Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Mosquito-da-dengue

Sei que há métodos eficazes para controlar o Aedes aegypti por meio de dedetizações. No entanto elas poluem o meio ambiente e não levam em conta a preservação de uma fauna que pode combatê-lo, com a mesma eficiência, sem causar prejuízos ecológicos.

O Departamento de Saúde Comunitária da Universidade Federal do Ceará fez uma série de experiências científicas com peixes que poderiam se alimentar das larvas do mosquito. Constatou que o tricogaster, também conhecido como gourami azul (Trichogaster trichopterus) é um peixinho de água doce que acabou predando 100% das larvas oferecidas. Ele é bonito, muito resistente e pode ser criado com facilidade em um pequeno laguinho com capacidade de, pelo menos, 100 litros d’água. Alcança um tamanho de 15 centímetros, convive bem com plantas aquáticas podendo ser ensinado a comer na mão do dono, sendo ideal manter apenas um macho, no meio das fêmeas, para evitar agressões entre eles, especialmente se o espelho d’água for de tamanho limitado.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.

2 Comments

  1. este peixe, trichogaster, sobrevive em temperaturas de até -5 graus ? si positivo como adquiro exemplares ? obrigado

    • Olá Rubem,

      Não, esse peixe vive em ambientes com temperaturas oscilando entre 22°C e 30°C.

      Abraços