconia psittacorum – caetê-tocha-dourada;
      Hibiscus rosa-sinensis – hibisco;
      Hibiscus tiliaceus – algodoeiro-da-praia;
      Hippeastrum stylosum – açucena;
      Hyophorbe verschaffeltii – palmeira-garrafa;
      Inga marginata – ingá-feijão;
      Ipomoea asaralifolia – salsa-brava;
      Ipomoea cairica – ipomeia;
      Ixora coccinea – ixora;
      Jacaranda puberula – carobinha;
      Juniperus sabina “Arenaria” – zimbro-da-praia;
      Juniperus turbinata – zimbro-das-areias;
      Lampranthus zeyheri – lampranto;
      Latania lontaroides – latânia-glauca;
      Lavandula luisieri – lavanda-da-praia;
      Livistona australis – palmeira-leque-de-saia;
      Lobularia maritima – alisso;
      Malvaviscus arboreus – malvavisco;
      Manilkara triflora – maçaranduba-mirim;
      Mesembryanthemum nodiflorum – folha-de-gelo;
      Mussaenda alicia – mussaenda-rosa-arbustiva;
      Mussaenda frondosa – mussaenda-frondosa;
      Myoporum laetum – mióporo;
      Neomarica candida – íris-da-praia;
      Neoregelia cruenta – bromélia-neoregélia;
      Nerium oleander – espirradeira;
      Pandanus sanderi – pándano;
      Pandanus sanderi “Variegatum” – pândano variegado-de-folha-lisa;
      Pandanus veitchii – pândano-de-folha-serrada;
      Paspalum vaginatum – grama- seashore;
      Phoenix canariensis – palmeira-das-canárias;
      Phoenix dactylifera – tamareira;
      Pinus pinaster – pinheiro marítimo;
      Pinus pinea – pinheiro-manso;
      Pinus tadea – pinheiro tadea;
      Pittosporum tobira – pitósporo;
      Polyscias guilfoylei – arália-cortina;
      Pritchardia pacifica – palmeira-leque-de-fiji;
      Pseuderanthemum carruthersii – pseudoerântemo;
      Quisqualis indica – jasmim-da-índia;
      Roystonea regia – palmeira-real-de-cuba;
      Sabal causiarum – palmeira-sabal;
      Saritae magnifica – saritéia;
      Schinus terebinthifolius – aroeira-pimenteira;
      Senna australis – fedegoso-rasteiro;
      Sesuvium portulacastrum – bredo-da-praia;
      Stipa gigantea – esparto;
      Syagrus schizophylla – aricuriroba;
      Tabebuia cassinoides – caxeta;
      Tabebuia umbellata – ipê-amarelo-do-brejo;
      Tabernaemontana laeta – jasmim-de-leite;
      Tamarix parvifolia – tamargueira;
      Tamarix tetrandra – tamarisco;
      Thunbergia erecta – tunbérgia-azul-arbustiva;
      Tibouchina moricandiana – quaresmeira-arbustiva;
      Turnera ulmifolia – flor-do-guarujá;
      Ulex jussiaei “Congestus” – tojo-durázio;
      Washingtonia filifera – palmeira-de-saia-da-califórnia;
      Washingtonia robusta – palmeira-de-leque mexicana;
      Zamia furfuracea – zâmia.

      Muito mais sobre plantas de restinga relaciono no meu último livro “Planta Certa para o Lugar certo”. para compra-lo clique em: https://www.europanet.com.br/loja/carrinho.php?cod_produto=100917

      Beijos

  15. Boa tarde mestre não sei senhor poderia mim ajuda por aqui eu coloquei planta em um apartamento dirrepente apareceu uns mosquitos senhor poderia mim ajuda sobre isso ? Como eu combate sem agredir plantas

    • Boa tarde Luiz,

      Você pode combater esses mosquitinhos usando o inseticida Forth Defende. Ele é a base de óleo de neem. Faça três pulverizações semanais.

      Abraços

  16. Ei Raul, bom dia. Tudo bem?
    Sou de Vitória – ES.

    Eu tinha 3 mudas de Jade, que estavam crescendo em meia sombra aproximadamente 08cm por dia. Quando estavam com +/- 1,2m transplantei para vasos maiores e coloquei em sol pleno e elas pararam de crescer e começaram a secar as pontas/guias. Entrei em contato com você e me orientou a adubar com farinha de osso e torta de algodão. Passados alguns dias elas voltaram a crescer e apareceram novas guias. Entretanto, agora tbm apareceram algumas moscas, cochonilhas e bichinhos parecendo formiguinhas/cupins mais próximos da raiz. Observei que as folhas mais de baixo começaram a secar e a planta parou de desenvolver. Desde então todas as novas guias que surgem crescem de 5-15cm e depois secam. O clima está bem quente por aqui nos ultimos dias. Uma das mudas acabou morrendo nesse caminho. Pode me ajudar? Tenho algumas fotos das plantas se tiver como te enviar.
    Obrigada,

    • Boa tarde Kenia,

      Para combater esses bichinhos use o inseticida Forth Defende, ele é desenvolvido a partir do óleo das sementes do Neem, muito eficiente nesse caso.

