Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Tradescantia pallida “Purpurea”

trapoeraba-roxa, trapoerabão, coração-roxo, rainha-purpúrea

Foto de Mostafameraji, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons

Muito singular devido a coloração das folhas, que são carnudas, alongadas e pilosas, esta espécie classificada também como Setcreasea purpúrea, é apropriada contrastando com outras forrações com coloridos diferentes, formando bordaduras ou maciços. Igualmente pode ser cultivada em vasos, onde, com seus ramos pendentes, tem a virtude de se associar com plantas de maior porte. Não apresenta problemas com insetos ou doenças, é uma planta resistente e fácil de cultivar. Mas ocasionalmente pode ser suscetível a danos causados ​​por caracóis e lagartas. Aconselho uma poda de limpeza no inicio da primavera, retirando ramos muito compridos e folhas velhas. Uma adubação feita com farinha de sangue, borra de café e/ou torta de mamona, na mesma época, estimulará o bom aspecto da folhagem.

Foto de Forest & Kim Starr, CC BY 3.0, via Wikimedia Commons

O nome Tradescantia, é uma homenagem aos ingleses John Tradescant, o Velho, naturalista, jardineiro, colecionador e viajante (1570-1638) e a seu filho, John Tradescant, o Jovem, botânico, jardineiro e colecionador (1608-1662).

É multiplicada pela divisão das touceiras e também por estacas.

Foto de Assianir, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons

  • Sinônimos estrangeirospurple secretia, purple-heart, purple queen, (em inglês); purpurina, amor de hombre, pollo morado, nińa en barco, carne de perro, (em espanhol); misère pourpre, (em francês); erba miséria, (em italiano); mexikanische dreimasterblume, (em alemão).
  • Família: Commelinaceae;
  • Características: herbácea prostrada perene;
  • Porte: 15 a 25 centímetros de altura;
  • Fenologia: primavera e verão;
  • Cor da flor: rósea;
  • Cor da folhagem: roxa;
  • Origem: Nordeste e Leste do México;
  • Clima: tropical / subtropical;
  • Luminosidade: sol pleno, suporta a meia-sombra, entretanto as folhas desbotam.

Responder raul canovas Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 Comments

  1. Ola Raul,
    Por favor tire uma dúvida. Moro no Rio de Janeiro. Quando devo podar as azáleas?
    Muito obrigada,
    Barbara

    • Olá Barbara,

      As azaléas devem ser podadas após a floração, que ocorre no inverno. Portanto agora, na primavera, é a época propícia para fazer isto.

      Abraços

Secured By miniOrange