Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Sambucus Nigra

sabugueiro

É claro que pode (e deve) ser usado no paisagismo, mesmo que apareça constantemente como uma planta medicinal. Mas, para mim sempre estará associada ao sambuca, um licor típico da região romana que acompanha o café, uma tradição italiana deliciosa!

A planta é linda, tanto na sua forma arbustiva como quando é conduzida de forma arbórea, graças à sua folhagem clara com as folhas delicadamente serrilhadas e a suas flores de cinco pétalas que são polinizadas, pasmem! Por moscas, o que não invalida seu uso. Mesmo porque a folhagem as repele, tanto é assim que, por causa do cheiro forte delas, era amarrada à crina de um cavalo, para manter as moscas afastadas enquanto o animal andava. Há, sim, os frutos são consumidos por um passarinho o blackcap (Sylvia atricapilla), comum no norte da Europa e não é difícil encontrar ninhos de beija-flores na sua copa, aqui no Brasil.

Mas apesar de seus benesses é bom tomar cuidado com ela já que todas as partes da planta, exceto as flores e bagas maduras são venenosas, essas bagas são comestíveis depois de cozinhadas e podem ser usadas para fazer geléias, chutney e o molho de Pontack que é um condimento tipicamente inglês feito com sabugueiro e vinagre de maçã. Como falei no inicio, o sabugueiro é medicinal e largamente recomendado em casos de resfriados, tosse, gripe, sarampo e catapora, isto tanto na Europa como na Índia, na medicina ayurvédica. Pois é, de tão poderosa foi escolhida para fornecer a madeira da varinha do Harry Potter.

Existem outras espécies muito similares, nativas da Ásia e América do Norte, que são bastante parecidas sendo muitas vezes confundidas com Sambucus nigra.

  • Sinônimos estrangeiros: saúco negro, saúco común, canillero, saúco (em espanhol); elder, elderberry, black elder, european elder, european elderberry, european black elderberry (em inglês); grand sureau, sureau noir (em francês); schwarzer holundern (em alemão); sambuco (em italiano).
  • Família: Adoxaceae.
  • Características: árvore ou arvoreta.
  • Porte: 4 a 6 metros, excepcionalmente pode alcançar os 10 metros de altura.
  • Fenologia: verão.
  • Cor da flor: branca e perfumada. Frutos morados.
  • Cor da folhagem: verde-clara.
  • Origem: Europa. oeste da Sibéria, Ásia Central e Ásia Menor, Índia e norte da África.
  • Clima: Temperado, subtropical.
  • Luminosidade: sol pleno.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.