Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Terminalia brasiliensis

cerne-amarelo, amarelinho, merendiba, capitão-do-campo, pau-terra, pau-de-bicho, mussambé, amêndoa-brava, chunava, canoé-de-botão, imbu-d’anta

Foto de Jorge EFO Silva, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons

Uma árvore com potencial ornamental, podendo ser pensada no paisagismo, principalmente na arborização urbana. Ela é pioneira, com crescimento rápido, surgindo em solos arenosos e secos, sendo muito propicia para reflorestamentos mistos destinados à recomposição da vegetação em áreas degradadas. Suas flores são pequenas, dispostas em espigas ou racemos, sendo fonte de néctar e pólen para as abelhas e borboletas e seus frutos são alimento para várias espécies de aves e pequenos mamíferos, como tucanos, beija-flores, papagaios, tamanduás-bandeiras e macacos.

Ela pode ser plantada em calçadas, praças e parques, contribuindo para a melhoria da qualidade do ar e do microclima urbano. Oferece sombra abundante, o que é ideal para áreas de lazer e descanso em parques e jardins. Sua sombra ajuda a reduzir a temperatura ambiente e proporciona um ambiente mais agradável para as pessoas e é conhecida por sua resistência a pragas, doenças e secas prolongadas, o que a torna uma opção de baixo custo de manutenção em jardins e projetos de paisagismo.

A propagação pode ser feita por sementes, que devem ser plantadas em solo bem drenado e mantidas úmidas até a germinação.

  • Sinônimos estrangeiros: yellow pouteria, brazilian almond, almond tree, myrobalan, (em inglês); almendro amarillo, almendro brasileño, pouteria amarilla, (em espanhol); poutier du Brésil, amandier du Brésil, (em francês); mandorlo brasiliano, pouteria gialla, (em italiano); brasilianischer mandelbaum, gelber poutierbaum, (em alemão).
  • Família: Combretaceae.
  • Características: árvore caducifólia e xerófita.
  • Porte: de 8 a18 metros, com tronco de 40 a 50 centímetros de diâmetro.
  • Fenologia: de agosto a setembro.
  • Cor da flor: amarelada.
  • Cor da folhagem: verde-escuro brilhante na face superior e verde amarelado mais claro na face inferior.
  • Origem: nos estados da Bahia até São Paulo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso do Sul e norte do Paraná.
  • Clima: tropical/subtropical.
  • Luminosidade: sol pleno.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Secured By miniOrange