Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Ardisia crenata

ardísia, cafezinho, icacorecaatinga, café de jardim

Foto de Qwert1234, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons

Este arbustinho prospera em uma ampla faixa de nosso território, em especial nas regiões litorâneas. Floresce em cachos perfumados pouco vistosos, mas seus frutinhos são muito atrativos, tanto pela durabilidade, como pela vivacidade do colorido e os pássaros adoram.

No paisagismo deve ser lembrada para formar cercas baixas ou associada a outros arbustos mais altos, onde possa contrastar com tonalidades variadas e até como destaque em vasos e jardineiras. Os pequenos frutos são comestíveis e doces e as folhas são consumidas em saladas, na Ásia.

Foto de Augustus Binu, CC BY-SA 3.0, via Wikimedia Commons

Sua denominação botânica provem do grego, “àrdis” ponta de flecha, referindo-se ao formato das pétalas e “crenata” às bordas arredondadas das folhas.

É multiplicado por sementes produzidas na primavera e também por estaquia.

  • Sinônimos estrangeiros: christmas berry, australian holly, coral ardisia, coral bush, coralberry, coralberry tree, hen’s-eyes, spiceberry, (em inglês); ardisia, (em espanhol); arbre à noél, baie corail,  (em francês); ardisia, (em italiano); spitzen-blume, (em alemão); manryō, (em japonês), zhu sha gen, (em chinês); mata ayam, (na Indonésia e Malásia); atarolon, tagpo, (nas Filipinas); ping chap, (em Camboja); chamkhruea, tinchamkhok, tappla, (em Tailândia); chu o rien, trọng dũa, cơm nguội răng, (em Vietnã).
  • Família: Primulaceae.
  • Características: arbusto perene com formato colunar.
  • Porte: cresce até 1,30 metros de altura.
  • Fenologia: primavera.
  • Cor da flor: branca ou rósea.
  • Frutos: vermelhos brilhantes, verão até o inverno.
  • Cor da folhagem: verde-escura.
  • Origem: Japão, China, Índia, Malásia, Filipinas, Mianmar, Coreia do sul, Vietnã.
  • Clima: subtropical/tropical, mas tolerante ao frio.
  • Luminosidade: pleno sol, sol filtrado.

 

Responder raul canovas Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.

2 Comments

  1. Ola Raul, tenho Rds que estão com manchas no caldex. Mas começaram nas folhas das pontas, as mais novas, depois amarelou os galhos e desceu ate o caldex

    • Olá Raquel,

      Sua pergunta já foi respondida. Segue o texto desse retorno:

      O amarelecimento nas folhas da rosa-do-deserto (Adenium obesum) é causado ​​por uma doença fúngica, a mancha foliar de antracnose.

      Recomendo:

      – Melhorar a drenagem dos vasos e polvilhar carvão bem picadinho na terra deles;
      – Posicionar as mudas em local ensolarado;
      – Regar menos;
      – Pulverizar três vezes, semanalmente, com o fertilizante Forth Solúveis Produtivo. A fórmula garante uma fonte alta de Potássio, necessário para criar defesas contra esse fungo, além de fornecer Nitrogênio e micronutrientes. Alterne com outras três feitas com Forth Cobre, ele supre as necessidades de cálcio, cobre e enxofre.

      Este tratamento revitalizará suas mudas.

      Abraços

Secured By miniOrange