Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Kigelia africana

árvore-da-salsicha, árvore-talismã

Esta árvore curiosa, também classificada como Kigelia pinnata, é de crescimento rápido, podendo proporcionar boa sombra em quatro a cinco anos. As flores, pendentes e aveludadas, exalam um perfume mais acentuado à noite, atraindo morcegos nectarívoros e durante o dia muitos outros insetos polinizadores, especialmente abelhas. O fruto é inusitado, assemelhando-se a uma salsicha, mas com mais de 30 centímetros de comprimento e às vezes chegando a quase um metro. Isto torna inviável seu uso em calçadas ou estacionamentos devido ao peso de mais de cinco quilos. Esses frutos, pendurados dos ramos da árvore, são cobiçados por babuínos, elefantes, girafas, hipopótamos, macacos e porcos-espinhos e as sementes servem de alimento aos papagaios. Não é consumida in natura por ser fortemente purgativa, mas em tempos de escassez, na África, as sementes são consumidas depois de torradas e também usadas para produzir uma bebida alcoólica similar a cerveja.


É apropriada para estabilizar as margens de rios e represas e sombreamento em jardins amplos, chamando muito a atenção tanto pela florada como pelos frutos.

  • Sinônimo estrangeiros: sausage tree, cucumber tree, the father of kit bags (em inglês); mbungati, mwegea, mnyegea, mvongonya (em Swahili); kigeli-keia (em Moçambique); muratina (em Quênia); balam kheera, hathi baila (em Índia); pandoro (no oeste da África); abu shutor, um shutur, um mashatur ,abu sidra (em árabe); leberwurstbaum (em alemão).
  • Família: Bignoniaceae.
  • Características: Árvore de folhas permanentes, entretanto é decídua nas regiões com longas estiagens.
  • Porte: 7 a 10 m podendo alcançar quase 20 metros nos locais de origem.
  • Fenologia: Verão.
  • Cor da flor: Vermelha.
  • Cor da folhagem: Verde clara.
  • Origem: Eritréia, Moçambique, Chade, Senegal Angola, Botsuana, Quênia, Tanzânia, Togo, Uganda, Zâmbia, Zanzibar, Zimbábue e Namíbia.
  • Clima: Tropical/subtropical.
  • Luminosidade: Sol pleno.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.

6 Comments

  1. Tranchã!!!

    • Obrigado!

  2. Por favor, como fazer a muda desta linda espécie (Kigélia pinnata)? Posso desenvolver as sementes?

    • Bom dia Ivone,

      Sim, ela se reproduz através de sementes.

      Abraços

  3. Onde comprar no Brasil a semente ou muda Kigelia africana?