Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Phytolacca dioica

Ombu, ombú, umbú, bela-sombra

De crescimento rápido, alcançando seu porte definitivo em 15 ou 20 anos, é símbolo da cultura rio-grandense, uruguaia e argentina. Possui tronco grosso, esponjoso e sem lenha, ficando extremamente largo e dando origem a outros troncos no passar dos anos, tornando-o uma verdadeira curiosidade. Apesar da silhueta arbórea é considerada uma erva. Sua seiva tem odor desagradável e é tóxica inibindo insetos e outras pragas. O nome provem do guarani ombu, que significa sombra ou vulto e fornece abrigo do sol e das chuvas aos campeiros, os tropeiros e os carreteiros que fazem pouso sob sua proteção na região pampiana onde é também chamada de farol dos pampas. Lá, os caboclos dizem que quem dorme à sua sombra fica amparado do demônio. Prefere solos enxutos, podendo armazenar água em quantidade, recebida na época das chuvas. É resistente aos ventos, que não afetam seus ramos flexíveis, sendo impossível de erradicar, mesmo quando arrancadas as raízes, não se consegue eliminá-lo.

Muito antes do descobrimento os indígenas plantavam, junto aos túmulos um umbú. Acreditavam, que nessa árvore solitária habitavam espíritos e para conjurá-los era necessário atar-lhe pequenas pedras dentro de trapos velhos.

Seu uso no paisagismo é limitado e isto se explica pelo tamanho que restringe seu uso apenas a grandes áreas. Assim é aproveitada na Califórnia e em Portugal. Os aficionados ao bonsai tem em ele uma espécie fantástica, porque, além de crescer de pressa, adquire o aspecto de uma árvore anciã em pouco tempo.

  • Sinônimos estrangeiros: ombú elephant tree, (em inglês); bellasombra, ombú, umbú, bella sombra, árbol de la bella sombra, fitolaca, (em espanhol).
  • Família: Phytolaccaceae.
  • Características: árvore herbácea, já que a pesar do tamanho não tem madeira .
  • Porte: 12 a 18 metros, com uma copa de 20 metros de diâmetro.
  • Fenologia: Primavera.
  • Cor da flor: amarelado em cachos.
  • Cor da folhagem: verde escuro,com folhas grandes e elípticas, brilhantes e cerosas. A face inferior das folhas é verde-claro e esbranquiçada.
  • Origem: Pampas da América do Sul.
  • Clima: Temperado, suportando bem as geadas.
  • Luminosidade: sol pleno.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.