      Abraços

  17. Oi Raul, tudo bem|?
    Hoje tenho duas perguntas: a primeira delas é que desejo saber quando virá para Campinas ou região para ministrar algum curso como esse que será realizado neste final de semana no Rio de Janeiro?
    Outra seria: qual distancia segura entre as árvores Calycophyllum spruceanum, ou “pau mulato”, deve ser considerado para plantio? Seria possível usar 03 mudas em uma linha de 6 metros, sem muros e nenhuma construção ao redor?

    Desde já, o meu muuuuito obrigada!

    • Oi Juliana,

      Vou dar um curso pertinho de Campinas, será em Rio Claro no sábado 21 de maio. Na próxima semana lançaremos este evento e será divulgado em todas as redes sociais.

      O pau-mulato pode ser plantado bem pertinho um do outro, uma distancia de 2,50 a 3,00 metros entre as mudas é recomendável, já que ele é esguio.

      Abraços

  18. Boa noite, senhor Raul. Na casa do meu pai tem um pé de louro, com cinco metros, uma camélia , que tinha uns dois metros e dois pés de tangerina. Todos estão secando, eram tão bonitos! Aos poucos estão indo embora. As folhas estão secando. Nós moramos em São Lourenço MG. Será que pode ser por causa das urinas dos cães? Ele tem 8 cachorros. Será que dá para reviver as plantas? Obrigada!

    • Bom dia Luciene,

      Sim, a urina dos cachorros pode causar o definhamento dessas mudas, especialmente se eles fazem isto diariamente.

      Faça o seguinte: pode as pontas dos ramos, dessas mudas, tirando 30 centímetros, regue diariamente orvalhando também a parte aérea e pulverize as folhas das plantas com o fertilizante Absolut´s.

      Abraços

  19. Boa tarde, Raul.

    Gostaria de saber se a planta Petrea volubilis pode ser propagada por alporquia.

    Grande abraço e muito obrigada

    • Bom dia Catalina,

      Sim, pode ser feita por alporquia. Escolha um ramo bem formado para fazer isto.

      Abraços

  20. Bom dia, Sr Raul! É possível plantar strelitza em pé de palmeiras? Tem risco de perder a palmeira fazendo isso?

    Brasília – DF

    • Bom dia Adriana,

      Não, pode plantar, desde que guarde uma pequena distancia, algo assim como 50 centímetros.

      Abraços

  21. Mas eu coloquei casca de ovo em pó,acho q coloquei muito por isso ela ficou assim.

    • Marta,

      Não acredito que este seja o motivo.

      Abraços

  22. Bom Dia Mestre Raul,

    Acabei de finalizar uma residência em Itapoá- SC, região litoranea e gostaria de saber se posso plantar por lá duas árvores que vão muito bem aqui em Curtiba.

    A Acer palmatum Atropurpureum
    e
    Tecoma stans (ipezinho de jardim)

    Tenho dúvidas se elas vão ficar bem com o clima da região. A casa não fica a beira mar, fica a duas quadras do mar.

    Agradeço desde já, grande abraço.

    • Boa tarde Francine,

      O Acer palmatum Atropurpureum é de clima temperado, então acho que não é uma boa opção, mas a Tecoma stans sim, ela crescerá bem.

      Abraços

  23. Sr . Raul poderia me ajudar com esse Sunpatients, eu transplantes em.um.vaso maior e coloquei pó de casca de ovo.
    Antes ela tinha muitas flores ,mas agora está secando

    • Oi Marta,

      Tente fazer uma adubação com farinha de ossos e regue-a diariamente na parte da manhã, sem molhar as folhas.

      Ela irá recuperar.

      Abraços

  24. Raul, tenho mais uma tristeza. Minha jabuticabeira está com os frutos cheios de ferrugem. Já tirei duas cargas de frutas para ver se nascem melhores, e apesar delas florescerem lindas, quando o fruto desenvolve, a ferrugem volta toda. Esse local também só tem o sol da manhã. Dizem que tenho que fazer poda para ventilar. Posso podar em qualquer época do ano? Como resolvo?

    • Moro em São Paulo. Terra da garoa.

    • Bom dia Kátia,

      Faça uma poda de limpeza, cortando os ramos doentes, os que estão em mal estado e os encavalados, para arejar e aumentar a entrada de sol na copa e adube com esterco de curral curtido.

      Faça também três pulverizações, semanais, com calda bordalesa intercalando com outras três feitas com enxofre.

      Estes procedimentos irão sarar sua jabuticabeira.

      Abraços

      • Raul, meu muito obrigada! Vou fazer isso com certeza.

        • Você merece, Kátia!

  25. Bom dia Raul!
    Em minha horta, as rúculas, cheiro verde e quiabo estão infestados com oídio (pó branco). Creio que o local não tenha a iluminação necessária, pega sol somente um pouco de manhã. Como combater essa praga?

