Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Philodendron renauxii

filodendro-rasteiro, imbê-rasteiro, filodendro-cascata

Conheci recentemente esta espécie no viveiro da Boa Vista Paisagismo, propriedade de Jordi e Juliana Castan, em Joinville, Santa Catarina. O filho deles, Eduardo, comentou comigo sobre o habitat deste filodendro. Nativo no litoral sul do Brasil é recomendado para jardins costeiros já que desenvolve perfeitamente quando plantado em áreas de restinga, com umidade ambiente alta. Suas folhas, com aproximadamente 40 centímetros, surgem de troncos herbáceos que se alastram soltando raízes a partir dos nós ao longo do comprimento desses caules. Diferentemente dos outros filodendros, não sobe em árvores, isto é, não possui um hábito trepador, característica desse grupo de aráceas.

Frequentemente me perguntam sobre plantas que “aguentam” a brisa marítima e o Philodendron renauxii não só “aguenta” como prefere esses locais arenosos de restinga. Já imaginou projetar um jardim na praia associando-o com alamandas amarelas, salsa-brava (Ipomoea asaralifolia), clúsias e uma boa árvore para dar sombra, como o algodoeiro-da-praia (Hibiscus tiliaceus) ou o murici-da-praia (Byrsonima sericea)? Flores? Use vincas-de-madagascar (Catharanthus roseus), flor-de-guarujá (Turnera ulmifolia) e íris-da-praia (Neomarica candida). Há! Existe uma grama que também cresce bem na areia da praia, a Sea Dwarf ou Seashore (Paspalum vaginatum).

Nunca mais use a expressão “aguentar”. Plantas aprovam um local onde prosperam ou, pelo contrario, o renegam apresentando um desenvolvimento malogrado, além de doenças e pragas que as atacam aproveitando-se da fraqueza em que se encontram.

  • Família: Araceae.
  • Características: Arbusto herbáceo rasteiro..
  • Porte: 0,60 a 1,20 m.
  • Fenologia: Verão.
  • Cor da flor: Uma espata branca esverdeada com vermelho no fundo dela, parecida com a flor do antúrio.
  • Cor da folhagem: Verde-escuro.
  • Origem: Litoral de Santa Catarina e litoral sul do Paraná e do sul do Estado de São Paulo.
  • Clima: Subtropical/tropical.
  • Luminosidade: Sol ou sombra parcial.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.

5 Comments

  1. Olá,tenho uma planta dessa em casa,a noite esse caule branco da flor esquenta muito, é inacreditável, mas não são todas as flores,apenas algumas.Isso é normal?

    • Olá Adriana,

      Isto se deve ao método que a planta tem para atrair o polinizador.

      Abraços

  2. Boa noite! Gostaria de saber se essa planta pode se adaptar em lugares mais friozinhos (não como o sul), que passam por pequenas geadas e que não se encontram no litoral.
    Muito obrigada,
    Juliana

  3. Raul onde encontro o philodendron renauxii. Preciso 21. A maranta leuconeura ‘erythroneura’ preciso 618.