Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Stromanthe sanguinea “Triostar”

caetê-vermelho, caetê-bravo

Foto de David J. Stang, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons

Da mesma família que as marantas e calatéias, porem mais rústica do que aquelas, possui folhas pintadas em dois tons de verde e um quase branco, tendo a parte de detrás uma tonalidade avermelhada, cada folha apresenta uma estampa única, diferenciando-se entre elas. No cair da tarde essa folhagem se encolhe, mas é bom ficar atento porque isto também pode ser um sinal de pocas regas, sendo uma planta que precisa de alta umidade ambiente e temperaturas entre 18 ° e 27 °. Outro detalhe sobre a irrigação é que a água clorada pode queimar as folhas, portanto é aconselhável rega-la com água filtrada ou mineral e borrifar a folhagem. O solo deve ser drenado e fértil, sendo importante o uso de um bom substrato, para man ter a umidade. A planta agradece as adubações feitas na primavera com torta da mamona, borra de café e emulsão de peixe.

Foto de David J. Stang, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons

Ela é visitada por borboletas e abelhas, responsáveis pela disseminação da planta e pode ser usada em ambientes externos sob a copa das árvores ou em vasos no interior das residências, perto de uma janela. O solo deve permanecer levemente úmido, mas não encharcado porque o excesso de umidade ocasiona doenças fúngicas, também, ocasionalmente, pode ser atacada por pulgões, que podem ser combatidos com inseticidas à base de óleo de neem.

Foto de 阿橋 HQ, CC BY-SA 2.0, via Wikimedia Commons

O nome vem do grego stroma, que significa cama, estrato e anthos, que podemos traduzir como flor, em referência à sua inflorescência e sanguínea é uma referência às brácteas da flor vermelha e também à parte inferior das folhas.

Multiplica-se facilmente pela divisão das touceiras, na primavera.

  • Sinônimos estrangeiros: blood stromante, tricolor ginger, (em inglês);  estromante, (em espanhol).
  • Família: Marantaceae.
  • Características: herbácea perene.
  • Porte: 0,60 a 0,90 metros de altura.
  • Fenologia: primavera.
  • Cor da flor: vermelha.
  • Cor da folhagem: verde clara e verde escura combinando com branco e avermelhada na parte inferior.
  • Origem: Brasil, na Mata Atlântica.
  • Clima: tropical/subtropical úmido. Não tolera as baixas temperaturas.
  • Luminosidade: meia sombra, sombra.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.

Secured By miniOrange