Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Leea rubra

léia-rubra, léia-vermelha

Foto de Forest & Kim Starr, CC BY 3.0 US, via Wikimedia Commons

Um arbusto com textura semi-lenhosa, cujas folhas tem bordas onduladas, com uma tonalidade encarnada, quase púrpura, formando uma silhueta mais ou menos colunar. Suas flores surgem em racemos densos, com muitos botões avermelhados que brindam flores róseas. Os frutos são bagas globosas de cerca de um centímetro de diâmetro, inicialmente verdes, vão ficando vermelhos e finalmente se mostram com tonalidade roxo-escuros quando maduros, contendo 4-6 sementes globosas de 4 mm de diâmetro.

No paisagismo pode ser pensada para áreas semi-sombreados, formando renques ao longo de muros, em  maciços ou sob a sombra de árvores. Também pode ser cultivada em vasos, contrastando com outros arbustos que possuam folhagem com outras tonalidades.

O cultivo pode ser feito tanto em solos arenosos como argilosos, desde que férteis, drenados e mantidos levemente úmidos, as podas periódicas de renovação são recomendadas. Suporta temperaturas mínimas noturnas não inferiores a 15 °C, regas regulares no verão, mais espaçadas no inverno, mas sem nunca deixar o substrato secar completamente e adubações na primavera-verão com macro e microelementos.

Todas as partes da planta são tóxicas; folhas e raízes são utilizadas na medicina tradicional para diversas patologias.

O gênero é uma homenagem ao botânico e viticultor escocês James Lee (1715-1795); o nome específico é o adjetivo latino “ruber, -bra, -brum” = vermelho, com referência óbvia.

É reproduzida por sementes, pelas estacas nos finais do inverno ou pela divisão de touceiras.

  • Sinônimos estrangeiros: mali-mali,  mali-mali puchok merah, red leea, red tree-vine, red tree shrub, west indian holly, hawaiian holly, burgundy leea, (em inglês); árbol de la abundancia, (em espanhol); bay kdang, daem kdang bay, (em Camboja); katangbai, khueang, (em tailandês); girang, (em Java)
  • Família: Vitaceae.
  • Características: arbusto entouceirado e ereto.
  • Porte: 1,80 a 2,20 m de altura.
  • Fenologia: primavera e verão.
  • Cor da flor: rósea.
  • Cor da folhagem: verde-bronzeado.
  • Origem: Burma, Índia, Malásia, norte da Austrália, Bangladesh, Camboja, Indonésia, Laos, Mianmar, Papua Nova Guiné, Filipinas, Cingapura e Vietnã,
  • Clima: tropical/ subtropical (não tolera geadas).
  • Luminosidade: meia-sombra, sol matutino.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 Comments

  1. AGORA INTENDI PORQUE A MINHA MORREU FOI DEPOIS DE UMA GEADA QUE TIVEMOS O ANO PASSADO

    • Sandra Regina,

      Pois é, ela não tolera geadas.

      Abraços

Secured By miniOrange