    • Kátia,

      Para acabar com o oídio, pulverize, três vezes, semanalmente com uma solução feita com 10% de leite azedo e 90% de água pura.

      Abraços

      • Uma dúvida: leite azedo? Como fazer?

        • Kátia,

          Coloque o leite em uma panela, leve até o fogo e deixe até que ferva.
          Depois de fervido, desligue o fogo e adicione as 5 colheres de vinagre branco (vai coalhar na hora).

          Abraços

  26. Boa noite, Raul.

    Duas dúvidas sobre palmeiras:

    As palmeiras imperial e a rabo de peixe podem ser cultivadas em vasos?

    E gostaria de saber, apenas por curiosidade, qual é a diferença, se é que existe alguma, entre palmeiras e coqueiros. Porque as que chamam de palmeiras, também dão coquinhos, não é?

    Mais uma vez, muito agradecida. Abraço

    • Bom dia Catalina,

      As palmeiras imperiais e as rabo-de-raposa são de grande porte e dificilmente desenvolveriam bem em vasos, mesmo grandes.
      Prefira palmeiras de pequeno porte, como:

      – Chamaedorea elegans;
      – Licuala jeanencyi;
      – Phoenix roebelenii;
      – Rhapis excelsa.

      Elas crescem bem em vasos.

      Não há diferença entre as palmeiras e os coqueiros, apenas são denominações populares.

      Abraços

  27. olá mestre Raul, tudo bem com vc!
    sou jardineiro e em uma chacacara que faço manutenção tem grama amendoim,e percebi que as folhas estão todas ficando com umas manchas brancas e está se alastrando em tudo,parece ser algum tipo de fungo,teria como vc me ajudar a resolver esse problema,muito obrigado!

    • Olá Fernando,

      Sim, seguramente é um fungo. Para combater essa doença evite as regas e quando for faze-las as realize na parte da manhã. Faça três pulverizações com Forth Enxofre, alternando com outras três de Forth Cobre.

      Isto irá controlar esse fungo.

      Abraços

      • Obrigado mestre,só uma duvida,as pulverizações seria no gramado todo incluindo as que já estão com o fungo e as folhas que já estão manchadas elas vão cair e voltar outras ou vai desaperecer.também as pulverizaçoes seria 3 na mesma semana ou uma em cada semana,obrigado!

        • Oi Fernando,

          O ideal é pulverizar toda a grama-amendoim. As folhas manchadas não se recuperam, mas brotam outras. É uma pulverização semanal.

          Abraços

          • obrigado!

            • Você merece, Fernando!

              Abraços

            • Olá Raul.só mais um comentário sobre as aplicações,esse forth enxofre e forth cobre na verdade são fertilizantes que servem para fazer dar resistência a grama e evitar e controlar o fungo,é mais para eu explicar para minha cliente,eles não são fungicidas mas sim fertilizantes.

            • Oi Fernando,

              Exatamente, eles suprem as necessidades da planta fornecendo elementos que elas precisam para não contrair doenças fúngicas. Além de alimenta-las as defendem dos fungos.

              Abraços

  28. Boa tarde,Raul! Preciso de um conselho seu!
    Adoro Bougainville e gostaria e tê-los em vasos e em um pergolado médio. Quero uma que dê bastante flores e que não seja muito a antajada e robusta.Pois vejo umas com ramos muito longos e flores só nas pontas e qdo poda ela fica cheia de folhas e poucas flores.Não quero dessa. Procurei pra comprar e na embalagem estava escrito: Bougainville de cachos. Fiquei com receio, pois não conheço. Abraços

    • Bom dia Leda,

      A ideal é a Bougainvillea spectabilis, que tem flores das mais variadas cores, prefira as de cor alaranjado ou salmão, que são muito floríferas e não atingem grande porte.

      Abraços

  29. Bom dia Raul
    Como evitar que as lagartas acabem com minhas flores?
    Obrigada 😃

    • Bom dia Carminha,

      Fácil, adicione 5 gramas do inseticida natural Dimypel em 1 litro de água e agite bem. Em seguida pulverize as folhas de suas plantas homogeneamente até ficarem completamente molhadas. Para obter melhores resultados, repita isto a cada 15 dias.

      Abraços

  30. Bom dia Raul, meu ficus apresenta pulgão branco nas folhas e tenho observado muitas folhas se errugando e amarelando. SOS
    Obrigada, Elisa

    • Boa tarde Elisa,

      Para controlar essa praga, use uma calda de sabão.

      Corte em pedaços 500 g de sabão, dissolva em 1 litro de água
      quente, adicione 40 ml de óleo mineral aos poucos. Dissolva o
      preparado em água morna e, na hora de pulverizar, utilize 100g
      da pasta para cada 5 litros de água fria. Repita a aplicação mais duas vezes, semanalmente.

      Abraços

      • Muito obrigada! Abraços!

        • Você merece, Elisa!

          Abraços

Secured By miniOrange