Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Comunicado do Presidente da Associação Nacional de Paisagismo

João Jadão

João Jadão, presidente da ANP

Caros Colegas,

O CAU – Conselho de Arquitetura e Urbanismo divulgou a Resolução Nº 51, que especifica a atividade de paisagismo como área de atuação privativa dos arquitetos e urbanistas.

No entanto, a resolução ignora as Leis Federais em vigor, que garantem o exercício da profissão a outros profissionais, entre eles biólogos, engenheiros agrônomos e engenheiros florestais.  Também ignora os egressos da UFRJ – Universidade Federal do Rio de Janeiro, graduados em Composição Paisagística.

O Sistema CONFEA/CREA já está tomando as medidas cabíveis, iniciando pela Resolução 1048, de 14/08/2013, que define as áreas de atuação e as atribuições dos profissionais por ele abrangidos.

Paralelo a isso a ANP – Associação Nacional de Paisagismo, através do Dep. Ricardo Izar, encaminhou a Câmara dos Deputados o Projeto de Lei No. 2043/11, que regula o exercício da profissão de paisagista, respeitando as Leis Federais em vigor, e garantindo o exercício da profissão a esses profissionais.

A ANP – Associação Nacional de Paisagismo e a Prefeitura Municipal de São Pedro/SP está promovendo o 4º. Concurso Nacional de Paisagismo Urbano, e informa que apesar da solicitação do CAU – Conselho de Arquitetura e Urbanismo, seu edital não será alterado, pois encontra-se em completo acordo com as Leis Federais vigentes.

Desta forma, o Concurso está aberto não só aos profissionais representados pelo Sistema CONFEA/CREA, e também a demais profissionais desde que atendam os Arts. 1 e 3 do Edital.

Abraços,

JOÃO JADÃO

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.

5 Comments

  1. POIS E…

    UM COMPLEMENTA O OUTRO. COM RESPEITO.
    PAISAGISTA E PAISAGISTA, ARQUITETO E ARQUITETO E SE NAO ESPECIALIZAR…

    Abraço

  2. Preciso ler toda a legislação vigente para formar um parecer. É necessário analisar o currículo dos cursos, porem, com certeza este será o primeiro provimento por tanto muitos serão beneficiados para a nova carreira.

  3. Reserva de mercado para profissionais da arquitetura tende a puxar a qualidade do serviço prestado para um patamar de menor qualidade, parece que estamos na Rússia no período Stalinista, que dizia que um pedreiro valia bem mais que quatro bons poetas, acho que a sociedade precisa de ambos.
    at Lailson
    eng agronomo

    • Gostei muito de seu comentário, Lailson.

      Realmente um arquiteto não vale mais do que um outro profissional que desempenhe as tarefas que o paisagismo requer.

      Abraços.