Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Acer palmatum “atropurpureum”

Ácer-japonês, bordo-japonês-vermelho

Suas folhas lembram a palma da mão com os dedos separados e o porte é de extrema elegância, destacando-se na paisagem, Suas flores são de cor púrpura e sem importância. O bordô-japonês prefere umidade ambiente e locais com estações marcadas, sendo adequado às regiões serranas como Petrópolis, Bento Gonçalves, Nova Petrópolis, Campos do Jordão, Gramado, Canela, Santo Antônio do Pinhal, São Francisco Xavier, São Joaquim, Lages e outras cujas alturas acima do nível do mar superem os mil metros. É um dos “bonsais” mais cultivados no mundo. O &aac ute;cer-japonês suporta bem o frio, desde que não esteja à mercê dos ventos gélidos, em contrapartida as temperaturas altas no inverno podem induzir a perca das folhas, isto é algo e extenuante para esta árvore.

Quando o botânico sueco Carl Peter Thunberg viajou para o Japão no final do século XVIII, desenhou esta pequena árvore que se transformaria em um sinônimo importantíssimo nos jardins orientais. Ele o batizou de palmatum graças a suas folhas.

Levando em conta seu esplêndido encanto, o porte pequeno e as raízes não invasivas, podemos considera-lo para arborização urbana, em ruas estreitas, inclusive sob a fiação e, claro, nos jardins residenciais, onde se destaca como ponto focal ou contrastando com a paisagem.

  • Sinônimos estrangeiros: Japanese red maple, (em inglês); arce rojo, (em espanhol); érable du Japon,  (em francês); fächer-ahorn, (em alemão); acero giapponese porporino, (em italiano); momiji, irohamomiji, (em japonês).
  • Família: Aceraceae.
  • Características: Árvore ou arvoreta caducifólia.
  • Porte: Como máximo 5 metros de altura.
  • Fenologia: Primavera.
  • Cor da flor: Vermelha, sem importância ornamental.
  • Cor da folhagem: Vermelho vinho.
  • Origem: Japão, China, Coréia, Mongólia e sudeste da Rússia
  • Clima: Temperado/subtropical.
  • Luminosidade: Sol pleno ou sombra leve.

Responder Frederico Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.

14 Comments

  1. Buen dia Raul, hracias por compartir tus conocimientos !!! Acabo de comprar un acer palmatum bonsaii, mi marido colecciona ellos, la pregunta es la siguiente, nosotros vivimos en Buzios, Brasil, tenemos posibilidades q nuestro arbolito crezca bien, pregunto esto por el ckima, tenemos invierno de 21 maxima, pero nuestros veranos van hasta 32

    • Buenas tardes Fernanda,

      Buzios tiene un clima tropical, que no es muy propicio para el cultivo del Acer. La especie pierde las hojas en el invierno, pero esto no va a acontecer en esa region.

      Posicionen el arbolito mirando al Sur, con el sol de la tarde y ahora, en invierno, rieguenlo poco. Un poco de viento tambien es propicio para el Acer.

      Abrazos

  2. Bom dia sr. Raul. Obrigado por dividir conosco o seu conhecimento. Preciso de uma gentileza: saberia me dizer um local confiável, de preferência um site, onde posso adquirir boas mudas de Acer palmatum? Obrigado pela atenção,

    José Roberto Belo

  3. Boa tarde, peço desculpa pelo incomodo, mas estou um pouco desesperado com o que está a acontecer ao meu Acer. Será que me pode ajudar?
    Começou a aparecer estás manchas e as folhas da planta começaram a morrer.
    Muito obrigado

    • Paulo, você não incomoda!

      Essas manchas podem ser motivadas por fungos. Faça três pulverizações, semanais, com Forth Cobre, isto irá criar defesas contra essa doença.

      Abraços

  4. Bom dia consegue me dizer a validade mais ou menos das sementes de Acer palmatum “atropurpureum”

    • Bom dia Frederico,

      Lamento, mas não tenho conhecimento da validade das sementes do Acer palmatum “Atropurpureum”.

      Abraços

  5. Bom Dia
    Por gentileza, existe alguma planta ou árvore que consegue crescer em meio ao capim colonião? É uma casa que alugo, e os inquilinos não têm tempo de cuidar.Eu sei que esse capim não sobrevive à sombra, mas por enquanto bate muito sol nessa área, então preciso plantar algo que dê muita sombra para o mato não sobreviver. Obrigada.

    • Bom dia Flor,

      O capim colonião e uma planta daninha que tolera ambientes secos por um período curto, não suportando solos encharcados por muito tempo e é bastante suscetível a geadas.

      Talvez possa pensar nestas:

      Salgueiro-chorão – Salix x pendulina;
      Flamboyant – Delonix regia;
      Paineira-rosa – Ceiba speciosa;
      Manga – Mangifera indica.

      Abraços

      • Vou tentar uma dessas árvores, muito obrigada pelas dicas!
        Abraços

  6. Adoro paisagismo.

    • Ah, que bom, que você gosta!!!

      Abraços

Secured By miniOrange