Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Uma capital Verde

Liubliana ganhou o título de Capital Verde em 2016

Área de lazer na cidade

Área de lazer na cidade

A capital da Eslovênia, com pouco mais do que 270 mil habitantes, foi reconhecida com este título graças aos esforços da prefeitura local que, nos últimos quinze anos, incrementou o transporte público e as ciclovias. Por outra parte aperfeiçoou o tratamento dos esgotos domésticos e corporativos e reforçou os cuidados com suas áreas verdes. Este ponto desperta meu interesse porque quando estive em Liubliana, conhecendo a região onde minha mãe nasceu, fiquei impressionado com seus parques.

O Parque Tívoli

O Parque Tívoli

O parque Tívoli, por exemplo, tem uma área de cinco milhões de metros quadrados e foi projetado pelo francês Jean Blanchard em 1813 e conta com várias edificações, como um castelo do século XVII, um lago de águas rasas, uma estufa com plantas tropicais e um jardim com uma coleção de 160 espécies de rosas. Há também o Jardim das Esculturas, algo que apaixona os eslovenos pela tradição nas artes plásticas.

Slovenska cesta, um calçadão em pleno centro de Liubliana

Slovenska cesta, um calçadão em pleno centro de Liubliana

Suas praças aparecem por todos os lados: à praça da República, à praça do Congresso e muitas outras complementam uma cidade de ruas e avenidas arborizadas onde pode-se tomar um café na calçada desfrutando da sombra de algum carvalho, de uma tília ou de uma cerejeira repleta de flores na primavera.

Ah, sim! Não posso deixar de citar o Jardim Botânico de Liubliana, com mais de duzentos anos de idade e uma coleção com 4.500 espécies, muitas endêmicas da Eslovênia. A instituição é membro da rede internacional Botanic Gardens Conservation International e coopera com mais de 270 jardins botânicos em todo o mundo.

 

Raul Cânovas nasceu em 1945. Argentino, paisagista, escritor, professor e palestrante. Com 50 anos de experiência no mercado de paisagismo, Cânovas é um profissional experiente e competente na arte de impactar, tocar, cativar e despertar sentimentos nos mais diversos públicos.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.