Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Gloxinia sylvatica

Semânia, siníngia, gloxínia

Foto de Averater, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons

A semânia, anteriormente classificada como Seemannia latifólia, é uma boa escolha quando o local é sombreado e a umidade ambiente é alta, nele desenvolve formando grupos compactos,  sem nenhum cuidado especial, apenas um solo drenado, mantido levemente úmido. Raramente é atacada por percevejos, eles se alimentam da seiva e injetam uma saliva tóxica, provocando a secura das folhas e a malformação de flores, no entanto são facilmente combatidos com óleo de neem. Também é adequada para ser cultivada em vasos, sempre sob sol filtrado ou sombra. A florada é chamativa e está presente durante todo o ano, mas com ênfase nos meses de dezembro, janeiro, fevereiro e março, quando fica salpicada pela s inflorescências vermelho-vivo com o centro amarelo.

Foto de Averater, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons

Ao regá-la deve-se aguar o solo, sem molhar flores ou folhas, já que isto poderia influenciar o ataque de fungos.

Sua multiplicação é feita pela divisão de touceiras, tomando o cuidado de conservar pedaços de rizomas.

  • Sinônimos estrangeiros: bolivian sunset gloxínia, (em inglês), glosinia, (em espanhol); skogsgloxinia, (em sueco).
  • Família: Gesneriaceae.
  • Características: herbácea rizomatosa perene.
  • Porte: até 40 centímetros de altura.
  • Fenologia: ano todo, mas principalmente no verão e outono.
  • Cor da flor: vermelha com garganta amarela.
  • Cor da folhagem: verde escura.
  • Origem: Bolívia, Peru e Brasil.
  • Clima: tropical / subtropical. Não suporta geadas.
  • Luminosidade: meia-sombra.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.

Secured By miniOrange